Macaíba: Bastidores da Política Em…”Confiante”

CONFIANTE

O Presidente da Câmara, Gerson Lima, se mantém confiante nos números e não tem dúvidas da escolha do seu nome, caso o critério seja realmente as pesquisas. Com relevantes serviços dentro do município, Gerson é realmente um nome forte para disputar o Palácio Auta de Souza.

AMPLA ALIANÇA

Existem comentários também que Gerson pode ser o único a unificar situação e parte da oposição em torno do seu nome. Como presidente da Câmara, Gerson, no momento conta com o respeito e apoio da base de vereadores que compõe o governo e com a simpatia de boa parte da oposição.

MÉRITOS

Dentro do contexto atual, o presidente da Câmara tem méritos para ser um forte candidato na disputa pelo Palácio Auta de Souza. Tem uma forte base política que sustenta seu nome, além de contar com a simpatia e o respeito de todo o Alto Comando.

DENTRO DO CONTEXTO LOCAL

Gerson e Edi do Posto da Maré, entre os pré-candidatos da situação, foram os que mais cresceram em pesquisa de consumo interno da própria oposição. Os números mostram isso com uma clareza impressionante.  

MAIS PESQUISAS

Mais de três pesquisas foram encomendadas apenas neste mês de novembro. Segundo informações, duas delas serão divulgadas em dezembro.

MAIS PESQUISAS II

Quem também vem crescendo é o delegado Normando Feitosa. De acordo com informações, Normando estaria entre os cinco mais cotados para a disputa à Prefeitura de Macaíba.

REUNIÕES 

Com o objetivo de pontuar melhor nas pesquisas, Bob Filho (Emídio Junior) tem percorrido todo o centro de Macaíba. Em reuniões realizadas por meio do projeto Gabinete Itinerante, o vereador é enfático em suas críticas contundentes ao governo. Emídio, mesmo com todo o seu esforço, ainda não teria crescido muito na região central de Macaíba.

ANIMADO

O delegado Normando Feitosa está animado com os números da pesquisa de consumo interno. Com os resultados que vem apresentando, Normando tem deixado claro para seus apoiadores que desta vez vai até o fim com seu projeto de pré-candidatura. “Sou pré-candidato a prefeito para perder ou para ganhar”, disse o delegado.

A REALIDADE É OUTRA

Embora muitos pré-candidatos estejam prometendo o céu e as estrelas para o povo de Macaíba, papeando projetos futuros fantasiosos que não se aplicam à realidade local, a população não tem aceitado a papinha na boca por conhecer exemplos de falsos profetas que não deram certo.

São ideias e discursos revolucionários, instigantes e mirabolantes. No fundo, parecidíssimos com a eloquência, por exemplo, da ex-prefeita de Natal, Micarla de Souza, e com o atual prefeito de Macau, Túlio Lemos. O resultado? Esse todo mundo conhece: administrações desastrosas, traumáticas e fracassadas. Cidades fadadas ao abismo.

TEORIA X PRÁTICA

A diferença entre teoria e prática é bem maior na prática que na teoria. Micarla e Túlio são dois exemplos clássicos dessa ciência teórica que não se aplica ao mundo real.

Micarla, da confortável bancada de seu jornal, entrevistava, analisava e criticava o poder público natalense e apontava as mais belas soluções que tornariam Natal o lugar mais belo e perfeito do mundo, talvez.

Túlio Lemos, o então radialista, era contundente nas suas críticas aos gestores públicos. Do aconchegante estúdio de rádio e TV, muitas vezes sem conhecer a realidade de tal cidade, emitia soluções para todos os problemas e diariamente “condenava” gestões públicas Rio Grande do Norte afora.

Micarla e Túlio foram apenas teoria.

MAIS APOIOS

Edi se prepara para receber mais apoios, entre esses apoios, empresários importantes que já teriam visto em pesquisas a força do seu nome na disputa ao Executivo Municipal.

LIDERANÇAS

Várias lideranças estão abraçando a candidatura do Pequeno Grande Homem. Dessa vez, um grupo ligado à oposição ensaia uma composição com Edi e seu grupo.

PREOCUPADA

Cada dia que passa, fica mais evidente a preocupação da oposição com o nome de Edi do Posto da Maré. O baixinho tem chamado atenção pela grande quantidade de funcionários efetivos que estão abraçando a sua pré-candidatura.