VEJA O VÍDEO: Parece história de filme em Natal: Jovem foi mantida em cárcere privado dos 10 aos 18 anos até ser salva pelo irmão - Informativo Atitude

VEJA O VÍDEO: Parece história de filme em Natal: Jovem foi mantida em cárcere privado dos 10 aos 18 anos até ser salva pelo irmão

“Parece que ela vivia numa masmorra”. Essa foi a frase usada pelo delegado de Polícia Civil Júlio Costa, para descrever como viu uma jovem mantida por oito anos em cárcere privado em Nísia Floresta, município da Grande Natal. Esse caso foi trazido com exclusividade pelo repórter Sérgio Costa (Portal BO), no Metendo a Colher (assista o vídeo acima). A jovem viveu dos 10 aos 18 anos proibida de sair de casa. Nem estudar podia, inclusive. “Ela só fazia rezar”, contou o delegado, ao revelar parte do depoimento prestado por ela na Polícia Civil.

O caso ganha ainda mais contornos de filme quando é revelado como a jovem conseguiu se livrar do cárcere: ela foi salva pelo irmão, que chegou a entrar em luta corporal com o pai, considerado o algoz da jovem.

PRAIA DE BÚZIOS

A situação foi registrada na Praia de Búzios, distrito de Nísia Floresta. A jovem afirmou à polícia ter sido impedida de estudar e, durante oito anos, só podia rezar o dia todo até a hora de dormir. O suspeito de cometer foi identificado como Domingo Sávio.

O delegado responsável pelo caso afirmou que, segundo o suspeito, a jovem foi mantida em cárcere para ser “protegida do mundo”.

O irmão da jovem, já aborrecido com a situação, brigou com o pai após uma discussão e, em seguida, denunciou o caso na polícia. O suspeito de cometer o crime também foi apontado como autor de um caso de violência doméstica com a própria companheira, onde ela havia sido ameaçada com uma faca.

Portal 96