Detento é encontrado morto dentro da Cadeia Pública em Mossoró

A equipe de plantão no Itep em Mossoró foi acionada no final da tarde de domingo, 28 julho, para a Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, onde segundo informações, um preso foi encontrado morto.

Ainda não há informação sobre o que teria provocado a morte do preso, José Wagner Silva Francelino “Waguinho” de 22 anos de idade, que segundo informações aguardava julgamento, acusado de envolvimento com trafico de drogas e assaltos na região de Areia Branca.

O perito criminal Marcos Saraiva, conversou com a reportagem do câmera e informou que no local não foi possível identificar sinais externos de violência no corpo do apenado.

O corpo foi removido para exames de necropsia na sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró e segundo o perito, a equipe de Medicina Legal, poderá identificar o que teria causado a morte de Waguinho. Ainda segundo o perito, algumas situações de morte por asfixia, não apresentam sinais externos.

O Delegado de Plantão, Dr Teixeira Júnior conversou com o câmera e informou que dependia das informações da Medicina Legal, do Itep para saber qual a verdadeira causa da morte do detento.

De acordo com registros no sistema online do Instituto de Medicina Legal do Itep Waguinho morreu  de uma doença caracterizada pela dilatação permanente dos brônquios, “bronquiectasia pulmonar” que pode ser causada por infecções bacterianas recorrentes ou devido à obstrução dos brônquios. Essa doença não tem cura e normalmente está associada a outras condições, como fibrose cística, enfisema pulmonar e síndrome dos cílios imóveis, também conhecida por Síndrome de Kartagener.

O CÂMERA