Governo Fátima faz terrorismo no Alecrim


De acordo com informações, a governadora Fátima pediu para que o pessoal do PROCON fosse nas lojas do Alecrim tocar terror nos comerciantes, que estariam funcionando e não eram atividades essenciais. Mas devemos alertar a Fátima, que toda a atividade que gere renda e emprego é essencial. Falta no governo organização para definir um calendário para a volta gradual do comércio.

DEMISSÕES

Enquanto o governo não se situa, a onda de quebradeira é generalizada, e atinge seu ápice no estado do RN. Os decretos da Governadora Fátima travam a economia e não impedem o avanço do coronavírus. A falta de noção desse governo é tão grande, que eles nem sequer tem um plano de abertura gradual do comércio, pois o vírus é uma realidade que todos temos que conviver.

PERSEGUIÇÃO

Chega ao nosso site, que a onda de perseguições pelo governo Fátima aos comerciantes é grande. Parece que o governo quer que todo o comércio mergulhe em um verdadeiro caos.

OS EFEITOS DO CORONAFÁTIMA

No RN, os efeitos do coronavírus ainda são tímidos, mas os efeitos do desgoverno do coronafátima são devastadores, e são sentidos por muitos pais de Família, que estão vendo seus negócios desabarem pela falta de planejamento no governo. Ao invés de tentar acalmar a população, o Secretário de Saúde vai aos meios de impressa anunciar que teríamos mais de 10 mil mortes. Já o subsecretário chegou a afirmar que o governo iria fechar tudo: “LOCKDOWN”. Mas vendo a revolta do povo, o governo voltou atrás. Sem representatividade, os empresários enfrentam uma crise sem limites, que é cada vez mais impulsionada pelo coronafátima.