Ex-presidente Lula no banheiro

“Seja qual for a decisão do TRF-4, não há como apagar as evidências. A honestidade de Lula continuará frequentando o processo como uma qualidade fictícia”, diz Josias de Souza.

O colunista lembra algumas passagens do julgamento em Curitiba: