Feito Fátima Bezerra: Com terceirizados em greve, falta alimentação no Hospital Walfredo Gurgel - Informativo Atitude

Feito Fátima Bezerra: Com terceirizados em greve, falta alimentação no Hospital Walfredo Gurgel

Acompanhantes de pacientes e servidores do Hospital Walfredo Gurgel estão sem alimentação desde segunda-feira (20). O motivo é a greve dos funcionários que prestam serviço de alimentação terceirizada aos hospitais do Estado. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde-RN), essa categoria está com os salários atrasados desde agosto deste ano e também sem o auxílio transporte.

Por causa da greve, as equipes da empresa encontram-se reduzidas com apenas 30% dos funcionários trabalhando, fato que acarretou a falta de alimentação para servidores e acompanhantes da maior unidade hospitalar pública do RN.

“É desumano que um trabalhador da saúde assuma um plantão de 12h sem direito a se alimentar. É desumano, também, que um acompanhante de um paciente, muitas vezes, idosos vindos do interior do estado e enfrentando forte crise financeira não tenham direito à alimentação”, ressaltou o Sindsaúde, em nota.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) que foi feito um acordo de pagamento na segunda-feira (20) às empresas JMT e SAFE.  No entanto, a JMT está em tratativas que devem ser solucionadas ainda nesta terça-feira (21).

“Esse fato se deve ao atraso na entrega de documentação comprobatória da execução dos serviços e trâmites processuais entre a Sesap e as empresas, necessário para o pagamento. Nesse sentido, torna-se imprescindível que os funcionários retornem às atividades, evitando assim um prejuízo na assistência da população”, disse a Sesap.

Do Portal da Tropical