Policiais fazem pressão no Congresso

A pressão dos policiais que querem manter privilégios na reforma da Previdência está tão grande que, nos bastidores do Congresso, já tem deputado desconfiado de grampo.

Os corredores da Câmara passaram a semana repletos de representantes de corporações da segurança pública.

A meta é não ceder a nada, pois o sacrifico deve ser para todos.