Vice-presidente General Mourão assumirá a Presidência por 5 dias totalmente monitorado por 3 ministros de Bolsonaro

O polêmico vice-presidente General Mourão, será o presidente da República a partir de segunda-feira, quando o titular do cargo, Jair Bolsonaro, vai a Suíça para o Foro de Davos.

Porém, Mourão não será tão livre para administrar o Brasil por 5 dias.

Bolsonaro designou 3 ministros para fiscalizarem o presidente interino.

Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, o General Carlos Alberto dos Santos Cruz, da Secretaria de Governo, e Gustavo Bebianno, da Secretaria Geral da Presidência, não farão outra coisa na ausência de Bolsonaro, a não ser monitorar os passos, pensamentos e atos do General Mourão.

Bolsonaro estará de volta ao Brasil no final da semana e na segunda, 28, se submeterá a uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia que ele porta desde que levou uma facada na campanha eleitoral.

Mourão deverá ficar na expectativa se voltará a assumir a Presidência, ou se Bolsonaro continuará administrando o país durante a convalescença.

Administrador

Deixe uma resposta