Governador petista admite que sem reforma estados estarão em colapso

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala à imprensa sobre a proposta de reforma da Previdência dos militares, entregue pelo presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

Wellington Dias, governador petista do Piauí, disse ao site Metrópoles que se não houver reforma da Previdência, pelo menos 19 estados entrarão em colapso até 2022.

O governador, no entanto, deixou claro que é contrário ao texto da reforma apresentado pelo governo.

“Não estou falando de muito tempo não. Estou falando de agora. E não é só a questão da Previdência. Tem que ter Previdência e tem que ter a capacidade de fazer a economia crescer”, disse.

“O caminho é uma proposta do Congresso [para a Previdência]. Disse isso, esta semana, ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e, na semana passada, ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e para um conjunto de líderes, inclusive do meu partido. O objetivo é alcançar o equilíbrio atuarial.”

Administrador

Deixe uma resposta