Presa com calcinha recheada de dinheiro ‘ganha’ tornozeleira e é solta

A mulher de 44 anos que foi presa nesta quarta-feira (19) quando tentava passar uma nota de R$ 100 falsa em uma lotérica de Campo Grande, teve a liberdade concedida pela Justiça.

Em audiência de custódia nesta sexta-feira (21), a Justiça concedeu a liberdade à mulher, com a condição de uso de uma tornozeleira eletrônica porque ela teria um filho menor de idade e que necessitava de seus cuidados.

Já os outros homens presos, o ex-marido da mulher e os dois rapazes, que fabricavam e intermediavam a venda do dinheiro falso, tiveram a prisão preventiva decretada e serão levados para uma unidade prisional.

Na tarde de quarta (19), a mulher foi até uma lotérica na região central da Capital e tentou pagar um boleto com o dinheiro falso, mas a funcionária do local percebeu e chamou a polícia.

Inicialmente, ela contou que teria recebido o dinheiro do ex-marido, para o pagamento de pensão. Mas, depois acabou caindo em contradição. Ela foi levada para a delegacia e lá foram encontradas mais 22 cédulas de dinheiro falso na calcinha.

O ex-marido da mulher foi localizado em sua casa e acabou entregando o resto do grupo. Sendo presos dois rapazes, um deles era o cabeça do grupo.

Informações e foto do Portal Midiamax

Administrador

Deixe uma resposta