Cumpriu a promessa

O primeiro Enem realizado no Governo Jair Bolsonaro cumpriu a promessa do presidenciável, de afastar questões consideradas ideológicas do exame. Nas 90 perguntas e na redação, sequer foram mencionados temas antes comuns na prova, como racismo e intolerância contra a população LGBT.