Cortou pênis do marido: mulher diz que foi perdoada e pede liberdade - Informativo Atitude

Cortou pênis do marido: mulher diz que foi perdoada e pede liberdade

Foto: Reprodução

A defesa da cozinheira, Daiane dos Santos Farias, de 34 anos, está presa por usar uma navalha para cortar o pênis do marido, entrou com pedido de liberdade provisória após o homem afirmar, em entrevista, que a perdoava.

O pedido, obtido pelo Metrópoles, foi apresentado à Justiça paulista na segunda-feira (8/1) e é assinado pelo advogado Lucas Scardino Fries, que representa a mulher. Ainda não há decisão.

“A vítima dos fatos confirmou o depoimento da acusada em entrevista e ainda disse que a perdoa”, escreveu o advogado, no documento, em que pede o fim da prisão temporária da investigada.

O defensor também alegou que o marido dela, Gilberto Nogueira de Oliveira, de 39 anos, recebeu alta médica no dia 24 de dezembro de 2023 e não corre mais risco de morte.

“Notadamente a decisão que decreta a prisão temporária está completamente esvaziada”, registrou.

Troca de nudes
Daiane cortou o pênis de Gilberto na madrugada do dia 22 de dezembro, em Atibaia, no interior paulista. Desde então, ela responde a inquérito por tentativa de homicídio.

Mãe de dois filhos, de oito e 18 anos, Daiane se apresentou na delegacia logo após cometer o crime. “Boa noite, moço. Eu vim me apresentar, porque eu acabei de cortar o pênis do meu marido”, disse, no balcão de atendimento.

Aos policiais, ela alegou ter descoberto que o seu marido, um homem de 39 anos, a havia traído com sua sobrinha de 15 anos.

O print da troca de nudes entre Gilberto e a sobrinha foi incluído nos autos. A imagem mostra que o marido enviou uma foto do próprio pênis para a adolescente e pediu: “Me manda uma dos seus peitos”. A jovem responde com uma foto sem blusa.

Metrópoles

About The Author