fevereiro 25, 2024

Foto: Fábio Vieira/Metrópoles

Nos dois dias em que passou na capital federal, nesta semana, em contatos políticos e eventos públicos, o pré-candidato do PT ao Palácio do Planalto, Luiz Inácio Lula da Silva, se hospedou na melhor suíte presidencial do Meliá, hotel de luxo na área central da cidade. Com 183 metros quadrados, o espaço é reservado na internet por R$ 6 mil a diária.

A suíte ocupada pelo petista, segundo anúncio do hotel, é destinada para hospedes que irão se “sentir especiais” em Brasília. O espaço tem dois quartos, duas salas, uma cozinha completa, dois banheiros, um lavabo e dois halls. Há ainda uma sala de jantar para oito pessoas. A conta da hospedagem deve sair do fundo partidário. A mulher de Lula, a socióloga Rosângela Silva, a Janja, se hospedou com o ex-presidente.

A reportagem perguntou à assessoria do PT o motivo de Lula ter escolhido a suíte presidencial do hotel. Em nota, o partido informou que, durante os deslocamentos do ex-presidente pelo País, “providencia locais de hospedagem capazes de atender também a sua equipe de apoio e os dirigentes políticos que o acompanham em suas agendas, com instalações adequadas para receber convidados e realizar reuniões (salas e auditórios)”. “Todas as despesas relacionadas aos deslocamentos de seu presidente de honra são realizadas pelo PT conforme a lei e rigorosamente informadas à Justiça Eleitoral, que as divulga”, afirmou a sigla.

Líder nas pesquisas de intenção de voto, Lula escolheu a suíte do hotel que é oferecida a preço cheio por R$ 9,2 mil, sem o desconto da internet. A decoração é composta por móveis franceses e abajures de cristal. O hotel tem outras duas opções de suítes presidenciais, um apartamento de 86 m² e outro de 102m². Ambas custam cerca de R$ 4 mil. Em uma delas, há banheira de hidromassagem e roupa da marca italiana Trussardi. Além das suítes presidenciais, o hotel tem ainda outros apartamentos menores, de 28m² e de 40m², que custam entre R$ 1 mil e R$ 1,2 mil.

Estadão Conteúdo

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *