Magoado, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, se sente traído e abandonado e não deve poupar o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, caso se concretize sua exoneração nesta segunda-feira.

A interlocutores, Bebianno tem deixado clara sua mágoa com a atitude do vereador do Rio de Janeiro que tentou lhe cunhar a pecha de mentiroso. Em conversas, o ministro diz que o “ciúme exacerbado” que Carlos tem do pai foi posto acima do projeto de melhorar o País, ao qual ele se empenhou nos últimos anos, como coordenador e incentivador da campanha de Bolsonaro desde os primórdios.

Ao conquistar a empatia de Jair Bolsonaro, Bebianno virou automaticamente um alvo de Carlos, avaliam o ministro e seus interlocutores.

O ministro, por sua vez, enxerga no vereador uma pedra no sapato do presidente, e só se refere a Carlos com adjetivos que desqualificam sua capacidade intelectual. O ministro pode guardar cartas na manga com o potencial de expor Carlos, inclusive com consequências para o pai.

Pessoas próximas dizem que ele não terá receio em fazer isso. “Ele vai atirar”, aposta um interlocutor diário. Mas o alvo não é o presidente, embora a artilharia possa respingar em Jair. O ministro nega que tenha qualificado o presidente como “louco, um perigo para o Brasil”, como relata o colunista Lauro Jardim, no Globo. “Não, não disse isso”, afirmou Bebianno, quebrando o silêncio que se impôs neste domingo em conversa com o Estado.

Por enquanto, no entanto, Bebianno está se resguardando. Ele quer aguardar o desfecho oficial de seu papel no governo, com a publicação de sua saída no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira.

“Preciso esfriar a cabeça”, disse Bebianno neste domingo a interlocutores.

Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

Com valores variando entre R$ 84 a R$ 998, trabalhadores nascidos em março e abril começam a receber, a partir de terça-feira (19), o abono salarial 2018/2019. A quantia é determinada pelo tempo de trabalho com carteira assinada em 2017. Para os outros beneficiários, os pagamentos iniciam na quinta-feira (21).

Para os nascidos em março e abril, estão disponíveis R$ 2,7 bilhões, recursos a serem pagos para 3,7 milhões de trabalhadores. Os recursos liberados ficam disponíveis para os beneficiários até 28 de junho de 2019.

Requisitos

Durante todo o calendário de pagamentos, a Caixa vai pagar R$ 16,3 bilhões para 22,3 milhões de beneficiários. Para ter direito, é necessário estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) há pelo menos cinco anos e ter trabalhado pelo menos 30 dias, com carteira assinada, em 2017.

Portal Brasil

A baixa cobertura vacinal e a necessidade de ampliar a proteção contra doenças que já tinham sido eliminadas ou erradicadas no Brasil, mas que voltaram a circular no país está preocupando o Governo Federal. Para se ter uma ideia, em 2018, dos 5.570 municípios do país, 49% não atingiram a meta de cobertura vacinal contra o sarampo, que é vacinar pelo menos 95% das crianças que fazem parte da faixa etária recomendada  . Atualmente, o Amazonas, Roraima e o Pará são os estados que mais registraram casos da doença. Por isso, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, propôs um novo pacto sobre vacinação. A proposta foi feita durante uma reunião nesta semana com  representantes das secretarias estaduais e municipais de saúde, além do Governo Federal.

“Isso significa que retrata o baixo índice de vacinação de todos os municípios brasileiros. ‘Ah, mas o meu está muito bom’. Enquanto todos não estiverem muito bons, o seu vai estar ruim. Por que ninguém está livre de trazer o caminho dos casos. Eu fui até lá para chamar a atenção à importância da vacinação. Nós vamos ter de refazer um pacto sobre vacina neste país. Está perigosamente baixo o índice de vacinação”.

A vacinação é a forma mais eficaz e segura para prevenção do sarampo, que é uma infecção muito contagiosa.  A doença pode ser contraída por pessoas de qualquer idade, mas é mais perigosa para as crianças, inclusive podendo levar à morte. Em 2018, o Brasil enfrentou um grande surto de sarampo, envolvendo 11 estados, com mais de 10 mil casos confirmados. Para saber mais, acesse saude.gov.br/sarampo

Agência do Rádio Brasileiro

Um acidente grave ocorreu no final da manhã deste domingo (17) na rodovia da RN-160, entre Macaíba e São Gonçalo do Amarante.

