Lula libera R$ 2,1 bilhões e tenta aprovar reforma tributária - Informativo Atitude

Lula libera R$ 2,1 bilhões e tenta aprovar reforma tributária

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mandou seus ministros reservarem e pagarem emendas ao Orçamento para deputados em volume recorde. O rolo compressor está sendo usado para aprovar ainda nesta quinta-feira (6.jul.2023) a emenda constitucional da reforma tributária, projeto controverso com muitas instituições em dúvida sobre se os efeitos serão positivos e se, de fato, reduzirão o volume de impostos arrecadados no país, como diz o governo.

Na quarta-feira (5.jul), tornou-se público que no dia anterior Lula havia reservado R$ 2,1 bilhões para emendas ao Orçamento. Foi uma cifra recorde para um único dia no governo petista.

Os dados mais atualizados serão conhecidos por volta de 12h desta quinta (6.jul). A depender do volume, o Planalto pode ter assegurado os 308 votos para aprovar a reforma tributária –a Câmara tem 513 deputados e é preciso o apoio de 3/5 para aprovar uma emenda constitucional (ou seja, 308 deputados têm de votar a favor).

Na noite de quarta (5.jul), houve um requerimento que pedia a retirada de pauta votado pelo plenário da Câmara. Foi um teste. O governo ganhou com 302 votos. É um placar apertado. Causa incerteza sobre a aprovação do projeto.

Poder360

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros

About The Author