Haddad apresenta a Pacheco quanto governo prevê perder com desoneração - Informativo Atitude

Haddad apresenta a Pacheco quanto governo prevê perder com desoneração

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que vai apresentar ao Congresso a estimativa de renúncia com a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos, que não estava prevista no Orçamento de 2024 e comprometeria a meta de déficit fiscal zero. Haddad se reúne com o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG),

“A primeira providência que eu vou fazer é levar ao conhecimento do presidente Rodrigo Pacheco o que não está previsto no Orçamento que foi aprovado. Como não foi feito o cálculo pela Fazenda, o projeto (da desoneração) foi aprovado sem que houvesse participação do Executivo, que, inclusive, considerava inconstitucional a proposta. nós usamos esse tempo para fazer uma estimativa de renúncia não prevista no Orçamento que compromete os objetivos pretendidos. Então, nós vamos levar ao conhecimento dele”, disse Haddad nesta segunda-feira (15).

O titular da pasta econômica salientou que há “uma expectativa boa” para o encontro, agendado para as 18h desta segunda, na Residência Oficial da Presidência do Senado. Além de Haddad e Pacheco, estará presente o líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA).

O governo editou, no fim do ano passado, uma Medida Provisória (MP) que estabelece a reoneração gradual da folha de pagamento para 17 setores da economia.

About The Author