Bolsas mundiais seguem em forte queda diante da pandemia de coronavírus

A pandemia de coronavírus segue influenciando as Bolsas de Valores ao redor do mundo nesta segunda-feira, 16. Na Ásia, o mercado fechou em forte queda, bem como na Austrália. Já na Europa, as Bolsas abriram novamente em baixa.

O índice Nikkei, em Tóquio, caiu 2,46%, a 17.002,04 pontos. O Topix, que engloba empresas com maior capitalização de mercado, ficou em 1.236,34 pontos, queda de 2,01%. Em Seul, o Kospi, principal índice da Coreia do Sul, caiu 3,19%.

Em Hong Kong, a bolsa despencou 4,03%, já em Xangai, a queda ficou em 3,4% no fechamento. A maior perda, no entanto, foi na Austrália, onde o tombo foi de 9,7%.

Longe de demonstrar recuperação com relação à última semana, o mercado europeu abriu em forte queda. Em Paris, a redução era de 5,51%; em Madri, 5,98%; em Londres, de 4,7%; em Milão, a baixa era de 5,91%; e em Frankfurt, de 5,87%.

O preço do petróleo Brent para maio também despencava. A queda era de 5,64%, para 31,86 dólares o barril.

VEJA