Obras do Complexo do Gancho de Igapó serão iniciadas no ano que vem, diz DNIT

As obras de construção do complexo viário do Gancho de Igapó, entre os municípios de Natal e São Gonçalo do Amarante, terão início efetivo a partir do primeiro trimestre de 2020, de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Atualmente, o órgão federal aguarda a conclusão dos trabalhos das concessionárias públicas de energia e gás para executar o serviço. Este serviço é o de retirar tubulações que passam sob o empreendimento.
Passada essa etapa, o DNIT espera pavimentar as marginais da rodovia federal BR-101, em São Gonçalo do Amarante, para permitir o bloqueio da faixa principal e, consequentemente, viabilizar o início das obras. Em outubro passado, parte da tubulação de gás foi retirada da região.

Também faz parte do empreendimento a implantação do túnel que interligará a Avenida das Fronteiras à BR-101 (sentido centro de Natal) e a rodovia estadual RN-160 (São Gonçalo do Amarante).

Além disso, o DNIT planeja a construção de um viaduto, vias marginais, a melhoria geométrica da rotatória, implantação do sistema de drenagem, bem com as rampas de acesso ao viaduto.

O orçamento atual da obra é de cerca de R$ 45 milhões. Parte deste valor, um total de R$ 10 milhões, será utilizada para desapropriar imóveis localizados nas margens da obra. Atualmente, ainda segundo o órgão federal, já foram realizadas 95% das desapropriações. A expectativa é de que o Complexo do Gancho de Igapó seja finalizado até o fim de 2021.

AGORA RN