Educação Arquivo

Uma lei publicada no Diário Oficial do Rio Grande do Norte desta quinta-feira (23), permite que professores ativos das redes pública e privada do estado paguem meia entrada em eventos culturais.

Para ter acesso ao direito, o professor deve apresentar documento oficial com foto e contracheque atualizado que identifique a instituição em que trabalha, ou carteira de identidade de professor que identifique empregador, funcionário e cargo que ocupa.

Informações do G1 RN

Trinta vagas estão disponíveis na atividade, que é gratuita.

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SMCT), está com inscrições abertas para a II Oficina de Fotografia. As inscrições começam nesta quarta-feira (22) e vão até o dia 28 deste mês, no Centro de Cultura do município, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Os interessados devem comparecer ao local portando cópia da carteira da identidade e preencher um formulário que lhe será dado na ocasião.

A oficina é gratuita, será realizada duas vezes por semana no turno vespertino, sendo a duração total das ações um mês, com o início previsto para setembro. Trinta vagas estão disponíveis para inscrição e haverá entrega de certificado para os estudantes que concluírem a oficina. De acordo com Marcelo Augusto, secretário municipal de Cultura e Turismo “A ideia é que os estudantes desenvolvam um olhar crítico sobre o cotidiano a partir da experiência da oficina”, afirmou.

Durante as atividades, os estudantes farão exercícios de fotografia em vários pontos de Macaíba. Na última semana do mês de outubro, nas comemorações do aniversário do município, será realizada uma exposição com as fotografias. Mais informações sobre a oficina podem ser obtidas com a equipe da Secretaria de Cultura e Turismo, pelo número de telefone 3271-6562.

Assecom-PMM

Aula inaugural do Pronatec Mulheres Mil também é realizada.

A Prefeitura de Macaíba, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) realizou a entrega dos certificados das oficinas de geração de renda e promoveu a aula inaugural do programa Pronatec Mulheres Mil, na tarde desta terça-feira (21), no Centro do município.

O prefeito Fernando Cunha prestigiou o evento ao lado do presidente da Câmara de Vereadores, Gelson Lima, das vereadoras Socorro Nogueira e Rita de Cássia; da secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Andrea Carla Ferreira e de Mariana Monjardim Barbosa, coordenadora do programa Mulheres Mil na Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ).

Uma das pessoas beneficiadas pelas iniciativas é Anderson Aquino, 18 anos, morador do Vilar, que concluiu dez cursos de Educação a Distância. Após concluir as atividades, em pouco tempo conquistou uma vaga de emprego por intermédio do programa Acessuas Trabalho, da Prefeitura.

Sobre a importância dos cursos e oficinas, Anderson afirma: “Achei muito bom, aprendi muito e recomendo. O atendimento é maravilhoso e o espaço é muito bom. Trabalho como aprendiz em Macaíba e os cursos foram essenciais para isso”, disse. Trinta mulheres concluíram seis oficinas de geração de renda, sendo estas confecção de almofadas; corte e costura; tortas, doces e salgados, manicure, pedicure, biscuit e design de sobrancelhas.

Vinte e três pessoas concluíram os oito cursos de Educação a Distância oferecidos pela Prefeitura, sendo eles oratória, produção em informática, logística, oratória, mecânica descomplicada, administração financeira de pessoas, lógica e criatividade e língua portuguesa. Com relação ao Pronatec Mulheres Mil, o programa é realizado pela Prefeitura em parceria com a Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ). Três cursos de microempreendedorismo estão sendo oferecidos no Centro, em Cajazeiras, As Marias e Caracaxá.

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM

A Vila Olímpica de Macaíba sediou o encerramento das atividades do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), na manhã do último sábado (18). Mais de 100 profissionais da educação estiveram presentes na ocasião, entre eles, coordenadores, diretores, professores do programa Mais Educação e da educação infantil, do 1º ao 3º ano. A iniciativa faz parte da formação continuada de professores promovida pela Prefeitura de Macaíba.

O PNAIC é um compromisso firmado entre os governos Federal, Estadual e Municipal para atender a meta número 5 do Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê a alfabetização de todas as crianças até o final do 3º ano do ensino fundamental. Os professores alfabetizadores participaram de uma formação com carga horária de 180 horas.

Foto: Márcio Lucas

Assecom-PMM

A Instalação do Parque Tecnológico do Rio Grande do Norte (Potypark), no campus de Macaíba da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), foi o tema de reunião na manhã desta segunda-feira, 20, envolvendo a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, o secretário Extraordinário para Gestão de Projetos no RN, Vagner Araújo, o prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (Fapern), João Maria de Lima, o vice-reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo, além de membros da bancada federal do estado.

Planejado para desenvolvimento de polos de inovação e empreendedorismo nas áreas de energia eólica, solar, mineração, aquicultura, pesca, têxtil, fruticultura, turismo e serviços avançados, o Potypark está inserido dentro do contexto do Projeto Integrado de Desenvolvimento Sustentável do Rio Grande do Norte (RN Sustentável), financiado com recursos do Banco Mundial. O objetivo implícito que circunda a iniciativa é conquistar empresas e gerar empregos com base tecnológica.

Ângela Paiva explicou que a UFRN tem capacidade de infraestrutura, conhecimento científico e logística para dar suporte ao funcionamento do Parque Tecnológico do Estado. O secretário estadual também ressaltou que a opção pela instalação do Potypark dentro dos limites do campus da UFRN, em Macaíba, recebe aval e endosso dos técnicos do Banco Mundial, e que, na situação proposta, a universidade passa a liderar a concepção de inovação acadêmica e científica que está entrelaçada à ideia de instalação do Parque Tecnológico. O gestor estadual comprometeu-se a enviar os projetos de viabilidade para a UFRN, a qual analisará a pertinência, fazendo os encaminhamentos institucionais.

ASCOM – Reitoria/UFRN (Por Wilson Galvão)

Foto: Cícero Oliveira

A partir de hoje (20), estudantes interessados em concorrer a bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem fazer a inscrição pela internet. Ao todo serão ofertadas 106.252 bolsas que não foram preenchidas no processo de seleção regular, das quais 18.070 são integrais e 88.182, parciais de 50%.

O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior do país. Podem concorrer brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010. É preciso ter obtido nota superior a 450 pontos nas provas e não ter zerado a redação.

Os interessados precisam ainda preencher um ou mais dos seguintes requisitos: ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

As bolsas integrais são para estudantes com renda per capita de até um salário mínimo e meio. Já as bolsas parciais destinam-se a candidatos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos.

O prazo para concorrer às bolsas varia. Os alunos já matriculados nas instituições de educação superior devem se inscrever até 28 de setembro. Para aqueles para aqueles não matriculados, o prazo é menor e vai até 24 de agosto.

Informações e foto da Agência Brasil

Os cursos que ainda tem vagas são:

Rotinas Administrativas (Turmas no Centro e em Cajazeiras), Gestão de Logística (Turmas em Mangabeira e Pé do Galo), Operador de Telemarketing (Turmas no Centro, Mangabeira e As Marias), Operador de Caixa (Turma nos Guarapes e Campinas), Eletricista Residencial (Turmas no Centro e Reta Tabajara), Eletricista Predial (Turmas em Mangabeira e Guarapes), Pedreiro (Turma no Campo da Santa Cruz), Mecânica de Moto (Turmas em Traíras, Cana Brava e Centro), Corte e Costura (Turmas em Tabatinga e Caracaxá), Panificação (Centro) e Instalador de Vigilância Eletrônica (Turmas no Guarapes e Centro).

Tem interesse em participar de algum curso? Vá até a sede da Semtas, portando cópias do RG, CPF, Comprovante de Residência, NIS e Declaração de Escolaridade. A Secretaria fica localizada ao lado da Prefeitura.

As turmas de Rotinas Administrativas (Traíras), Operador de Caixa (Centro), Eletricista Predial (Centro), Eletricista Residencial (Vilar), Corte e Costura (Riacho do Sangue), Panificação (Centro – Turma quinta e sexta Manhã) estão fechadas e iniciam suas aulas a partir do dia 20 de agosto.

Caso tenha realizado inscrição em algum desses cursos, procure a Semtas ou ligue no 3271-6538 para mais informações.

Prefeitura de Macaíba (Via Facebook)

Distante 65 km de Natal e localizada em Macaíba, a comunidade quilombola de Capoeira dos Negros reúne cerca de 300 famílias que encaram, diariamente, os desafios da distância no acesso aos serviços básicos assegurados à população, especialmente na saúde. Frente às dificuldades encontradas na comunidade, Carolina Damásio, médica preceptora do Instituto Santos Dumont (ISD), observou a necessidade de melhorar a qualidade do pré-natal no quilombo, uma das principais reclamações dos moradores.

Assim nasceu o Projeto Barriguda, desenvolvido por meio da disciplina “Competência Cultural na Atenção à Saúde da Mulher quilombola”, ofertada semestralmente aos alunos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que também integra o projeto de mestrado em Ensino da Saúde, defendido pela preceptora no dia 25 de maio na própria comunidade.

A defesa foi a primeira fora do ambiente da UFRN e contou com a presença da banca formada por Henry de Holanda, reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e George Dantas, diretor da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte (EMCM/UFRN). Na ocasião, líderes da comunidade e a população feminina contemplada pelo projeto estiveram presentes, acompanhando o trabalho construído coletivamente com os moradores. A data marcou não somente as comemorações do Dia da África e o cotidiano dos quilombolas; foi especial também para Carolina Damásio, médica infectologista formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e, agora, também mestra em Ensino da Saúde, também pela Instituição.

Preceptora do Instituto Santos Dumont (ISD), a médica defendeu sua dissertação com base nos dados obtidos a partir da análise do Projeto Barriguda, que atua desde 2015, na Comunidade de Capoeiras. O local foi reconhecido como Comunidade Remanescente de Quilombo (CRQ) em 2007 pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Informações e foto do Portal da UFRN

Matéria completa: http://www.ufrn.br/imprensa/materias-especiais/18721/comunidade-quilombola-capoeiras-sedia-projeto-que-une-educacao-cultura-e-saude

O resultado da lista de espera do Programa Universidades para Todos (ProUni) do segundo semestre deste ano já está disponível. A relação dos selecionados foi divulgada hoje (2) pelo Ministério da Educação (MEC), e os candidatos devem procurar a instituição de ensino onde buscam vaga para conferir se seu nome está na lista.

De amanhã (3) até segunda-feira (6), os selecionados deverão apresentar na instituição à qual se candidataram documentação que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição.

A lista de espera é usada pelas instituições de ensino para ocupar as bolsas que não foram preenchidas na primeira e segunda chamadas do programa.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. Ao todo, nesse processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas – 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 1.431). No caso de bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos (R$ 2.862) por pessoa.

Informações e foto da Agência Brasil

No Brasil, metade dos professores não recomendaria a um jovem se tornar educador, por considerar a profissão desvalorizada, revela a pesquisa Profissão Docente, iniciativa da organização Todos Pela Educação e do Itaú Social.

De acordo com o levantamento feito pelo Ibope Inteligência em parceria com a rede Conhecimento Social, a maioria (78%) dos professores disse que escolheu a carreira principalmente por aspectos ligados à afinidade com a profissão. Entretanto,  33% dizem estar totalmente insatisfeitos com a atividade docente e apenas 21% estão totalmente satisfeitos.

Durante a pesquisa, foram entrevistados 2.160 profissionais da educação básica em redes públicas municipais e estaduais e da rede privada de todo o país, sobre temas como formação, trabalho e valorização da carreira. A amostra respeitou a proporção de docentes em cada rede, etapa de ensino e região do país, segundo dados do Censo Escolar da Educação Básica (MEC/Inep).

Informações e foto da Agência Brasil

Os estudantes que não foram pré-selecionados para as bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre de 2018 podem aderir à lista de espera a partir de hoje (30). A adesão deve ser feita no site do programa até amanhã (31). A lista de espera será usada pelas instituições de ensino para ocupar as bolsas que não foram preenchidas na primeira e segunda chamadas do ProUni.

A relação dos candidatos participantes da lista será divulgada no dia 2 de agosto. Os estudantes deverão comparecer à instituição de ensino entre os dias 3 e 6 de agosto para apresentar a documentação que comprove as informações prestadas no momento da inscrição.

Pode participar da lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção, o candidato não pré-selecionado nas chamadas regulares; o pré-selecionado na segunda opção de curso, reprovado por não formação de turma.

