Nos EUA, voo é desviado após piloto fora de serviço tentar desligar motores do avião - Informativo Atitude

Nos EUA, voo é desviado após piloto fora de serviço tentar desligar motores do avião

Um voo 2059 da Alaska Airlines, com destino a San Francisco, teve de ser desviado para Portland, Oregon, após um piloto fora de serviço dentro da cabine de comando tentar desativar os motores da aeronave, segundo a empresa aérea.

A Administração Federal de Aviação (FAA, em inglês) disse às companhias aéreas que o indivíduo tentou desativar os motores do jato regional Embraer 175 ao acionar o sistema de supressão de incêndio e acrescentou que a tripulação conseguiu remover o indivíduo da cabine de comando. Os motores não chegaram a ser desativados, disse a Alaska.

Joseph David Emerson, de 44 anos, foi autuado por 83 acusações de tentativa de homicídio e de colocar um avião em perigo, segundo informações do Gabinete do Xerife do Condado de Multnomah.

Áudio publicado pelo LiveATC revela que, no momento em que a situação foi controlada, o piloto avisou ao controle de trafego aéreo: “Não parece que ele esteja causando qualquer problema na retaguarda. Queremos que os agentes da lei estejam presentes assim que chegarmos ao solo e estacionarmos”.

A FAA disse às companhias aéreas que o incidente “não está conectado de forma alguma aos eventos mundiais atuais”, mas disse que “é sempre uma boa prática manter a vigilância”.

A Alaska Airlines disse que todos os passageiros a bordo puderam viajar a seus destinos em um voo posterior.

CNN

About The Author