Macaíba: Bastidores da Política em… “Acordando Para Realidade”

PREVISÕES

O profeta Manoel Maurício, lançou mais uma profecia através da sua página do Facebook. Para o Profeta, a Presidência da Câmara deve ficar entre o “Iluminado” Denílson Gadelha ou Erika Emídio, irmã do prefeito eleito Bob Filho (Emídio Júnior). Em sua postagem, Manoel deixou claro que se não for um dos dois, pode ser que o novo prefeito tenha dificuldades na Câmara. Veja abaixo:

EQUIPE DE TRANSIÇÃO

Em entrevista ao Senadinho, Bob Filho (Emídio Júnior) deixou claro que sua equipe de transição já está pronta, e vai obedecer ao prazo de dez dias úteis, ou seja, no máximo até o dia 27 as pessoas escolhidas por ele vão tomar pé de toda a situação do município.

ORGANIZADA E COM DINHEIRO

O futuro Prefeito de Macaíba, vai herdar uma prefeitura com dinheiro em caixa e vários projetos e salários em dia. Sem falar em uma estrutura administrativa extremamente organizada.

SECRETARIADO       

Neste momento, o que tem despertado mais o interesse da população é a lista do secretariado, na qual o futuro prefeito garantiu que seriam todos de Macaíba. Já existe alguns nomes que postamos hoje em nosso site. Algumas secretarias tem mais de um cotado, mas é bom deixar claro que cada secretaria só existe uma vaga.

PUXÃO DE ORELHA

Após publicarmos a lista do secretariado de esporte, levamos um grande puxão de orelha dos nossos leitores. Segundo eles, nós não divulgamos a lista toda, então estão aí os nomes de alguns que por esquecimento ou por falta de informações não colocamos na primeira lista. Veja quem faltou: Albert da Vila, Bernardes treinador e Paulinho Macaíba.

O APERREIO ESTÁ GRANDE

Muitos apoiadores do futuro prefeito Emídio Júnior, estão arrancando os cabelos quando o assunto é espaço na Prefeitura. Muitos já começaram a procurar pessoas mais próximas aos “Meninos”, para lembrar que estão aguardando as promessas de emprego que teriam sido feitas durante a campanha.

ACORDANDO PARA REALIDADE

Muitos já estão acordando para a realidade, pois é teoricamente impossível garantir a vaga de quem está dentro e afirma que votou e quem vai entrar. Esse dilema tem mexido com o juízo de muita gente. Outro agravante é o concurso municipal, que de quebra tira mais de 600 vagas entre contratos e os próprios comissionados.

VAI ENTRAR MAIS GENTE DE FORA 

Como todos os concursos, a maioria do povo que entra nunca é da cidade, e sim de fora, como foi o caso dos concursos de Parnamirim e São Gonçalo do Amarante, onde entrou pessoas de outras cidades, pois nenhum concurso pode ser restrito apenas pessoas do município. Em macaíba não vai ser diferente.

A BRIGA ERA REAL?

A briga sempre foi real, não adianta nessa altura do campeonato dizer que não, e a própria oposição sabia disso, pois em um passado não tão distante o futuro prefeito subiu em seu palanque contra o atual prefeito. Então, a briga foi realmente real, mas a política separou em 2009 e uniu em 2020. Então se olharmos com um olhar mais cauteloso, podemos afirmar que no fundo a ex-prefeita pode até ter perdido a eleição, mas ganhou sua família de volta.

Dr. Fernando e Marília

NÃO FUI PEGO DE SURPRESA

Na verdade, eu não fui pego de surpresa nesta eleição, eu já sabia que iremos fracassar no pleito deste ano. Conversando com meu amigo Rogerinho sobrinho de Stalys cerca de três semanas atrás, ele me perguntou se eu achava que ganharíamos a eleição deste ano, como o mesmo é muito meu amigo, eu disse a ele que não, que na minha visão perderíamos por mais de 10 mil votos, mas que minha fidelidade ao grupo não me faria recuar nem mesmo para ganhar impulso.

NÃO FUI PEGO DE SURPRESA II

Isso é tão verdade que eu me recusei a fazer qualquer aposta. No dia da votação às 7:30h da manhã, recebi a ligação do meu sogro, onde o mesmo dizia: Lindoarte estou indo apostar mil reais, o cara está dando 3 mil votos de vantagem. De pronto respondi: não aposte.

Por último, estive com meus amigos Uendel, Diangeles e Breno, eles me pediram para fazer uma simulação do que eu esperava para a campanha do dia 15 de novembro. Então eu disse: rapaz, todos nós vamos até o um fim, mas eu nos vejo em cima de quatro cavalos, gritando vitória, cada um com sua espada, e a nossa frente eu vejo o exército inimigo com mais de 5 mil homens, com lanças apontadas para nós quatro. Então eu indaguei aos três: eu preciso falar mais alguma coisa?

NÃO SOU OPORTUNISTA

Quero deixar claro que não fui oportunista, mas quando votei em Marília, vi nela o melhor para o meu município. Talvez os “Meninos” provem que eu estou errado, mas isso só o tempo dirá. Hoje estamos prontos para narrar tanto as coisas boas, como as coisas ruins do futuro governo. Mas, desejo sucesso ao futuro prefeito que teve nesta eleição uma vitória numericamente inquestionável, que ele cumpra tudo que prometeu, pois assim como ele nos fiscalizou no passado, faremos o mesmo trabalho com ele no futuro.

Um forte abraço a todos!

Lindoarte Lima  

Diretor Presidente do Informativo Atitude