Natal sedia a 9ª Conferência Estadual de Saúde

Foto: Demis Roussos/ASSECOM-RN

– Falar em SUS é falar em vida, afirmou o vice-governador do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto, que representou a governadora Fátima Bezerra na abertura, nesta terça-feira (11), da 9ª Conferência Estadual de Saúde, que está se realizando no PraiaMar Hotel, em Ponta Negra, Natal.

Segundo Antenor Roberto, “estamos hoje promovendo a consolidação do SUS, tão presente e atual, e quero dizer aqui que Cipriano Maia [secretário estadual de Saúde] e sua equipe fazem um trabalho de altíssima qualidade, e sabemos que a travessia é dura, longa e tensa, mas o SUS será uma das grandes bandeiras do nosso governo”.

Em sua fala, Cipriano Maia, na condição de presidente da 9ª Conferência Estadual de Saúde, disse que, enquanto gestor tem a clareza dos desafios que tem pela frente. “Hoje o nosso grande desafio é resistir para preservar o SUS, porque o que vem ocorrendo no Brasil desde 2016 é a tendência de desmonte do bem-estar social e esta Conferência deve fortalecer o debate e as lutas pela reconstrução e a consolidação do Sistema Único de Saúde”.

Para o secretário estadual de Saúde, a reconstrução do SUS passa pela unidade de todos e de todas aqueles(as) que lutam pelo fortalecimento do sistema. “Temos que encarar os problemas como desafios para lutar e vencer. Temos que pensar que a saúde é preocupação de todos (as)”, e citou no caso do Rio Grande do Norte a regionalização da saúde, a implantação dos consórcios interfederativos e enfatizou: “não existe regionalização se não houver uma efetiva participação dos municípios”.

O presidente do Conselho Nacional de Saúde, Fernando Zasso Pigatto, ressaltou: “estamos num momento da vida política de nosso país onde democracia e saúde tem tudo a ver com a história a qual vivenciamos hoje. A saúde e a democracia estão sim, sendo ameaçadas. Saúde e democracia pra nós tem que ser compreendidas em sua plenitude. Precisamos enfrentar àqueles que querem acabar com a participação e o controle social”, enfatizou.

Presentes ao evento, além da presidente do Conselho Estadual de Saúde, Geolípia Jacinta, o presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Gastão Wagner, um dos palestrantes convidados da 9ª Conferência Estadual de Saúde, secretários municipais de saúde e representantes do Ministério Público.

Para a presidente do Conselho Estadual de Saúde, a Conferência será o momento de todos os segmentos da sociedade dizerem o que pensam e o que querem do Sistema Único de Saúde, na perspectiva de uma análise crítica. “Mais do que isso: é o momento de todos unirem forças na defesa da manutenção do SUS, num contexto em que o sistema é extremamente atacado e ameaçado. Viemos enfrentando o desmonte do SUS, evidenciado pelo enfraquecimento dos repasses das verbas”, destacou Geolipia Jacinta.

Informações e foto da ASSECOM-RN