Em Parnamirim homem e espancado após atirar em prima

Um homem identificado como Júnior Lopes, 40 anos, foi espancado e preso após tentar matar sua prima, Maria Miscilene Lopes da Silva, 36. O caso aconteceu em Parnamirim, cidade da Grande Natal, na noite de quarta-feira (19).
De acordo com informações da Polícia Militar, o problema teria começado após Miscilene dizer que não venderia bebida alcoólica ao seu primo, alegando que ele ficava violento quando bebia. Júnior Lopes não gostou da negativa. E deixou o local avisando que voltaria.
Alguns minutos depois, cumpriu a promessa. Uma câmera de segurança registrou o momento que ele retornou ao bar da sua prima, faz um disparo para cima e outro na direção dela. Instantes antes disso acontecer, Miscilene estava com uma criança no braço e o vídeo mostra outras duas no local.
Em meio ao susto, dois homens que estavam no local partiram para cima de Júnior Lopes, que foi dominado e espancado. A polícia foi chamada ao local e o prendeu em flagrante como suspeito de tentativa de homicídio e também por porte ilegal de arma.
O homem espancado e preso em Parnamirim não foi levado à delegacia: devido aos ferimentos, ele está internado no hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim. Sua prima, também. O segundo disparo atingiu a nádega dela. Ambos têm estado se saúde considerado estável e não correm risco de morrer.