“Quem acredita sempre alcança”. O verso da canção de Renato Russo, líder da banda Legião Urbana, certamente esteve presente na trajetória de Aurea Estela, primeira descendente da comunidade quilombola de Capoeiras a concluir o curso de Bacharel em Direito. Aurea, com toda convicção, sempre acreditou que o sonho seria possível. Estudar em escola pública, ser filha de um agricultor e de uma diarista nunca foi empecilho para a garota seguir adiante.

Acordar às 4h da manhã diariamente foi obstinação, tenacidade. Aurea é mais um modelo de resistência, de luta e empoderamento que nos últimos anos tem marcado a trajetória de centenas de jovens Brasil afora. Numa comunidade pobre, Aurea mostra a riqueza que a educação pode proporcionar. Que a sua história seja a mola propulsora na vida de outros capoeirenses, que eles, assim como você, entendam que a educação muda as pessoas e as pessoas transformam o mundo. Meus mais sinceros parabéns, Aurea Estela!

Sérgio Nascimento

Jornalista e professor

 

Um idoso de 64 anos foi assassinado a tiros na calçada de casa em Felipe Camarão, bairro da Zona Oeste de Natal. O crime ocorreu na noite desta terça-feira (18) e foi presenciado pela esposa e filho da vítima.

João Paulino Sobrinho, que trabalhava como fretista na região, estava sentado ao lado dos familiares quando foi surpreendido por dois atiradores, que passaram em uma moto pela Rua Ferro Cardoso. A dupla abriu fogo contra o idoso, que ainda chegou a correr para dentro de casa. Em seguida ele foi elevado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cidade da Esperança, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a família, o fretista não tinha envolvimento com crimes. “A gente não sabe o que aconteceu, todo mundo está muito chocado com essa violência toda. Ele era um trabalhador, não tinha inimigos nem vícios”, comenta uma prima de João Paulino.

Ninguém foi preso até o momento. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

G1

 

A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta terça-feira, 18, um professor de História e Teatro da St. Nicholas School em Pinheiros, na zona oeste paulistana, suspeito de produzir e armazenar material de pornografia infantil. Segundo a investigação, ele confessou filmar as alunas, entre 10 e 14 anos, por baixo da saia do uniforme em sala de aula, sem que elas soubessem. A escola internacional, em comunicado aos pais, se disse “chocada”.

Ivan Secco Falsztyn, de 54 anos, foi detido na sexta fase da Operação Luz da Infância, feita pelas Polícias Civis de 12 Estados, sob coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Foram presas 43 pessoas. Os policiais chegaram à casa do professor, também em Pinheiros, por volta das 6 horas. “Ele tentou esconder o computador. Nós achamos vários vídeos de meninas de 10, 12, 13 anos e percebemos que tinham uniforme. Isso chamou a atenção”, disse a delegada divisionária da Delegacia de Capturas, Ivalda Aleixo.

Falsztyn, então, segundo a polícia, confessou que fazia as imagens no próprio colégio, onde também foram apreendidos materiais. Ele dá aulas na instituição há 20 anos, tem quatro filhos e dois deles, gêmeos, um menino e uma menina de 13 anos, estudando na St. Nicholas. Sua mulher, a americana Laura Falsztyn, é uma respeitada educadora de ensino infantil internacional, dá cursos para professores e hoje é diretora da unidade de Alphaville da St. Nicholas.

Em comunicado aos pais, a escola informou que todos “foram surpreendidos com uma operação policial que prendeu um dos nossos professores da unidade Pinheiros”. E que abriria uma sindicância interna para investigar o caso. A St. Nicholas completa este ano 40 anos e tem mensalidades em torno de R$ 7 mil. Entre os alunos há filhos de estrangeiros, empresários e artistas.

“A escola franqueou a entrada e nos ajudou em tudo que foi possível. Eles não sabiam dessa prática”, disse o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, diretor de Operações Policiais Estratégicas. Segundo a polícia, Falsztyn confessou que escondia câmeras em caixas de remédios, com furos, para fotografar e filmar as alunas. A escola tem uniformes tradicionais, com saias para as meninas. As caixas eram colocadas em carteiras ou no chão.

Houve apreensão de diversos vídeos em computadores e HDs com imagens de partes íntimas de meninas usando uniformes. Algumas tinham sido guardadas na sala do professor na própria escola. Segundo a polícia, haveria até uma lista de alunas preferidas. Ele teria começado a fazer imagens na escola havia três anos, mas foram encontrados materiais datados de 2009.

Falsztyn se disse “doente” e pediu ajuda. A polícia não sabe estimar quantas seriam as vítimas. O Estado conversou com pessoas que o conheciam, sob condição de anonimato, e ele foi descrito como um professor “carismático e querido pelos alunos e professores” e que dava “aulas divertidas”.

A polícia pediu a prisão preventiva do docente, que não tem antecedentes criminais e vai responder por produção e armazenamento de material pornográfico. “Nós ainda não temos provas de que ele compartilhava o material”, disse o delegado. A defesa do acusado não foi localizada.

Segundo a polícia, o professor foi encontrado por meio de rastreamento de IP de computador. Não houve denúncia da escola ou de alunas.

A prisão deixou pais e estudantes abalados. “A situação está muito difícil, muito complicada. O abuso está mais perto do que a gente imagina”, afirmou a mãe de um aluno do ensino fundamental, que pediu para não ter seu nome publicado.

ESTADÃO CONTEÚDO

 

Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação. Após o prazo, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral próximo a sua residência, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina no dia 6 de maio, último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Se necessário, o segundo turno será no dia 25 do mesmo mês. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar.

AGÊNCIA BRASIL 

 

Acumulada há 14 concursos, a Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (19) prêmio estimado em R$ 170 milhões.

O sorteio das seis dezenas do concurso 2.235 será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

Acumulada há 14 concursos, a Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (19) prêmio estimado em R$ 170 milhões.

O sorteio é aberto ao público, que pode acompanhar também pelo Facebook e canal Caixa no Youtube.

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, poderia render aproximadamente R$ 440 mil por mês.

“O concurso 2.235 tem premiação maior por ter final 5. Concursos da Mega-Sena com final 0 e 5 têm premiações mais atrativas, porque parte da arrecadação de outros concursos é reservada a eles”.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa, em todo o país. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

 

Com a proximidade do carnaval, começam também as operações para reduzir os acidentes de trânsito e a criminalidade. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia, na próxima sexta-feira (21), sua Operação Carnaval 2020. A ação é a última etapa da Operação Rodovida, que vai até a Quarta-Feira de Cinzas (26) nas rodovias federais que cortam o país.

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ/UFRN) ainda dispõe de oportunidades para quem deseja ingressar neste período no curso superior de Aquicultura (ramo da Zootecnia que estuda a produção racional de organismos aquáticos, como peixes, moluscos, crustáceos, anfíbios, répteis e plantas aquáticas para uso do homem).

As inscrições se encerram nesta quarta-feira (19/02). O edital pode ser conferido na página oficial da EAJ/UFRN.

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) promove a campanha educativa “Se for dirigir, BEBA ÁGUA” nesta semana que antecede o carnaval, nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro a fim de alertar e conscientizar os condutores sobre os riscos do consumo de bebidas alcoólicas, e ao mesmo tempo, ressaltar a importância da hidratação para a saúde durante o verão.

Os locais que receberão as blitzen são a Praça Augusto Severo, nesta quarta-feira (19), o Supermercado Favorito, das 9h às 11h, e na sexta-feira (21), será feito o circuito Carnaval da Prevenção da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), das 8h às 11h. O circuito será realizado do CRAS Fabrício/Pedroza, passando pela Rua Dr. Pedro Velho até a Rua Prof. Caetano. O público-alvo são os condutores de veículos e pedestres em geral que circulam pela região.