A reportagem da CONNECTTV foi informada que uma família vinha dentro de um carro, quando no dado momento o condutor perdeu o controle do veículo e acabou caindo no barranco.

Devido a gravidade dos ferimentos uma menina de 11 anos veio a óbito. Já os outros ocupantes foram encaminhadas para uma unidade hospitalar, e de acordo com as últimas informações passam bem.

As vítimas que se envolveram no acidente residem na cidade de Macaíba.


 

Segundo informações que chegam ao nosso site, a PM fez uma verdadeira Operação de Guerra nas redondezas da Baixa e Vila São José. De acordo com alguns comentários que circulam nas redes sociais, um PM teria sido vítima de um atentado. O policial teria sido cercado por bandidos e trocado tiros com os mesmos, o PM conseguiu escapar do cerco e chamar reforços, vários policiais fecharam o cerco contra os suspeitos. A PM também trouxe reforço aéreo, a todo momento o helicóptero ficou dando apoio aéreo a operação. Ainda não temos os números de presos, mas nosso site foi informado que um jovem chegou baleado na UPA de Macaíba. Maiores Informações a qualquer momento.

Imagens de câmera de segurança flagraram o momento em que um homem matou um taxista durante uma briga de trânsito, no fim da tarde desta sexta-feira (16), em João Pessoa. A discussão durou apenas nove segundos. Assista ao vídeo acima.

O crime aconteceu por volta das 17h30, em uma rua movimentada no bairro do Bessa, onde fica uma escola, um supermercado e uma igreja. Após audiência na tarde deste sábado (16), foi decretada a prisão preventiva do suspeito e ele foi encaminhado para o 5º Batalhão de Polícia Militar.

No vídeo, é possível ver Gustavo Teixeira Correia, de 42 anos, corretor de imóveis, no banco do passageiro de um carro. No táxi, está Paulo Damião dos Santos, também de 42 anos, que está fazendo uma manobra.

Durante a manobra, o motorista de aplicativo que está dirigindo para Gustavo aproxima muito o veículo, e então o taxista pede que ele afaste. A partir daí, o corretor desce para falar com o taxista. Depois de nove segundos de discussão, ele levanta a camisa, saca a arma e atira várias vezes.

Após o crime, ele sai caminhando normalmente em direção à casa dele, que fica a cerca de 50 metros do local da confusão. Ele só foi preso depois de cerca de cinco horas de negociação com a polícia.

Segundo a Polícia Militar, no momento do crime o suspeito estava bêbado e sendo levado para casa por um motorista de aplicativo. Ele teria curso de tiro.

O homem foi autuado em flagrante por homicídio doloso. A arma do crime não foi encontrada e, segundo a delegada Roberta Neiva, a polícia está averiguando se o corretor tem porte de arma.

O advogado de Gustavo disse que, após a audiência de custódia, o suspeito foi levado para o batalhão porque possui ensino superior completo. Durante a audiência, o pedido da defesa para que o suspeito respondesse em liberdade foi negado.

“Gustavo permaneceu toda a audiência em silêncio. Nós vamos recorrer da decisão da Justiça”, informou ao G1 o advogado Werton Jr. A Polícia Civil tem 10 dias para concluir o inquérito.

De acordo com o coronel da PM, Lívio Delgado, o suspeito do crime reclamou com o taxista, que respondeu à reclamação com um xingamento. O homem desceu do carro do colega e atirou três vezes contra a vítima, fugindo em seguida para a casa dele, onde se trancou no local, com a esposa.

O taxista Paulo Damião era casado e pai de dois filhos, uma jovem de 20 anos e um menino de 8. Segundo o irmão, Paulo nunca tinha se envolvido em confusões no trânsito, mesmo estando diariamente dirigindo o táxi.

G1

Por seu trabalho de pesquisa contra o câncer desenvolvido no Rio Grande do Norte, a professora do Departamento de Biologia Celular e Genética da UFRN e coordenadora de Pesquisa Translacional na Liga Norte-Riograndense contra o Câncer Tirzah Braz Petta Lajus foi reconhecida pela Associação Americana para Pesquisa do Câncer (AACR), onde recebeu o Prêmio AACR Global-Scholar-In-Training Awards (GSITA).

Ela integra um seleto grupo de 15 pesquisadores, formado por acadêmicos de vários países, que trabalha para reduzir a incidência, a morbidade e a mortalidade da doença no mundo. Esta é a primeira edição do prêmio, que foi criado em 2018 com o objetivo de reconhecer o comprometimento de estudos que tenham como foco a prevenção e cura de todo o câncer por meio de pesquisa, educação, comunicação, colaboração, financiamento e defesa.

A premiação oferece aos pesquisadores a oportunidade de adquirir interação e treinamentos adicionais que poderão ser aplicados em seus países de origem, além de ter acesso a uma rede internacional de pesquisadores especializados em oncológica através do programa GSITA, voltado para pesquisadores qualificados em início de carreira de todos os países de baixa e média renda.

Os ganhadores do prêmio participam ainda de um evento de monitoria e networking pós-conferência em uma importante instituição de pesquisa acadêmica. Trabalho desenvolvido Em 2018 a pesquisadora potiguar Tirzah Braz Petta Lajus foi coautora do estudo que confirmou a heterogeneidade molecular dos genes BRCA1 e BRCA2, cuja a função é impedir o surgimento de tumores através de moléculas de DNA danificadas.

A pesquisa consiste em encontrar novas formas de combate ao câncer, com pesquisas complementares que indiquem tratamentos mais adequados, assertivos, menos invasivos e com a diminuição considerável de riscos. Os resultados foram publicados na conceituada revista Scientific Reports, do grupo Nature.

Maiores informações no blog do Jair Sampaio.

Jorge Luz, antigo lobista da Petrobras e operador do MDB, revelou, em delação ainda sob sigilo no STF, que mais de 50 políticos, agentes públicos e empresários se envolveram em irregularidades em estatais, relata O Globo.

Um dos principais alvos é Renan Calheiros.

O lobista diz que conversou com Renan em seu gabinete e intermediou pagamentos ao seu grupo político.

“Também há acusações contra o ex-deputado Aníbal Gomes (MDB-CE), os petistas Cândido Vaccarezza (SP) e Vander Loubet (MS), o ex-cônsul honorário da Grécia Konstantinos Kotronakis, dentre outros alvos. Luz faz acusações detalhadas contra gerentes de segundo escalão da Petrobras e outros dirigentes da estatal, com extratos bancários e trocas de e-mails.”

O presidente Jair Bolsonaro já assinou a demissão do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. A dispensa do auxiliar deverá ser publicada no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira, dia 18. A informação foi confirmada pelo Estado com dois interlocutores de Bolsonaro.

Nos últimos dias, políticos e militares tentaram interceder a favor de Bebianno, mas o presidente está irredutível e, segundo apurou o Estado, planeja nomear um general para o lugar do ministro. Se isso ocorrer, será o nono militar a ocupar o primeiro escalão. O mais cotado para o cargo é o general Floriano Peixoto, secretário executivo da pasta, que esteve neste sábado, 16, com o presidente.

Em conversas reservadas, Bolsonaro avaliou que o chefe da Secretaria-Geral quebrou a relação de confiança com ele ao “vazar” áudios de diálogos entre os dois. O ministro nega o vazamento.

Preocupados com a alta temperatura da crise, auxiliares do presidente observam, por sua vez, que Bebianno ainda pode criar muitos problemas para o governo, se a demissão não for revertida, porque seria o que se chama no jargão político de “homem bomba”. Um desses interlocutores, que conversou recentemente com Bolsonaro, disse ao Estado, porém, que a situação é insustentável e a decisão do rompimento, “irreversível”.

Segundo esse auxiliar, que falou sob a condição de anonimato, a decisão de Bolsonaro não se deve à interferência do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). O filho de Bolsonaro chamou Bebianno de “mentiroso” logo após o ministro ter concedido entrevista ao jornal O Globo, na terça-feira, dizendo que não estava isolado no Palácio do Planalto depois da denúncia, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, de que teria patrocinado candidaturas laranjas do PSL em 2018, para desviar recursos do Fundo Eleitoral. À época, Bebianno presidia o PSL.

Na tentativa de mostrar que não havia crise, o ministro afirmou a O Globo que, no dia anterior, falara três vezes com o presidente, então internado no Hospital Albert Einstein, recuperando-se de cirurgia para reconstrução do trânsito intestinal. Carlos Bolsonaro desmentiu essas conversas no Twitter e o presidente endossou a atitude do filho, horas depois, em entrevista à TV Record.

Mais tarde, no entanto, Bolsonaro também mandou Bebianno cancelar viagem para o Pará, com outros ministros, porque não gostou de saber que ele havia convidado um veículo de comunicação para acompanhar a comitiva. A partir daí, o chefe da Secretaria Geral da Presidência teria mostrado a amigos arquivos de áudio com a voz de Bolsonaro ordenando que ele suspendesse a viagem, além de outras conversas.

Ao tomar conhecimento dessa atitude, o presidente – que já havia resolvido manter Bebianno no cargo – ficou furioso e decidiu dispensá-lo. Na sexta-feira, em conversa ríspida com o ministro, chegou a oferecer a ele uma diretoria na Itaipu Binacional, mas Bebianno recusou. “Não estou no governo por causa de cargos. Sou uma pessoa leal”, afirmou o chefe da Secretaria-Geral.

ESTADÃO CONTEÚDO

A cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, registra nesta manhã de sábado, 16 de fevereiro de 2019, mais um acidentre de trânsito fatal. O sinistro aconteceu na Avenida Alberto Maranhão em frente à um comércio de material para sorvetes no bairro Bom Jardim.

De acordo com as primeiras informações da polícia rodoviária estadual um casal ocupando uma moto de cor prata com placa, QGB 3395 trafegava sentido Centro, Barrocas quando colidiu na lateral de um carro Tipo Celta de cor preta e placas OJU 8176, conduzido uma mulher.

Maria Suênia Raulino Freire, 15 anos que viajava como garupa da moto, morreu no local. O marido dela sofreu escoriações leves pelo corpo. A polícia rodoviária estadual, que realiza procedimentos de isolamento do corpo, informou que a condutora do Celta que saía da Rua Geraldo Couto pra entrar na Alberto Maranhão, teria invadido a preferêncial, o que ocasionou o acidente.

Policiais do 2º DPRE aguardam a chegada das equipes da Delegacia de Plantão da Polícia Civil e do ITEP para os procedimentos no local.

Pivô da crise de candidaturas de laranjas, o ministro Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral) se diz perplexo com a diferença do tratamento que vem recebendo em comparação ao do ministro Marcelo Alvaro Antonio (Turismo).

“Eu estou recebendo tratamento com perplexidade. Quem dispensa o tratamento é que tem que explicar os seus motivos”, diz, ao reclamar da diferenciação.

Responsabilizado por transferências de recursos públicos a candidatos laranjas do PSL, Bebianno afirmou ter recebido a sinalização do presidente Jair Bolsonaro de que será exonerado na segunda-feira (18).

A demissão de Bebianno, ainda não oficializada pelo Palácio do Planalto, é discutida após ele ter sido chamado de mentiroso por Bolsonaro.

O presidente negou ter mantido conversas com seu auxiliar na última semana e disse, ao ser questionado sobre as investigações, que o chefe da Secretaria-Geral poderia “voltar às origens”.

Tanto Bebianno quanto Alvaro Antonio se tornaram alvo de suspeita após a revelação pela Folha de candidaturas de laranjas do PSL nas eleições de 2018.

“No caso de Minas Gerais, do Marcelo Alvaro Antonio, por que que eu não sou culpado então?”, perguntou.

Bebianno é apontado como responsável pelas transferências por ter presidido o PSL entre janeiro e outubro de 2018. Ele nega irregularidades e diz desconhecer os candidatos suspeitos.

O ministro também questiona o fato de ser apontado pelas candidaturas de laranjas em Pernambuco, mas não por fatos correlatos em Minas Gerais.

Como revelou a Folha em 4 de fevereiro, Alvaro Antônio patrocinou um esquema de candidaturas de fachada em Minas, que também receberam recursos volumosos do fundo eleitoral do PSL nacional e que tiveram votações pífias. Parte do gasto que elas declararam foram para empresas com ligação com o gabinete de Álvaro Antônio na Câmara.

Na semana seguinte, outra reportagem da Folha mostrou que o grupo do atual presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), recém-eleito segundo vice-presidente da Câmara dos Deputados, criou uma candidata laranja em Pernambuco que recebeu do partido R$ 400 mil de dinheiro público na eleição de 2018. Tanto Bivar quanto o então presidente do diretório de PE, Antônio de Rueda, culparam Bebianno pela liberação dos recursos.

Passadas duas semanas desde a publicação das candidaturas, Bolsonaro não se fez nenhuma manifestação pública sobre o caso do ministro do Turismo.

Ele foi exonerado no dia 6 de fevereiro, em despacho assinado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro. O ato, porém, teria sido apenas formalidade para que ele tomasse posse como deputado federal. Álvaro Antônio foi reeleito em 2018 com a maior votação do estado, com 230.008 votos.

Neste sábado (15), em Minas Gerais, Alvaro Antonio negou que haja relação entre os dois casos.

“Não vejo relação de uma coisa com a outra. A questão do Bebianno está sendo resolvida, quem decide é o presidente da República, e a minha questão é completamente separada. O presidente é quem vai decidir”, afirmou ele durante visita a Brumadinho (MG).

Folhapress

Bandidos roubaram algo em torno de 75 quilos de dinamite de um britador de Caicó nas últimas horas. Perocupa? Muito! E é sério. A quantidade é enorme.

Quem roubou? A mando de quem? Para quê?

São apenas algumas perguntas.

PCC chegou nessa semana ao Rio Grande do Norte. Né verdade?

O exército está de prontidão. Militares estão a caminho de Caicó. Informações relatam que o Primeiro Batalhão de Engenharia e Construção está em alerta.

O negócio é mais sério do que pensam. E o buraco é mais embaixo.

Pode até não ser nada. Mas…

O presidente da Venezuela,Nicolas Maduro, pediu nesta sexta-feira (15) aos líderes militares a criação de um “plano especial de implantação permanente” das Forças Armadas para “defender a nação”. No encontro, ele afirmou que Estados Unidos e Colômbia estão traçando “planos de guerra” contra o país.

“Vamos fazer um plano especial para a implantação permanente e adequação de força. Peço progressivamente, um plano para manter mobilizada a Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) em defesa da nação”, disse Maduro, em pronunciamento transmitido pela emissora de TV estatal “VTV”.

O presidente não especificou detalhes sobre a operação do plano, mas ressaltou que a mobilização deverá contar com os “tanques da República, os mísseis da República, os soldados da República”, e que devem chegar a todo território venezuelano.

Sanções dos EUA

Também nesta sexta-feira, o departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou sanções contra cinco funcionários da inteligência e segurança próximos a Maduro. As punições preveem o congelamento de bens nos EUA, a proibição de entrada no país e o veto de transações financeiras.

Entre os alvos das sanções estão o titular do Serviço Bolivariano de Inteligência Militar (Sebin), Manuel Ricardo Cristopher Figuera; o primeiro comissário da Sebin, Hildemaro José Rodríguez Mucura; o comandante da Direção Geral de Contrainteligência Militar, Iván Rafael Hernández Dala; o diretor das Forças de Ações Especiais da Polícia Nacional, Rafael Enrique Bastardo Mendoza; e o principal responsável da companhia Petróleos da Venezuela SA (Pdvsa), Manuel Salvador Quevedo Fernández.

O helicóptero que transportava o jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, sofreu uma pane mecânica antes de cair na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, apontam informações preliminares da Polícia Civil. O inquérito policial não deve responsabilizar criminalmente nenhum dos envolvidos. O piloto Ronaldo Quattrucci, de 56 anos, também morreu no acidente.

A queda aconteceu na última segunda-feira, 11. “Houve uma pane mecânica. Quer dizer, não há de se falar que o cara ia por um remold lá no motor ou sei lá onde, montar na aeronave e subir”, afirmou ao Estado o delegado Luiz Roberto Hellmeister, responsável pelo inquérito na Polícia Civil. Os investigadores aguardam laudos para confirmar as circunstâncias do acidente.

Quattrucci era sócio majoritário da empresa RQ Serviços Aéreos Especializados, com sede em São Paulo. “Ele era dono da aeronave e único piloto da empresa. Ficou comprovado por profissionais da área que ele fez todo procedimento de pouso de emergência”, disse Hellmeister.

Para o delegado, as investigações, até o momento, apontam para possível responsabilidade administrativa – e não criminal – de pessoas vinculadas à empresa. Dois dias após a tragédia, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu a RQ Serviços Aéreos por haver “indícios” que ela prestava serviços de táxi-aéreo sem autorização.

A versão foi confirmada à Polícia Civil nesta sexta-feira, 15, pelo filho e sócio do piloto, o nutricionista Rodrigo Quattrucci, de 23 anos, detentor de menos de 2% das ações da RQ Serviços Aéreos. Segundo as investigações, ele só teria ido quatro vezes na empresa desde a fundação, em março de 2004.

Na delegacia, ele informou que a aeronave não tinha seguro. Havia apenas seguro para os tripulantes, que teria sido posto à disposição de familiares das vítimas e do motorista do caminhão em que o helicóptero colidiu.

Boechat morreu por politraumatismo

Laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que Boechat morreu em decorrência de politraumatismo provocado pela queda do helicóptero. De acordo com o documento, o jornalista sofreu traumatismos torácico e abdominal, “caracterizando politraumatismo, com carbonização secundária”.

O exame não apontou indícios de que Boechat inspirou fuligem ou fumaça antes de morrer. “(Foi detectada) uma concentração abaixo de 10% de carboxihemoglobina (intoxicação por monóxido de carbono) no sangue, o que indica que a vítima já se encontrava em óbito antes da exposição ao gás”, afirma o laudo. O corpo do jornalista foi reconhecido pela arcada dentária.

ESTADÃO CONTEÚDO

Policiais do Batalhão de Operações Especiais – BOPE durante patrulhamento na Comunidade Beira Rio na Zona Norte de Natal, Prenderam nesta sexta-feira (15), Lucilenio da Fonseca do Nascimento, 25 anos. Contra Lucilenio existem três mandados de prisão em aberto, Um deles por ser o principal suspeito de ter matado o Empresario José Roserberg Saldanha. O Empresario foi morto enfrente ao Condominio residêncial Vitar no dia 29.11.2016.

O acusado foi conduzido para Divisão Especializada de Homicidios e Proteção à Pessoa para os procedimentos cabiveis.

Um surfista foi mordido por um tubarão nesta quinta-feira na praia Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha, Pernambuco. Carlos Vinícius Cavalcanti, de 31 anos, sofreu o acidente por volta de 17h30 e foi levado para o Hospital São Lucas com ferimentos na face, orelha e no pescoço.

Após procedimento de sutura que durou cerca de 5h, o estado de saúde dele é estável, mas ele segue em observação. Segundo o surfista, ele foi mordido após mergulhar em uma onda e dar de cara com o animal, identificado posteriormente como um tubarão-limão.

Carlos Vinícus é vendedor de açaí na Cacimba. Após o acidente, ele escreveu um depoimento sobre a situação que enfrentou em seu perfil no Instagram. Ele diz que não foi atacado pelo tubarão, mas sofreu as consequências de um ato de defesa do animal. O surfista relata que antes de receber a mordida do animal ele já havia percebido que havia tubarões na água, mas ainda assim não saiu do local.

“O que aconteceu foi um incidente, apenas isso! Aprendi bem a lição, não surfo mais no final de tarde, com os bichos ali, se alimentando. Mas, enquanto tiver saúde vou pegar onda, eu preciso do mar!”, escreveu.

Entre os dias 19 e 25 de fevereiro a praia Cacimba do Padre vai sediar uma etapa do Campeonato Mundial de Surfe Hang Loose Pro Contest. O evento deve ter a presença de mais de 100 competidores. Após o acidente, a Administração de Noronha informou que convocou para esta tarde uma reunião com os organizadores do evento, representantes do Corpo de Bombeiros, entre outras instituições, para garantir a segurança dos surfistas e a realização do campeonato.

O GLOBO

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, chamou de “migalhas” de “comida podre” a ajuda humanitária enviada pelos EUA a pedido do opositor Juan Guaidó, registra a Folha.

Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, já foi reconhecido por 50 países, inclusive o Brasil, como legítimo presidente venezuelano interino.

“É uma armadilha, fazem um show com comida podre e contaminada”, declarou o ditador, que insiste no discurso de que a ajuda é pretexto para uma invasão americana.

