Padilha: governo afasta possibilidade de reajuste de impostos para garantir valor do diesel

Reprodução: Portal Planalto (Divulgação)

Para garantir a redução de 0,46 centavos no preço do diesel, o Governo do Brasil não deve aumentar impostos, afirmou nesta terça-feira (29) o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, durante entrevista a jornalistas. Segundo Padilha, haverá corte de benefícios fiscais, que será definido após a aprovação da proposta de reoneração da folha de pagamentos. “Já deixamos claro que o presidente Michel Temer não pensa em aumento de imposto. Vamos reduzir algumas vantagens fiscais”, disse.

Além da redução de impostos cobrados no diesel e a criação de um programa de subvenção ao combustível, o acordo prevê o fim da cobrança sobre eixos suspensos, um valor mínimo para o frete e um percentual no transporte de produtos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Esses termos foram necessários para fazer com que os caminhoneiros encerrem a paralisação que vem causando uma crise de abastecimento no País.

Portal Planalto

Administrador

Deixe uma resposta