Ashik Gavai teve 232 debtes extraídos durante cirurgia em hospital de Mumbai, na Índia (Foto: Imtiyaz Shaikh/Anadolu Agency/Getty Images)

O garoto Ashik Gavai, de 17 anos, procurou o Departamento de Odontologia do Hospital J.J., em Mumbai, na Índia, por causa de um inchaço do lado direito da mandíbula. A equipe identificou como a causa do problema 232 dentes “extras”, que foram extraídos em uma cirurgia de 7 horas.

A chefe do departamento, Sunanda Dhiware, contou à “BBC” que a doença que afetou Ashik é um tipo de tumor benigno chamado odontoma, em que uma única gengiva forma muitos dentes.

“Quando abrimos a gengiva, dentes pequenos parecidos com pérolas começaram a sair, um por um. Inicialmente, estávamos coletando, eles eram realmente como pequenas pérolas brancas. Mas então começamos a ficar cansados. Contamos 232 dentes”, disse Sunanda à “BBC”.

Segundo a especialista, casos como o de Ashik são muito raros. Ela observa que a literatura médica sobre a condição apresentada pelo garoto registra um máximo de 37 dentes extraídos por causa do tumor na parte superior da gengiva. No caso do garoto, o tumor foi encontrado em uma região profunda, parte inferior da mandíbula.

O pai do garoto, Suresh Gavai, disse ao jornal “Mumbai Mirror” que o filho reclamou de fortes dores há cerca de um mês. A família viajou de seu vilarejo natal, no distrito de Buldhana, até Mumbai para buscar tratamento.

fonte: G1

 

 

PRESENÇA

A presença no palanque do acordão, de José Agripino e Garibaldi Filho, dois comandantes da vitória de Rosalba Ciarlini contra Wilma de Faria, é um alívio para a imagem da mãe de Lauro. Os dois senadores foram às ruas pedir o voto do eleitor para reconstruir o Estado, que teria sido destruído por Wilma. Agora, pedem votos para Wilma, que passa de destruidora a salvadora do RN.

 

AUXÍLIO

Curioso o papel desempenhado por parte de nossa mídia em relação ao Ministério Público. Superdimensionam e até deturpam os fatos para tentar enfraquecer a instituição. Usam a generalidade para evitar a responsabilidade concreta. O fato é que essa turma esconde os verdadeiros interesses da luta para tentar desmoralizar uma instituição séria em benefício da realização de falcatruas que possam ficar impunes. E ainda usam inocentes úteis. Tudo de caso pensado.

 

CORREÇÃO

O deputado Gustavo Fernandes foi desmoralizado em sua terra, em seu palanque, por seu candidato a governador. Sua postura foi de omissão; não reagiu como deveria. Ficou feio para ele perante seu eleitorado.

 

HUMILHAÇÃO

Diante do constrangimento familiar, a irmã do deputado Gustavo Fernandes, Katha Fernandes, usou as redes sociais para criticar, indiretamente, Henrique Alves, que tomou o microfone das mãos do parlamentar e o chamou de mentiroso. Ela usou uma frase de Mário Sergio Cortella: “Elogie em público e corrija em particular. Um líder corrige sem ofender e orienta sem humilhar”.

 

 

robinson santana

 

O grupo de oposição de Santana do Seridó liderado pelo ex-prefeito Hudson Pereira (PSD) declarou apoio as candidaturas de Robinson e Fátima nas eleições deste ano. Defensor da candidatura de Robinson ao Governo, Hudson destacou a importância de votar no candidato. “Robinson está preparado para governar o Estado e vao defender os projetos para Santana do Seridó e região”, destaca.

Além do ex-prefeito, o presidente da Câmara, Ivan Dantas, os vereadores do PSD Juarez Bezerra, José Vicente de Morais, Luiz do Tuiuiú, Tatiana Fátima e os ex-vereadores Raimundo e Boanergius confirmaram o apoio aos candidatos. O Partido Social Democrático (PSD) é representado pela maioria dos parlamentares no município e tem núcleo jovem e ala feminina.

 

 

Autora carioca  foi convidado para o evento literário

 

A morte do dramaturgo paraibano Ariano Suassuna, fez com que a produção do 5º Festival Literário de Pipa (Flipipa), evento marcado entre 7 e 9 de agosto, substituísse sua apresentação pela palestra da escritora e jornalista carioca Nélida Piñon.

A autora deverá participar de uma mesa literária no dia 9 de agosto com o tema ainda a ser divulgado.

Quem também não virá mais para o evento é o escritor e compositor Jorge Mautner por motivos que não foram revelados pela produção. Em seu lugar foi convidado o letrista Abel Silva que falará sobre a obra do escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, falecido no último domingo (20).

Os autores José Carlos Capinan, José Miguel Wisnik, Rodrigo Lacerda, Mário Magalhães e Gereba Santos continuam confirmados na feira.

 

 

A Capitania dos Portos divulgou nesta quarta-feira (23) uma previsão de ressaca no mar do Rio Grande do Norte com ondas que podem chegar a 2,5 metros.

A ressaca acontecerá entre a Praia de Touros, no litoral Norte do estado, e Salvador, na Bahia, entre os dias 24 de julho e 16 de agosto.

Touros (Foto: Canindé Soares)A recomendação da Capitania dos Portos é que embarcações de pequeno porte evitem navegar no mar neste período.

O horário de maior intensidade é no final da tarde, mas a ocorrências de ondas maiores pode acontecer a qualquer momento, segundo a capitania. Ainda de acordo com a Capitania dos Portos as ressacas costumam acontecer nos meses de julho e agosto.

 

 

O corpo de um jovem de 23 anos foi encontrado em uma estrada carroçável que dá acesso ao assentamento Padre Cícero, em Ceará-Mirim, na tarde desta quarta-feira (23). Felipe Soares da Silva estava desaparecido desde a tarde desta terça-feira (22).

De acordo com familiares dele, três homens invadiram a casa o jovem e o levaram. Os bandidos, no momento do rapto, estavam em um Celta prata, mas levaram o carro da vítima, um Fiat Uno de cor branca.

Foi no Fiat Uno que o corpo de Felipe Soares foi encontrado. A suspeita é que o crime tenha sido um acerto de contas, isso porque, de acordo com a policiais civis de Ceará-Mirim, a vítima já havia se envolvido em atividades delituosas.

 

 

 

O Governo Federal aprovou a criação de 11 mil novas vagas para concurso público no Executivo Federal. São empregos em ministérios, autarquias, universidades, polícia e Receita Federal.

Em ano de eleição, porém, é preciso ficar atento a algumas normas. Os concursos não são proibidos nesta época e os editais podem ser publicados a qualquer hora. O que muda é o prazo para o candidato ser nomeado e tomar posse.

A regra diz que para os concursos homologados, ou seja, finalizados 90 dias antes da eleição, os aprovados podem ser nomeados, tomar posse e começar a trabalhar normalmente. Para os concursos que não foram encerrados dentro desse prazo, a nomeação só pode ser feita a partir do ano que vem.

Confira a lista dos concursos abertos no site do Jornal Hoje JH da Globo.

 

arma calça

Essa foi no Amapá…Um adolescente de 17 anos atirou acidentalmente no próprio testículo quando tentava fugir com o ‘comparsa’ dele numa bicicleta, após um assalto a uma lan house, nesta terça-feira (22), no bairro Perpétuo Socorro, Zona Leste de Macapá. Segundo a polícia, o jovem havia colocado o revólver engatilhado na cintura e se atrapalhado ao subir na garupa da bicicleta. Ele tentava fugir, ainda de acordo com a polícia, depois de ter atirado na cabeça do atendente do estabelecimento, que foi levado em estado grave de saúde para o Hospital de Emergências. Ambos seguem internados.

“Ele subiu na bicicleta, se atrapalhou e acabou atirando em si mesmo. O comparsa dele fugiu deixando ele para trás, mas já estamos procurando este outro suspeito. Eles não roubaram nada do local, pois se assustaram com a própria ação”, informou o tenente do 6º Batalhão de Polícia Militar do Amapá, Wellington Santos.

 

 

De acordo com a agência taiwanesa Focus Taiwan, 58 pessoas estavam a bordo - 54 passageiros e quatro tripulantes (Foto: Wong Yao-wen/AP)

Um avião da companhia aérea TransAsia caiu nesta quarta-feira (23), no arquipélago de Penghu, em Taiwan, deixando dezenas de mortos. De acordo com a agência taiwanesa Focus Taiwan, 58 pessoas estavam a bordo – 54 passageiros e quatro tripulantes.

O ministro dos Transportes de Taiwan, Yeh Kuang-shih, disse que 47 pessoas morreram. Os 11 sobreviventes tiveram ferimentos diversos e foram socorridos. Edifícios próximos ao local da queda pegaram fogo, mas não houve feridos fora do avião.

De acordo com a Focus Taiwan, o avião tentou pousar uma primeira vez no aeroporto de Magong, em Penghu, às 19h06 locais (6h06 de Brasília). O tempo estava ruim. A torre de controle perdeu contato com a aeronave enquanto ela tentava pousar pela segunda vez, de maneira forçada. O acidente aconteceu em seguida, segundo o diretor-geral da Administração Aeronáutica Civil de Taiwan, Jean Shen.

Inicialmente, chegou a ser informado que o acidente aconteceu em um pouso de emergência.Ainda segundo a mesma fonte, o avião, um ATR 72, decolou às 17h43 do aeroporto de Kaohsiung, no sul de Taiwan. A aeronave tinha 14 anos. O voo era o GE222. O Departamento de Bombeiros de Penghu  disse que a aeronave tentava pousar em meio a condições adversas do tempo quando bateu em uma segunda tentativa e pegou fogo. Moradores locais disseram ter ouvido o barulho de explosões.

vanderlei luxemburgo flamengo x potosi (Foto: AP)

Três dias após a goleada sofrida por 4 a 0 para o Internacional, Ney Franco foi demitido do Flamengo. Desde que retornou ao clube para sua segunda passagem, o comandante não venceu. A equipe entrou em campo sete vezes, com quatro derrotas e três empates. Vanderlei Luxemburgo assumirá o comando rubro-negro a partir desta quinta-feira.

Essa será a quarta passagem do treinador pelo rubro-negro, tendo ao seu lado o ex-atacante Deivid como auxiliar técnico. Antonio Mello será o novo preparador físico e já participa do treino desta quarta-feira à tarde, no Ninho do Urubu. A estreia da nova comissão será no clássico deste domingo, contra o Botafogo, no Maracanã, às 18h30. O time está na lanterna do Brasileiro, com apenas sete pontos.

Luxemburgo não trabalha desde novembro do ano passado, quando foi demitido do Fluminense na reta final do nacional com o clube na zona do rebaixamento. Sua última passagem pelo Rubro-Negro foi entre 2010-2012, quando venceu o Carioca de 2011. Antes, passou em 1991 e 1995, sem conquistas.

Conselho de Transportes discutiu valor da nova tarifa em Natal

Não foi o que a Prefeitura esperava, tampouco o que pediam os empresários. Porém, o preço da nova tarifa de ônibus em Natal está definido e será de R$ 2,35. O valor foi acertado nesta quarta-feira (23), durante reunião do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito Urbano de Natal, que ocorreu na sede da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob). O novo valor, no entanto, ainda não tem data confirmada para vigorar.