Assecom-PMM

A Vila Olímpica de Macaíba será um centro para o desenvolvimento do atletismo reconhecido pelo Sistema Nacional de Treinamento da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo). O projeto “Atletismo Macaibense 2.0”, criado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL) da Prefeitura, que estabelece a instalação do centro, foi aprovado pelo Sistema neste mês de fevereiro de 2020.

O projeto é semelhante ao que é desenvolvido no Centro de Excelência Caixa-Jovem Promessa da Ginástica, em parceria com a Caixa Econômica Federal e que atende mais de 200 crianças em Macaíba. Uma parceria entre a Caixa e a CBAt será desenvolvida, com foco na captação e desenvolvimento de jovens talentos.

Com essa ação, a Vila sediará clínicas itinerantes da Confederação e receberá kit de material esportivo; atendimento dos atletas pela equipe multidisciplinar do Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo; estágio de atletas e treinadores no Centro Nacional no estado de São Paulo; os profissionais do complexo poliesportivo terão participação garantida nos campings e clínicas no Centro Nacional, sediado em Bragança Paulista, com custos pagos pela Confederação entre outros benefícios.

Assecom-PMM

Em uma noite com auditório repleto no Pax Club, o prefeito Fernando Cunha leu a Mensagem Anual 2020, em cerimônia que marcou o início dos trabalhos anuais do Legislativo Municipal nesta segunda-feira (17/02). Diferentemente de outras ocasiões, o gestor municipal explanou a maior parte de suas ações através de um vídeo, onde procurou resumir um amplo trabalho de suas 04 gestões à frente do município, sendo bastante aplaudido ao final.

“Pela 16ª vez, cumpro com muita satisfação o dever regimental de apresentar a mensagem anual que apresenta ações desenvolvidas ao longo do último ano, e aproveito para traçar as metas para este ano que se inicia. Antes de tudo, gostaria de ir mais longe, de buscar na memória o que fizemos em prol dos macaibenses desde o ano de 2001, quando assumíamos pela primeira vez o destino deste município”, destacou o prefeito.

Entre as principais obras e ações que marcaram história no município de Macaíba neste período, estão a ampliação da rede de saúde, quando existiam apenas 03 unidades de saúde, sendo que hoje em dia somam-se 24 postos do tipo Estratégia de Saúde da Família, além de um Centro de Saúde de referência regional com 28 especialidades médicas; construção da ponte sobre o Rio Jundiaí no conjunto Tavares de Lyra; construção de creches e escolas e capacitação de profissionais de Educação; urbanização e adequação da avenida Mônica Dantas; pavimentação de mais de 300 ruas em áreas urbanas e rurais; construção e implementação da primeira etapa da Vila Olímpica.

Para o corrente ano, foram anunciadas obras como: creches modelos no Campo das Mangueiras, Distrito de Cajazeiras e Distrito de Traíras; quadras poliesportivas cobertas dos Guarapes, Lagoa dos Cavalos e do Distrito de Canabrava; pavimentação do principal acesso da comunidade do Pé do Galo, loteamento Santa Rosa, rua Agenor Xavier, em Mangabeira, rua da Palha, na Reta Tabajara, e acesso principal para a comunidade do Tapará; Praça da Juventude, no conjunto Potengi; construção do Centro Administrativo Municipal; e realização de novo Concurso Público.

“Após este histórico sobre os trabalhos realizados durante todos esses anos, o que tenho a dizer é que nenhum prefeito irá resolver todos os problemas da sua cidade, mas caberá a ele diminuí-los e deixar o município preparado com menos problemas para que o próximo gestor também possa fazer assim, como o estou fazendo e como acabei de relatar aqui”.

No ensejo de ontem, o prefeito esteve acompanhado pelo seu vice, Auri Simplício, e secretários municipais.

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM