Bastidores da Politica Nacional em… “A Sabatina de André Mendonça” - Informativo Atitude

Bastidores da Politica Nacional em… “A Sabatina de André Mendonça”

Após atrair holofotes e a indignação geral da República, inclusive da oposição, o senador Davi Alcolumbre, presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deve marcar para o próximo dia 22 a sabatina de André Mendonça, o ex-ministro da Justiça e da Advocacia Geral da União (AGU) indicado pelo presidente Jair Bolsonaro à vaga de Marco Aurélio no Supremo Tribunal Federal (STF). As motivações, se é que existem, continuam insondáveis, um segredo bem guardado.

Lorota não pode

A estranha atitude do senador irritou até o STF, após alegar que “turbulências política” teriam impedido a sabatina.

Fi-lo porque qui-lo

Alcolumbre repousa o enorme traseiro há cerca de quatro meses sobre a indicação de André Mendonça por motivos nunca esclarecidos.

Saber jurídico não tem

Reparo à qualificação é hipótese descartada para explicar a tentativa de vetar Mendonça. Saber jurídico não é, digamos, o forte do senador.

Apequenando-se

Ao presidir o Senado, o político do Amapá mostrava não ter dimensão do cargo, segurando projetos e indicações em razão de suas “demandas

Saiu Por Baixo 

senador Davi Alcolumbre, saiu por baixou e chamou a atenção de todos para si de forma negativa, os interesses sobrinhos do Senador ainda permanecem trancados as sete chaves, mas o vexame que o mesmo passou a nível nacional não.

Com Informações de Cláudio Humberto