Para o curso correspondente à segunda opção, pode participar o candidato não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso; não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso; e o pré-selecionado na primeira opção de curso, reprovado por não formação de turma.

O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Ao todo, nesse processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições.

Agência Brasil

Proposta em análise na Câmara dos Deputados modifica a Constituição Federal para conceder isenção do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) a professores das redes pública e privada de ensino.

A alteração consta da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 404/18, do deputado licenciado Moisés Diniz (PCdoB-AC). O texto cria uma exceção no artigo constitucional que proíbe União, estados, Distrito Federal e municípios de conferir tratamento desigual a contribuintes que se encontrem em situação semelhante.

Ao justificar a mudança, Diniz argumenta que dar isenção do IRPF a professores “é fazer justiça com aqueles que abriram portas para formar as melhores mentes do Brasil”.

Segundo ele, o salário de docente no Brasil é, em média, 10% do que ganha um agente com carreira de Estado. “Os rendimentos dos professores no Brasil são a maior prova de incompetência dos agentes políticos das últimas gerações, considerando as desigualdades salariais e os pisos municipais”, opina.

Tramitação

A PEC será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) quanto à admissibilidade. Se aprovada, será examinada por comissão especial e votada pelo Plenário em dois turnos.

Agência Câmara Notícias

O Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) marcou para 2 de agosto o Dia D para discutir a Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio em 28 mil escolas públicas e privadas de todo o país. A consulta pública foi articulada em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o Conselho Nacional de Educação (CNE) com o objetivo de receber sugestões de mudança e melhoria no documento que estabelece as diretrizes comuns de ensino médio para o país.

A expectativa é que estudantes, gestores e cerca de 509 mil professores participem dos debates. As propostas apresentadas na etapa de escuta nas escolas serão organizadas e levadas para avaliação do CNE, que definirá as mudanças viáveis para implementação. A expectativa é que o processo de análise das propostas, aprovação e homologação da nova base curricular do ensino médio seja concluído ainda este ano.

O Consed disponibilizou em seu portal um material de apoio e orientação para as escolas, como vídeos, documentos de análise por área do conhecimento – ciências da natureza, ciências humanas, língua portuguesa, linguagens e matemática -, além de uma programação e roteiro de atividades para facilitar os debates. Os professores poderão expor suas dúvidas e sugestões no formulário que será liberado no portal do Conselho no dia 2 de agosto.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) referente à educação infantil e ao ensino fundamental foi homologada pelo MEC no final do ano passado. A Base estabelece os conteúdos mínimos que deverão ser ensinados em todas as escolas do país.

Informações e foto da Agência Brasil

O prazo para inscrição no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para vagas no segundo semestre deste ano foi prorrogado até as 23h59 desta terça-feira (24). As inscrições devem ser feitas na página do Fies na internet.

Com a extensão do prazo, o resultado da seleção do Fies será divulgado no dia 30 deste mês, em chamada única, e não mais no dia 27. Os candidatos pré-selecionados deverão complementar as informações da inscrição do dia 30 deste mês até 3 de agosto e, em seguida, fechar a contratação do financiamento.

Nesta edição do Fies, estão sendo ofertadas pelo menos 155 mil vagas, das quais 50 mil com juro zero.

Pode concorrer às vagas quem fez uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, teve média igual ou superior a 450 pontos e não tirou zero na redação. O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores de instituições privadas que tenham avaliação positiva do Ministério da Educação (MEC).

De acordo com o MEC, o prazo de inscrição foi prorrogado porque o Departamento de Tecnologia da Informação do ministério identificou problemas no sistema no dia seguinte ao início das inscrições. A falha foi corrigida, e os estudantes atingidos foram comunicados, mas o MEC decidiu ampliar o prazo para que ninguém fosse prejudicado.

Informações e foto da Agência Brasil

A leitura é um direito de todos, inclusive de quem não enxerga. No Brasil, segundo o IBGE, existem mais de 520 mil cegos, além de 6 milhões de pessoas com baixa visão.

A Fundação Dorina Nowill produz livros em braile e distribui de graça para pessoas com deficiência visual, para escolas, associações, bibliotecas e organizações em todo país.

Além do livro em braile, existem outras alternativas como o livro falado, o digital.

