Presidente Bolsonaro: “Não há maracutaia em Brasília que não tenha nome de Renan” - Informativo Atitude

Presidente Bolsonaro: “Não há maracutaia em Brasília que não tenha nome de Renan”

Foto: Igo Estrela / Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores para não chamarem o relator da CPI da Covid-19, Renan Calheiros (MDB-AL), de “vagabundo”: “É elogio para ele”, criticou.

“Não chama Renan de vagabundo, não. Vagabundo é elogio para ele. Não há maracutaia lá por Brasília que não tenha o nome do Renan envolvido”, afirmou durante discurso nesta quinta-feira (21/10).

Bolsonaro intensificou as críticas ao senador um dia após Renan apresentar relatório na CPI em que indicia o presidente e três filhos dele, além de outras pessoas e empresas, por omissões e ações durante a pandemia de Covid-19.

Nesta quinta, Bolsonaro também falou sobre o novo Auxílio Brasil, que será de R$ 400, e voltou a comentar que não tomou vacina contra o coronavírus. “Jamais defenderemos a obrigatoriedade da vcacina. Eu não tomei a vacina. Quem quiser seguir o exemplo, que siga. Quem não quiser, que não siga”, disse.

O discurso de Bolsonaro foi feito durante a inauguração da última etapa do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, em São José de Piranhas (PB). Esse ato ocorre no âmbito da Jornada das Águas, iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Regional que reúne entrega de obras e atos com objetivo de melhorar o abastecimento hídrico no semiárido nordestino.

Durante 10 dias, o MDR percorrerá todo o Nordeste com anúncios relacionados aos projetos que levam água à população que historicamente sofre com escassez hídrica, além de novas regras para uso da água no país.

Para ler a matéria na íntegra acesse AQUI.