De olho na reeleição

Donald Trump e o pré-candidato democrata Michael Bloomberg terão vídeo de um minuto no intervalo do SuperBowl, final do campeonato de futebol americano. Segundo a imprensa local, cada um pagou US$ 10 milhões para cortejar audiência estimada em 100 milhões de pessoas.

MELHOR QUE OS OUTROS

Vice do Facebook, Andrew Bosworth reconheceu que a rede social foi vital para a eleição de Trump, mas não por intervenção russa. “Ele executou a melhor campanha de anúncios digitais que eu já vi”, disse.