E a lei é clara ao dizer que poder público deve adotar mecanismos de incentivo à produção, à edição, à difusão, à distribuição e à comercialização de livros em formatos acessíveis.

Desde o dia 13 de junho está em vigor a Política Nacional de Leitura e Escrita com estratégias que devem contribuir para a universalização do direito ao acesso ao livro, à leitura, à escrita, à literatura e às bibliotecas.

Hoje o Brasil ocupa o a posição 59 em leitura entre 76 países, como mostra o Pisa, programa Internacional de Avaliação de Alunos, aplicado em estudantes a partir do 7º ano.

Informações da Rádioagência Nacional

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) promoveu o encerramento da oficina de doces e salgados, para 25 mulheres da comunidade As Marias, na tarde de ontem (19), na comunidade. O prefeito Fernando Cunha esteve presente no local ao lado da secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Andrea Carla Ferreira.

Ao todo 150 mulheres participam das oficinas de geração de renda, que estão na reta final de aulas, sendo os outros cursos oferecidos corte e costura, biscuit, design de sobrancelhas, manicure e pedicure e confeccção de almofadas. Elas são oferecidas no distrito de Cajazeiras, nas comunidades rurais Caracaxá e Lagoa dos Cavalos e as duas últimas no Centro do município, respectivamente. O encerramento de todas as atividades está previsto para o próximo dia 25.

Foto: Márcio Lucas

Assecom-PMM

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio da Escola de Música, está com inscrições abertas para os seguintes cursos técnicos: canto, processos fonográficos, instrumento e regência.

Serão ofertadas 107 vagas de acordo com o quadro demonstrativo das modalidades das vagas, disponível no edital. Desse total, 50% das vagas são destinadas para os candidatos que cursaram, integralmente, o Ensino Fundamental em escolas públicas.

As inscrições são realizadas por meio do site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) e estão disponíveis até 6 de agosto. A taxa de inscrição para participação é de R$ 30.

Agecom/UFRN

As escolas municipais de Macaíba de estão recebendo novos equipamentos. Mais de 4 mil novas carteiras, dezenas de mesas para professores, mesas acessíveis para estudantes com necessidades especiais, entre outros materiais, estão sendo distribuídos, beneficiando os estudantes do ensino fundamental macaibense.

Prefeitura de Macaíba (Via Instagram)

Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta terça-feira (10), o edital do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre de 2018. As inscrições começam no próximo dia 16 e encerram-se no dia 22 de julho. Os interessados devem se inscrever exclusivamente pelo site do Fies Seleção.

Quem pode concorrer

Além da comprovação da renda, o candidato deve ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos e nota maior que zero na redação. Durante o curso, o estudante deve ter rendimento para ser aprovado em todas as matérias.

Diferença entre as modalidades

O Novo Fies divide o programa em três modalidades, oferecendo uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Na primeira modalidade, direcionada para alunos cuja renda familiar mensal é de até três salários mínimos, o financiamento é feito diretamente pelo governo, com juro zero. O programa tem o auxílio do Fundo Garantidor, composto por verbas da União e das Instituições de Ensino. O financiamento, nesse caso, é de, no mínimo, 50% do curso e, no máximo, R$ 42 mil por semestre. O estudante começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda.

As duas outras modalidades, chamadas de Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), são voltadas para quem tem renda renda per capita mensal entre três e cinco salários mínimos. O financiamento é oferecido pelas instituições financeiras. Como elas têm recursos públicos, são capazes de ofertar um valor mais barato que o mercado, porém mais caro que o da modalidade I.

A modalidade II é utilizada nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e a fonte de financiamento são os Fundos Constitucionais. Na terceira modalidade, para as demais regiões, os recursos são do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Portal Brasil

Foto: Agência Brasil

Encerra hoje (10) o prazo para os candidatos pré-selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre de 2018 comprovarem as informações prestadas no ato de inscrição. A comprovação é feita na instituição de ensino com a apresentação de documentos.

A lista dos pré-selecionados foi divulgada no último dia (2). A pré-seleção assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa. Quem está na lista deve comparecer à instituição de ensino e apresentar os documentos necessários. A lista com a documentação pode ser consultada na página do ProUni.

O candidato deve verificar, na instituição para o qual foi selecionado, os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato.

O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 16 de julho.

Informações e foto da Agência Brasil