Um integrante do Departamento de Defesa dos EUA disse à agência France Presse, sob anonimato, que o país mandará mais 200 toneladas de ajuda humanitária para a Colômbia.

O prefeito Fernando Cunha prestigiou a solenidade de entrega dos certificados para 500 alunos concluintes, dos cursos Pronatec/EAJ, em Macaíba, na tarde de quinta-feira (14), na sede da Escola Agrícola. Alunos e alunas dos municípios Macaíba, Monte Alegre, Vera Cruz e de Natal receberam os certificados.

Na ocasião também estiveram presentes a secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Andrea Carla Ferreira da Silva, o coordenador geral do Pronatec/EAJ/UFRN, João Inácio Silva; o secretário de Assistência Social de Monte Alegre, Eduardo Lincoln Neves e a equipe da Semtas de Macaíba. A EAJ também homenageou a Prefeitura de Macaíba entre outros parceiros da Escola e os professores dos cursos.

Quinze cursos foram ofertados para a população sendo eles operador de supermercado, promotor de vendas, operador de caixa, pintor de obras imobiliárias, porteiro e vigia, assistente de recursos humanos, organizador de eventos, preparador de pescado, horticultor orgânico, aquicultor, preparador de doces e conservas, eletricista instalador predial de baixa tensão, pedreiro de alvenaria, montador e reparador de computadores e equideocultor.

Em seu pronunciamento, o prefeito Fernando Cunha parabenizou a equipe e os alunos da EAJ. “Nós ficamos muito contentes em saber do esforço de todos vocês e com a excelente qualidade dos professores e do ensino. Pela nossa experiência, estamos vendo que a Escola Agrícola está seguindo seu papel de formar cidadãos. A satisfação de estar com esse diploma será ainda maior quando soubermos que vocês melhoraram a qualidade de vida com os cursos. Parabéns a toda a equipe da Escola e aos alunos!”, afirmou o prefeito.

Sobre o Pronatec

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado em 2011 com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica. Em Macaíba. A Escola Agrícola de Jundiaí em parceria a Prefeitura de Macaíba, oferta cursos profissionalizantes nas mais diversas áreas, entre elas a Formação Inicial e Continuada (FIC), Pronatec Mulheres Mil entre outros cursos técnicos.

Assecom-PMM

Pela primeira vez, a cidade de Macaíba será sede de um das maiores competições de luta do Rio Grande do Norte. E o palco será a Vila Olímpica, onde neste sábado (16), a partir das 8h, acontecerá a 1ª Etapa do Campeonato Estadual de Wrestling, que envolve luta olímpica e luta greco-romana.

O evento segue até às 17h e inclui as seguintes categorias: Infantil M e F; Cadete M e F; Júnior M e F e Sênior M e F, reunindo mais de 200 atletas de várias cidades do estado.

É importante ressaltar que esse campeonato oferta vaga para o Campeonato Brasileiro Escolar de Wrestling, a ser realizado no Tocantins, que, por sua vez, oferta vaga para o Campeonato Mundial Escolar dessa mesma modalidade, que acontecerá na Hungria, continente europeu. O evento é organizado pela Federação de Wrestling do RN, com apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL).

Assecom-PMM

Na tarde de ontem, 14.02, a Polícia Militar prendeu uma quadrilha de traficantes na praia de Barra de Tabatinga, em Nísia Floresta. .

Inicialmente foi abordado o traficante MARCELO MATHEUS DE LIMA SILVA, que foi encontrado com uma grande quantidade de drogas. Ao ser preso, Marcelo entregou os demais comparsas e traficantes da região. .

Logo após, os policiais militares se dirigiram à boca de fumo, onde prenderam os traficantes JADSON MOREIRA DA SILVA e JANDERSON SILVA LIMA. Os meliantes, em seus interrogatórios, também entregaram outros chefes da facção criminosa que estão sendo procurados e se encontram foragidos até o momento.

Todos os presos foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas pela Delegacia de Plantão da Zona Sul e entregues ao sistema penitenciário, onde permanecerão a disposição da justiça. .

A Delegacia de Polícia Civil de Nísia Floresta conta com o auxilio da população por meio do disque-denúncia/Whatsapp n° 98118-7675 ou 181 para prender ou investigar qualquer meliante que venha tirar o sossego dos moradores de Nísia Floresta.