Em reunião tumultuada, onde chegou a haver discussão áspera entre um representante do movimento estudantil e a titular da Semob, Elequicina dos Santos, a Prefeitura do Natal apresentou os valores que justificariam o aumento a até R$ 2,35, valor sugerido anteriormente pelo Executivo. Porém, os empresários questionaram alguns dos itens e houve a concordância com a mudança, fixando o valor em R$ 2,35.

Apesar das discussões e os ânimos exaltados, a tarifa de R$ 2,35 obteve maioria na votação do conselho. Dos 12 membros presentes, oito foram favoráveis ao valor, dois votaram por R$ 2,40 e dois abstiveram-se de participar da votação.

 

A Vila Olímpica está recebendo a Etapa Municipal dos Jogos Escolares do programa na Escola. Ontem foi realizada a modalidade de salto em distância. Aproximadamente 360 estudantes da zona urbana e da zona rural do município estão inscritos no programa e participaram do evento.

Na próxima quinta-feira (24) acontecerão as atividades de corridas de velocidade de 75 e 100 metros. No dia 28 deste mês serão realizadas as atividades de corrida de resistência de 1000 e 3000 metros. Todas as atividades serão realizadas na Vila Olímpica de Macaíba com a participação de orientadores e professores.

O programa Atleta na Escola tem como objetivo incentivar a prática esportiva nas escolas, democratizar o acesso ao esporte, desenvolver e difundir valores olímpicos e paraolímpicos entre estudantes da educação básica, estimular a formação do atleta escolar e identificar e orientar jovens talentos. A Vila Olímpica de Macaíba foi escolhido como local ideal para realização das atividades do projeto.

Açude Gargalheiras, em Acari, está com pior nível de água de sua história (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

O açude Gargalheiras, que abastece os municípios de Acari e Currais Novos, na região Seridó do Rio Grande do Norte, atingiu o pior volume de água de toda a sua história. O reservatório, que tem capacidade de aproximadamente 44 milhões de metros cúbicos de água, está com pouco mais de 8% do total.

De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos – Caern, cerca de 250 famílias da região estão recebendo água por meio de carros-pipa. Além disso, existe o limite de 20 litros de água por dia. A falta de chuvas é o principal fator que levou ao reservatório atingir seu nível mais baixo em 55 anos.

G1

 

O estado de saúde do escritor Ariano Suassuna piorou e agora é considerado instável, segundo boletim médico divulgado na noite de ontem (22) pelo Real Hospital Português, do Recife, onde está internado. Suassuna permanece em coma, respirando com a ajuda de aparelhos. De acordo com o boletim, houve agravamento do quadro de saúde do escritor, que apresenta queda na pressão arterial e a pressão intracraniana está elevada.

Suassuna passou mal em casa, na noite da segunda-feira (21), e foi levado ao hospital por volta das 20h, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico. Às 23h, terminou a cirurgia de emergência para a colocação de dois drenos, com o objetivo de controlar a pressão intracraniana provocada pelo AVC. Desde então, o escritor está internado na UTI Neurológica, sem previsão de alta.

 

 

O candidato do PSD a governador, Robinson Faria, disse hoje que o povo irá derrotar o poderio econômico do candidato adversário, o atual presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB). “Essa eleição será a grande quebra de paradigmas de políticas velhas, políticas coronelistas, políticas familiares, onde líderes no passado tiveram momentos de vitória, momentos de admiração. Hoje todos eles sucumbiram diante do candidato poderoso, que se acha poderoso, o chefe do acordão. Em síntese, a população irá derrotar o poderio econômico do candidato do acordão, a sua supremacia financeira irá sucumbir diante do sentimento de liberdade das pessoas”.

Instado a falar se o poderio financeiro da campanha adversária, que estimou gastos da ordem de R$ 40 milhões junto ao Tribunal Regional Eleitoral, assusta, Robinson disse que de forma nenhuma. “Se eu não tiver um palanque em uma cidade eu vou chegar lá, vou procurar um banco de uma praça, uma escada de uma igreja e vou dar o meu recado à população. Nunca me intimidou”, afirmou. “Nem antes, quando eu era pré-candidato, que eu fui subestimado, tampouco agora já como candidato, querer sufocar e querer cercear a nossa caminhada. Eu acho que isso não é bom para a nossa democracia, querer chegar ao município e ter o domínio total de toda a classe política. E a população, como é que fica? Vai apenas obedecer? Vai apenas ouvir os seus líderes ou vai querer que tenhamos nessa eleição um debate democrático com a oportunidade de cada um falar da sua proposta?”, indagou.

Ao falar sobre a atuação de Henrique Alves na campanha, Robinson disse que o peemedebista quis vencer a eleição estadual por W.O., e não conseguiu, e agora está tentando vencer pelo mesmo sistema nos municípios. “O candidato do acordão continua insistindo no W.O. Primeiro ele montou esse acordão com 20 partidos, com 7 ex-governadores, mais de 20 deputados estaduais, 6 deputados federais, para sufocar o nascimento de qualquer outra candidatura. Agora o candidato do acordão insiste em querer fazer o W.O nas cidades, ele chega nas cidades e quer ter os dois palanques – o da oposição e o da situação – todos com ele, para que a nossa campanha, o nosso nome, a nossa aliança não tenha direito a um palanque”.

Segundo Robinson, “Henrique está cooptando os dois palanques”. Para o vice-governador, a atual “é uma campanha em que ele não se contenta em ter o palanque do seu partido, ele quer ter o palanque do seu partido e do adversário, aí ele vai atrás de cooptar”. Na visão de Robinson, “isso demonstra muita insegurança, isso é uma prática coronelista, onde ele quer impor a sua supremacia financeira para sufocar o debate político”.

“Mas eu fui o candidato que me propus a essa resistência, candidato da coragem, da fé, da ousadia, para oferecer essa oportunidade do Rio Grande do Norte ter uma eleição democrática, onde predomine o debate político, o debate das propostas, onde poderemos discutir a questão da saúde, da segurança, do servidor público, do emprego, do agronegócio, da educação, ou seja, os temas que interessam a sociedade, que espera dos candidatos esse debate. Isso só está acontecendo por conta da nossa candidatura; eu estou proporcionando a oportunidade do norte-rio-grandense ter o direito de uma escolha democrática, onde irá prevalecer a vontade soberana do povo”, continuou o pessedista.

 

“Acordão está tendo discordância da população”

 

Sobre a sua candidatura, Robinson se disse “bastante motivado, agora mais ainda, em razão do incentivo que temos encontrado em nossa caminhada”. Ele disse que está começando a visitar o Estado, já tendo visitado diversas regiões inclusive Mossoró e Natal. “Nossa caminhada é pelo meio da rua, uma caminhada da simplicidade, com a marca da resistência e contra esse superacordão que foi montado, o maior da história do Rio Grande do Norte, mas não nos intimida”.

Segundo Robinson, “esse acordão já está tendo a leitura da população de total discordância, um acordão que tem a marca da conveniência, da incoerência, do comodismo, daquelas práticas antigas onde prevalece sempre o interesse dos mesmos, o interesse dos mesmos sobrenomes. É uma chapa novamente familiar, de famílias que governam o estado há mais de 50 anos, famílias Maia e Alves. Isso está sendo desconstruído pelo sentimento das pessoas e a nossa caminhada tem avançado bastante na questão do incentivo das pessoas que estão encorajando a nossa caminhada, que estão torcendo, que estão incentivando”, acrescentou.

Enquanto sua caminhada é com o povo, segundo Robinson, “a caminhada do acordão é por cima, é na classe política”. Ele complete: “A nossa caminhada é convencer as pessoas, conversar com elas, ouvir a sociedade, ouvir suas propostas e formatar um projeto de governo que tenha a inovação, a informação, que tenha essa quebra de gestões convencionais para uma gestão moderna, onde essa modernidade partirá das políticas públicas que nascem no diálogo com o povo”, finalizou.

 

Por Ciro Marques do Jornal de Hoje

Repórter de Política

Figura pública, facilmente destacável na multidão devido ao tamanho, Fernando Freire está, há três meses, ou mais exatamente 112 dias, passando despercebido porque qualquer dos cantos que ele vá. Afinal, em abril, a Justiça determinou a prisão dele por fraude na concessão de gratificações de representação de gabinete, mas o ex-governador do RN ingressou com recursos para reformar a sentença, mas não foi localizado e, até o momento, segue sendo considerado foragido.

Segundo a comunicação do Tribunal de Justiça do RN, ainda não há novidade na condição do ex-governador. O advogado teria atualizado o endereço que constava nos processos que Fernando Freire responde na Justiça Estadual – ele já foi condenado em outra ação a 84 anos de prisão – e deu a localização de uma nova residência em Brasília. Uma carta precatória foi enviada para lá e está sendo aguardada a resposta dessa correspondência, para saber se o endereço está ou não valendo.

É importante lembrar, entretanto, que essa atualização já ocorreu em outros momentos, contudo, os endereços informações pela defesa do ex-governador não foram válidos, conforme o juiz Fábio Wellington Ataíde Alves, autor da sentença condenatória na 7ª Vara Criminal, informou. “É ‘manobra’ conhecida do citado paciente não atualizar o seu endereço, ou o fazê-lo de forma incompleta ou equivocada, conforme se pode extrair da documentação juntada aos autos bem como em outros processos, a exemplo do de nº 0004284-70.2010.8.20.00001, em tramitação na 7ª Vara Criminal desta comarca, com o claro intuito de retardar o andamento processual”, explicou.

“Em que pese as informações prestadas pelo causídico, ressalto que o endereço suso mencionado é o mesmo que consta na carta precatória criminal referente ao processo nº 0004284-70.2010.8.20.0001, o qual restou como frustrado, conforme anteriormente apontado (vide documentos juntados aos autos). Além disso, apesar de semelhantes, as divergências existentes entre os endereços apresentados podem significar, pelo ordenamento do território da comarca apontada, residências existentes porém totalmente diversas, não se podendo concluir que seriam indiscutivelmente encontradas pelos oficiais de justiça”, analisou o magistrado.

Em seguida, Fábio Wellington disse mais: “comprova-se a afirmação de que o condenado está, como em muitos outros autos, buscando se furtar à aplicação da lei penal, pelo que devidamente demonstrada a razão da adoção da medida extrema da clausura”. E acrescentou: “A rigor, não há que se falar em qualquer tipo de constrangimento, uma vez que restou reconhecida a necessidade da decretação da prisão preventiva no intuito de garantir a aplicação da lei penal, como expediente fundamental para garantir a efetividade do processo penal ao qual o réu encontra-se subordinado”.

Por fim, o juiz afirmou que não há mais nada o que esclarecer no embargo declaratório. “As pretensões da Defesa somente ensejam processamento em sede de apelação perante o Tribunal, e não de embargos de declaração neste juízo. Ante o exposto, em não havendo qualquer omissão, muito menos contradição ou obscuridade, na sentença, nego provimento aos presentes embargos de declaração, devendo o decisum persistir tal como está lançado. Por fim, constando nos autos recurso de apelação interposto pela Defesa do réu Fernando Freire, e tendo sido demonstrado o interesse de arrazoar na segunda instância, remetam-se os autos ao Egrégio Tribunal de Justiça, nos termos do artigo 600, §4º, do Código de Processo Penal”, concluiu.

