Foragido da Justiça cearense morre ao trocar tiros com policiais em Areia Branca; armas são apreendidas

Um foragido da Justiça cearense morreu na tarde desta segunda-feira, 11, ao trocar tiros com policiais civis da Delegacia de Areia Branca, na região da Costa Branca potiguar. A ação, que também envolveu policiais do Grupo Tático Operacional da PM, apreendeu duas armas de fogo (um revólver calibre 38 e uma espingarda), um colete balístico e aparelhos celulares.

De acordo com as investigações, uma organização criminosa estaria em Areia Branca com o objetivo de executar alguns “desafetos”. Os policiais civis, então, foram verificar a residência na qual os bandidos estariam escondidos. Ao chegar no local, foram recebidos a tiros. Foragido da Justiça, Mauro Jorge dos Santos foi atingido e socorrido ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a Polícia Civil, Mauro era procurado por crimes cometidos na cidade de Russas, no Ceará. Em desfavor dele havia mandados de prisão pela prática de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e roubo. Outros homens que estavam na residência conseguiram fugir do cerco policial.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

AGORA RN