Nutricionista apalpada em elevador: MP denuncia empresário e pede prisão preventiva do acusado - Informativo Atitude

Nutricionista apalpada em elevador: MP denuncia empresário e pede prisão preventiva do acusado

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) denunciou, o empresário Israel Leal Bandeira Neto pelo crime de importunação sexual contra a nutricionista Larissa Duarte, de 25 anos. A denúncia foi realizada através da 94ª Promotoria de Justiça de Fortaleza neste domingo (24).

A notícia é do GC Mais. O acusado foi flagrado por câmeras de segurança apalpando as partes íntimas das vítimas dentro do elevador de um prédio comercial localizado na área nobre de Fortaleza. O caso aconteceu no dia 15 de fevereiro deste ano, mas somente no dia 18 de março se tornou público após a divulgação do vídeo. Após a repercussão nacional, outras duas mulheres reconheceram o suspeito e o denunciaram pelo mesmo crime.

Vitima

MPCE pede prisão preventiva do empresário
O Ministério Público também deu parecer favorável à decretação de prisão preventiva contra o empresário. Na última sexta-feira (22), Israel Bandeira Leal Neto foi indiciado por por crime contra a dignidade sexual.

A Delegacia de Defesa da Mulher em Fortaleza (DDM) concluiu a investigação e remeteu o procedimento à Justiça. O indiciamento ocorre quando o órgão policial conclui que existem elementos suficientes para atribuir a autoria de crimes a alguém.

De acordo com a Polícia Civil, outro inquérito foi instaurado contra o suspeito por importunação sexual contra duas mulheres, ocorrido em 2022.

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros

About The Author