A defesa do ex-governador até recorreu, mas também não conseguiu reverter a decisão de primeira instância que determinou a prisão. Segundo o desembargador Glauber Rêgo, que acompanhou o voto do relator Gilson Barbosa, não há como conceder a liminar, já que houve omissão por parte do ex-governador, na informação do novo endereço, o que impossibilitou sua intimação. Como não houve mudança, Fernando Freire continuou sendo procurado pela Justiça e pela Polícia Civil, com mandado de prisão válido e de posse da Delegacia de Capturas do RN – e comunicado também para a Polícia Federal do Rio Grande do Norte.

PECULATO

O ex-governador, junto à servidora pública Katya Maria Caldas Acioly, respondiam pelo crime de concessão de gratificação de representação de gabinete, através de cheques salário. No suposto esquema fraudulento, a importância de R$ 4.455,00 foi desviada em seu proveito. O valor do desvio se refere à soma de seis fraudes.

A pena para o crime de peculato foi de 10 anos de prisão para Katya Maria Medeiros, além dos seis anos a Fernando Freire. Além deles, também ficou comprovada a participação de Maria do Socorro Dias de Oliveira, perdoada judicialmente devido à colaboração com as investigações.

 

 

 

PALANQUE

Os dois principais candidatos ao Governo do Estado, Henrique Alves e Robinson Faria, continuam recebendo e oficializando apoios de lideranças do interior. O palanque de Henrique é claramente o mais forte e o que tem recebido mais apoios de peso; Robinson não tem conseguido competir em matéria de liderança interiorana.

 

SUPERIORIDADE

O apoio de lideranças impressiona e influencia numa campanha eleitoral. Tem muito mais esse aspecto estético do que prático, do ponto de vista eleitoral. O que ocorre nessa fase da campanha é a confirmação da superioridade política indiscutível da chapa Henrique e Wilma, que reúne quase 20 partidos e lideranças de todo o Estado.

 

RESPOSTA

A grande dúvida da campanha majoritária desse ano está justamente na resposta à seguinte pergunta: As lideranças políticas vão conseguir levar o eleitorado para apoiar as candidaturas de Henrique e Wilma? Se a resposta for positiva, o acordão dispara na preferência popular e a chapa ganha a eleição.

 

DÚVIDA

Porém, se a resposta for negativa, o pleito será bastante disputado, com chances de Robinson Faria ganhar a eleição em cima da rejeição ao nome de Henrique; e Fátima levar vantagem diante do desgaste dos escândalos de Wilma.

 

REALIDADE

A força das lideranças políticas em uma eleição majoritária é relativa. Isso é fato. A história recente dos pleitos de Natal e do RN, já mostraram que um palanque pode ser gigante, mas se o povo quiser outra candidatura, a derrota é certa. Outro ponto é o desgaste da maior parte dos prefeitos do RN. Ter o apoio de um prefeito repudiado pela população, é mais negativo que não tê-lo.

 

REALIDADE II

O fato é o seguinte: Uma liderança rejeitada pelo eleitor, sendo prestigiado pela chapa majoritária, não tem peso de transferência. Pode até ter efeito contrário e prejudicar o candidato. E o efeito rolo compressor de uma candidatura sobre outra, também produz no eleitor simples, a sensação de ajudar a quem é ‘vítima’.

 

CAMPANHA

Nas campanhas eleitorais do RN, os principais candidatos fazem o de sempre: montam o palanque com lideranças, transferem para os políticos a responsabilidade de conquistar o voto do eleitor e aguardam como grande momento o palanque eletrônico, a propaganda no rádio e na TV. O de sempre que se repete agora.

 

LEMBRANÇA

Na história recente do RN, somente um político fez diferente e ganhou a eleição: Geraldo Melo. Ele assumiu o comando de sua campanha; ele era a estrela; ele ia diretamente aos municípios e mantinha contato direto com o eleitor. Geraldo fazia caminhadas nas cidades, coisa que somente as lideranças locais fazem em tempo de eleição municipal. Foi a primeira vez que um candidato a governador fez caminhadas de casa em casa nas maiores cidades. Resultado: começou a campanha com 2% e venceu o adversário que tinha mais de 60%.

 

PERFIL

Hoje, naturalmente, as campanhas são diferentes. Os candidatos, idem. Com perfil distante do eleitorado, Henrique e Robinson se assemelham, pois não são carismáticos e esperam que as lideranças municipais resolvam. Pior para Robinson, pois, nesse caso, Henrique leva vantagem numérica e vai continuar no palanque. Cabe ao adversário ir ao encontro do povo.

 

DECISÃO

Para tentar equilibrar a disputa com chances reais de ganhar a eleição, Robinson precisa ser mais ‘agressivo’, ir às ruas e conquistar o eleitorado diretamente, sem intermediários. Precisa encontrar um discurso que esteja em sintonia com o eleitorado; fazer caminhadas nas ruas das maiores cidades e não ter medo de fazer comparações com seu adversário.

 

FEDERAL

Em discurso para receber o apoio do prefeito de Assu, Ivan Jr., o deputado Henrique Alves, disse o seguinte: “Com recursos do orçamento estadual, ninguém prometa, que não vai cumprir. Temos de procurar parcerias. Não tem uma porta em Brasília que eu não entre sem pedir licença. Conheço todos os caminhos”.

 

FEDERAL II

Pelo que disse, literalmente, Henrique conhece todos os caminhos e entra em todas as portas sem pedir licença. O que será que houve com as portas no período em que ele ia com Rosalba aos gabinetes em Brasília? Será que era só visita de faz de conta? E com Micarla, em que apareciam nas fotos com ministros e o dinheiro nunca chegava? Também era faz de conta?

 

PEDIDO

Hoje, Henrique realmente entra em todas as portas sem pedir licença. Ele é o presidente da Câmara dos Deputados. Se for eleito governador, será mais um governador de um pobre Estado do Nordeste, pedinte como os demais. Tanto ele quanto Robinson, serão tratados como pedintes. O tempo de mando não existirá mais.

 

 

print-robinson

Está no ar o site do candidato ao Governo do Estado, Robinson Faria (PSD), da Coligação Liderados pelo Povo. O canal de comunicação foi lançado nesta terça-feira (22), no endereço www.robinson55.com, com muita interatividade para valorizar e facilitar a navegação do eleitor ao conhecer cada vez mais o candidato e sua agenda, com conteúdos em tempo real.

Com projeto da empresa Maxmeio, foram inseridos vídeos pelo site, buscando um equilíbrio entre qualidade e peso. Com isso até mesmo os usuários com baixa qualidade de internet poderão acessar sem nenhuma dificuldade. Ele foi projetado para ficar bem adequado em todas as resoluções e dispositivos. Com isso, serão atingidos 100% dos usuários.

 

 

A Câmara Municipal de Pilões, no estado do Rio Grande do Norte, divulgou o edital de concurso público regido pelo nº 01/2014. O certame propõe 04 vagas para contratações imediatas, mais cadastro reserva, para candidatos de nível fundamental, médio e superior, com salários que vão de R$ 724,00 a R$ 2.000,00, em jornada de trabalho de 40 horas por semana. 

O concurso que será executado pelo Instituto Americano de Desenvolvimento – IADES, tem o objetivo de preencher vagas nos cargos de Contador, Digitador, Assistente de Serviços Elétricos de Som e Informática e Auxiliar De Serviços Gerais. 

As inscrições serão aceitas até o dia 14 de agosto de 2014, através do site www.iades.com.br. Os valores das taxas de inscrição são de R$ 40,00 para nível fundamental, R$ 60,00 nível médio e R$ 80,00 nível superior. 

A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 14 de setembro de 2014 e será realizada na cidade de Pilões/RN. Os locais, datas e horários de realização das provas serão disponibilizados no endereço eletrônico www.iades.com.br, na data provável de 08 de setembro de 2014. 

Os resultados deste Concurso Público serão publicados na íntegra no endereço eletrônico www.iades.com.br e no Diário Oficial da União por meio de extrato.