FIQUE LIGADO: Oito exigências impedem acordo de paz entre russos e ucranianos - Informativo Atitude

FIQUE LIGADO: Oito exigências impedem acordo de paz entre russos e ucranianos

Russos e ucranianos seguem sem conseguir se entender, e a reunião dessa quinta-feira (10/3) entre os chefes da diplomacia russa, Sergey Lavrov, e ucraniana, Dmytro Kuleba, não terminou bem.

Lavrov reclamou do fornecimento de armas de países do Ocidente para a Ucrânia. Kuleba acusou a Rússia de planejar o ataque ao país e de dificultar as negociações e o socorro aos feridos.

Sem consenso, a reunião, realizada na Turquia, entrou para a lista de tentativas fracassadas. Já foram três encontros do tipo.

Para o leitor entender o que impede o acordo de paz, o Metrópoles listou as exigências de cada país para negociarem um cessar-fogo.

Vejas as condições russas:

  • Ucrânia se render militarmente;
  • Mudas a Constituição garantindo que nunca irá fazer parte da Otan;
  • Desistir de integrar a União Europeia;
  • Reconhecer a região da Crimeia, anexada em 2014, como território russo;
  • E reconhecer a independência de Donetsk e Lugansk.

Veja as condições ucranianas:

  • Criação e respeito aos corredores humanitários de fuga;
  • Cessar-fogo imediato;
  • Retirada das forças russas da Ucrânia.

Troca de acusações

Lavrov foi enfático na reunião. “A Ucrânia planejou um ataque às regiões separatistas de seu país, que são apoiadas pelo governo da Rússia”, alegou.