GELSON LIMA FOI FIGURA PÚBLICA PRESENTE NAS CAMPANHAS POLÍTICAS DOS ÚLTIMOS 30 ANOS EM MACAÍBA

Em 2016, Gelson Lima participou de sua última eleição para vereador. Numa caminhada final antes do dia da eleição, na Rua Dr. Pedro Velho, estava eu no Senadinho de Macaiba assistindo aquela passeata, quando ele passou, parou e me chamou para essa foto que ficará para a posteridade. Nela, é possível notar o espírito extrovertido do eterno presidente da Câmara Municipal de Macaiba. Gostava de fazer provocações divertidas, sempre visando articular apoios políticos. Aliás, essa era uma característica sua.


Em 1990, eu era concluinte do curso Magistério da então Escola Municipal Dr. Severiano. Foi nessa época que conheci Gelson Lima da Costa Neto, ainda sem mandato eletivo. Ele fazia parte do grupo político que apoiava o candidato a deputado estadual CACAU, ao lado do ex-prefeito Silvan Pessoa e do então vice-prefeito Chico Cobra. A minha turma buscava patrocínio para a tão sonhada placa de formatura, quando criamos uma comissão e mantivemos contato com o grupo político. De lá para cá, muita coisa aconteceu em minha vida: trabalhei na iniciativa privada, fui dirigente comunitário, repórter e professor/diretor.


No tempo em que era correspondente de O GRANDE NATAL e editava o extinto AUDÁCIA, pude constatar o quanto Gelson Lima era inquieto. Ele não era só um vereador. Ele vivia fazendo o que muitos não conseguem até hoje: bater na porta dos gabinetes das autoridades em busca de soluções para os problemas da nossa querida Macaiba! Em lados politicos opostos, tivemos nossas divergências, mas no final prevalecia o bom senso entre ambas as partes. Ultimamente, vinha concentrando seus esforços na luta pela escola profissionalizante de Mangabeira, a comunidade que não o esquecerá jamais, pois sempre foi um defensor implacável por benfeitorias para os moradores de lá.
No mais, a atual legislatura da Câmara Municipal de Macaiba se encerrará com melancolia e tristeza com o vazio deixado pela sua prematura partida.

Rômulo Estânrley