fevereiro 25, 2024

O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) justificou, na manhã desta terça-feira (24/5), a nova troca na presidência da Petrobras. Segundo o general, só o presidente Jair Bolsonaro (PL) “sabe as pressões que está sofrendo”. E também pediu paciência e afirmou que é preciso “aguardar” para saber o que o novo mandatário da estatal pode fazer.

“Isso aí é uma decisão tomada pelo presidente. Ele sabe quais são as pressões que ele está sofrendo. Então, segue o baile aí. Vamos aguardar o que que o Caio (Mario Paes de Andrade) pode fazer. O que eu vejo no Caio é que ele é um cara competente”, disse o general.

Em meio à crise inflacionária puxada, em grande parte, pelos reajustes no preço dos combustíveis, e após a troca do ministro de Minas e Energia, o governo federal anunciou, na noite de segunda-feira (23/5), nova indicação à presidência da estatal. É o quarto nome para presidir a Petrobras na atual gestão.

José Mauro Coelho, indicado em 6 de abril deste ano e empossado no dia 14 do mesmo mês será trocado por Caio Mario Paes de Andrade, que ocupava uma secretaria do Ministério da Economia, a de Desburocratização, sob o comando do ministro Paulo Guedes.

Metrópoles

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *