Curiosidades Arquivo

Imagem: Pixabay

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quarta-feira (20), a partir das 14h, o julgamento da ação protocolada pelo PPS pedindo a criminalização da homofobia, que é o preconceito contra o público lésbico, gay e transexual, por exemplo.

O julgamento começou na semana passada, na quarta-feira, e foi retomado na quinta, mas foi suspenso após a primeira parte do voto do relator, ministro Celso de Mello.

Já falaram os advogados das partes e especialistas no assunto.

Até o momento, o ministro reconheceu a omissão do Congresso Nacional ao não criminalizar a homofobia desde a promulgação de Constituição, em 1988.

Celso de Mello entendeu que há inércia do Congresso ao não aprovar uma lei para proteger a comunidade LGBT de agressões e preconceitos. Com isso, a Corte poderá estabelecer um prazo para o Congresso aprovar uma lei sobre o assunto.

Hoje, o relator vai ler a parte final do voto e depois os ministros votam, inclusive  Edson Fachin, relator de outra ação sobre o tema.

Radioagência Nacional

A Vila Olímpica de Macaíba sediou a 1ª Etapa do Campeonato Estadual de Wrestling, que envolve luta olímpica e luta greco-romana, no último sábado (16). Na disputa, os estudantes Mário Roberto da Silva, Allana Rosileide da Silva, Luan Pereira da Silva e Abias da Silva Melo, garantiram vagas para o Campeonato Brasileiro Escolar de Wrestling, que será realizado em Palmas, capital do Tocantins em abril deste ano. Todos estudam na Escola Municipal José Mesquita, localizada na comunidade rural de Riacho do Sangue.

O Campeonato nacional oferta vaga para o Campeonato Mundial Escolar da mesma modalidade, que acontecerá na Hungria, em julho de 2019. Mais de 200 atletas de várias cidades do estado participaram da competição estadual na Vila Olímpica, nas categorias Infantil, Cadete, Júnior e Sênior, masculino e feminino.

Carlos Alexandre dos Santos Sobrinho, presidente da Federação Norterriograndense de Luta Olímpica, esteve presente no evento e destacou a parceria entre a Prefeitura e a Federação, além de enaltecer a importância do complexo poliesportivo. “Essa parceria vem dando certo há bons anos e agora conta com os atletas que estão se destacando nessa competição internacional”, disse.

“A Vila Olímpica é sensacional! Conheci ela desde o comecinho, desde as primeiras maquetes. É a única estrutura dentro do estado. A gestão está de parabéns. Todos os nossos eventos estaduais fazemos aqui, pela estrutura, pela visibilidade, pelo apoio e pelo trabalho realizado. O estado do Rio Grande do Norte deve muito a Prefeitura de Macaíba pelo complexo esportivo que talvez hoje seja um dos melhores do Brasil”, afirmou o presidente.

Pais e professores enaltecem a Vila Olímpica

O maior complexo poliesportivo do estado também foi enaltecido por Milene Martins da Silva, 39, moradora de Macau e mãe dos jovens Ernesto, Jonathan e tia de Felipe, atletas do município da costa salineira do estado. “O espaço é excelente. A gente se sente acomodado, muito tranquilo e tem espaço para tudo. É um orgulho para toda mãe ver seus filhos competindo. Ganhando ou não eles são vencedores”, declarou.

Para, João Paulo Barbosa, professor de Educação Física também de Macau, a Vila é um exemplo para todos os municípios. “É segunda vez que venho aqui. Segue como exemplo as demais cidades, fomentar as modalidades esportivas. O prefeito segue como exemplo para as outras cidades do Rio Grande do Norte. Já andei por várias cidades do Brasil, municípios do interior e é a primeira vez que vejo um complexo do tamanho desse com society, futebol de campo, vôlei de praia. Segue como exemplo”, disse o professor.

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A projeção de instituições financeiras para o crescimento da economia, neste ano, foi levemente reduzida. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 2,50% para 2,48%.

Essa projeção é do Boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas pelo Banco Central com expectativas de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

Já para 2020, a projeção de crescimento do PIB subiu de 2,50% para 2,58%.

A previsão para inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) permaneceu em 3,87% neste ano. Para 2020, a previsão para o IPCA segue em 4%.

Radioagência Nacional

Foto: Geraldo Magela / Agência Senado

O senador Romário de Souza (Pode-RJ), ex-futebolista, avaliou que sua parceria política com o senador potiguar Styvenson Valentim (Pode-RN), dará tantos resultados positivos quanto a que teve com o ex-atacante Bebeto.

“Assim como deu certo a famosa dupla Romário e Bebeto, vai dar certo agora a dupla Romário e Styvenson”, disse o parlamentar.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado elegeu, por aclamação, na última quinta-feira, 14, Romário e Styvenson para presidente e vice-presidente do colegiado no biênio 2019-2020. A reunião foi conduzida pelo integrante mais idoso, senador Luis Carlos Heinze (PP-RS).

Militante das causas das pessoas com deficiência e de doenças raras, Romário garantiu que os temas continuarão a ser frequentes nos debates e nos projetos que passam pela CAS, mas frisou que os integrantes também precisarão discutir temas ligados aos povos indígenas e a questões de saúde e trabalhistas, assuntos em voga.

Vice-presidente eleito, Styvenson também lembrou que a comissão não poderá deixar de discutir a situação dos idosos brasileiros, especialmente no contexto da reforma da Previdência.

“Falamos de medicina, das necessidades especiais, das crianças, do esporte, mas não podemos esquecer da população que vai ser pauta com a reforma da Previdência, dos idosos. Estamos envelhecendo, então vamos envelhecer com qualidade de vida, vamos deixar registrado que essas pessoas não vão ficar esquecidas”, garantiu.

A próxima reunião do colegiado ficou agendada para o dia 20, a partir das 9h.

Agora RN

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro e a equipe econômica do governo decidiram que a proposta de reforma da Previdência fixará uma idade mínima de 65 anos para aposentadoria de homens e 62 anos para mulheres, com um período de transição de 12 anos. A proposta de reforma do sistema previdenciário será encaminhada ao Congresso na próxima quarta-feira (20).

As informações são do secretário especial de Previdência, Rogério Marinho, ao final da reunião com o presidente, no Palácio da Alvorada. Foram cerca de duas horas de reunião, com a participação dos ministros da Economia, Paulo Guedes; da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; e da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz.

Marinho disse que a equipe econômica defendeu uma idade mínima de 65 anos para homens e para mulheres. Já o presidente discordava da idade mínima das mulheres: queria 60 anos. Além disso, o tempo de transição desejado pelos economistas era de dez anos, algo também negociado por Bolsonaro, que queria 20 anos de transição. No final, o consenso ficou em 12 anos.

Agência Brasil

Agostinho: O objetivo é implementar uma política de combate à lavagem de dinheiro a ser adotada por agremiações e partidos políticos. Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei 72/19 obriga partidos políticos a manter registro de todas as transações financeiras e a prestar informações ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre suas finanças.

A proposta altera a Lei de Lavagem de Dinheiro (9.613/98), que impõe obrigações de registro de cadastro de clientes e de operações financeiras, além do dever de transparência, a instituições financeiras, seguradoras, administradoras de cartões de crédito, joalherias, galerias de arte, empresas de bens de luxo, entre outras empresas.

O autor do projeto, deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP), afirma que a intenção é combater a lavagem de dinheiro eleitoral, conhecida como “caixa dois”. “A Operação Lava Jato apontou que as atividades desenvolvidas pelos partidos políticos, muitas vezes, podem servir para ocultar, dissimular e utilizar recursos financeiros advindos de práticas criminosas”.

Agostinho argumenta que a mudança legislativa pode, como no setor privado, impor sanções ao partido que não adotar políticas contra a lavagem de dinheiro de maneira consistente.

Tramitação

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Comissão e Justiça e de Cidadania.

Agência Câmara Notícias

Presidente Jair Bolsonaro, após alta, durante saída do Hospital Albert Einstein. Foto: Presidência da República/Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta médica e deixou o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, às 12h20 de hoje (13). Cerca de dez carros, acompanhados de batedores da Polícia do Exército e carros da Rota fizeram a segurança do presidente. Um helicóptero da Polícia Militar também auxiliou na segurança. O presidente foi para o Aeroporto de Congonhas de onde segue para Brasília, na companhia da primeira-dama, Michele Bolsonaro.

De acordo com o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, na capital federal o presidente deve ir direto para o Palácio da Alvorada e não há previsão de compromissos hoje (13) à tarde.

Segundo o último boletim médico, de hoje (13), “ele recebeu alta com o quadro pulmonar normalizado, sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral.”

Ele segue uma dieta leve e com suplemento nutricional. Bolsonaro estava internado desde o dia 27 de janeiro, para a retirada da bolsa de colostomia e a reconstrução do trânsito intestinal.

Após os 17 dias de internação, o presidente passará por um período de descanso e, lentamente, vai retomar os compromissos, de acordo com a autoavaliação de seu bem-estar, informou o porta-voz. Bolsonaro será acompanhado pela equipe médica da Presidência, com enfermeiros e fisioterapeutas.

O porta-voz Rêgo Barros ainda desmentiu boatos postados nas redes sociais sobre a incidência de câncer, infecção hospitalar e outras complicações que não sejam normais no tipo de cirurgia a que Bolsonaro foi submetido.

EBC

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Cereais, leguminosas e oleaginosas devem ter uma safra 1,9% maior neste ano em comparação com o ano passado, o que representa uma produção de 230,7 milhões de toneladas. A estimativa foi divulgada nesta terça-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A expectativa do órgão é que a colheita de grãos seja a segunda maior da história, atrás apenas do recorde de 2017, quando a produção atingiu um recorde de 240,6 milhões de toneladas.

Em 2019, a área de colheita deve ser 2% superior ao registrado no ano passado, totalizando 62,1 milhões de hectares. Segundo o levantamento, produtos como o arroz, milho e a soja devem ser os itens com maior crescimento na safra deste ano.

Portal Brasil

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar hoje (13) uma ação protocolada pelo PPS para criminalizar a homofobia, que é caracterizada pelo preconceito contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais). Em tramitação na Corte desde 2013, a ação é relatado pelo ministro Celso de Mello.

Ontem (12), o presidente do Supremo, Dias Toffoli, recebeu integrantes das comunidades evangélica e LGBT. A Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) 26, ajuizada pelo PPS, pede a equiparação da homofobia e transfobia ao crime de racismo.

“Todas as formas de homofobia e transfobia devem ser punidas com o mesmo rigor aplicado atualmente pela Lei de Racismo, sob pena de hierarquização de opressões decorrentes da punição mais severa de determinada opressão relativamente à outra”, diz a ação.

Em outra ação, que será analisada em conjunto com a do PPS, um mandado de injunção, a ABGLT, pede que o Supremo reconheça ser um crime específico de homofobia.

Regras

Os ministros devem definir se a Suprema Corte pode criar regras temporárias para punir agressores do público LGBT, até a votação de um projeto que trata sobre o tema no Congresso Nacional.

Pelo atual ordenamento jurídico, a tipificação de crimes cabe ao Poder Legislativo, responsável pela criação das leis.

Tifipicação

O crime de homofobia não está tipificado na legislação penal brasileira. Nos casos envolvendo agressões contra homossexuais, a conduta é tratada como lesão corporal, tentativa de homicídio ou ofensa moral.

No entendimento do partido, a minoria LGBT deve ser incluída no conceito de “raça social” e os agressores punidos na forma do crime de racismo.

Agência Brasil

Foto: Divulgação/ Presidência da República

O quadro de saúde do presidente Jair Bolsonaro evoluiu e ele recebeu alta da UTI nesta segunda-feira (11), sendo transferido para um quarto do hospital Albert Einstein.

De acordo com o porta-voz Rêgo Barros, o presidente passou por tomografia que revelou a melhoria da pneumonia.

Ele não apresenta dor ou febre e vai receber uma dieta leve.

Apesar da melhora ainda não há previsão de alta.

Radioagência Nacional

O Brasil chegou na rodada final do campeonato sul-americano Sub-20 sabendo que precisava ganhar da Argentina e contar com resultados favoráveis nos dois primeiros jogos da noite.

No primeiro, o Uruguai não conseguiu derrotar a Colômbia e o empate de 0 a 0 deixou o Brasil ainda no páreo mas com uma tarefa mais dificil. Precisava ganhar da Argentina por 3 gols de diferença.

O segundo jogo poderia liquidar com as esperanças brasileiras se a Venezuela, vice-campeã mundial há dois anos, conseguisse derrotar o Equador.  Logo nos primeiros minutos, o Equador abriu o placar e no final venceu por 3×0 e ficou esperando um tropeço da Argentina no jogo final.

A Confederação Sul-Americana modificou a rodada deixando Argentina e Brasil para encerrar o campeonato. O Brasil entrou com a obrigação de conseguir ganhar com 3 gols de diferença e a Argentina precisando de um simples empate para ser a campeã sul-americana. O Brasil fez o seu melhor jogo, conseguiu fazer 1×0 no final do primeiro tempo. No segundo tempo duas frustrações: os argentinos não conseguiram empatar e o Brasil não saiu do 1×0.

No final, o Equador comemorou o título inédito com dois times decepcionados dentro de campo. Equador, Argentina e Uruguai vão disputar os Jogos Pan-Americanos e ao lado da Colômbia vão disputar o Mundial na Polônia em maio e junho.

O Equador terminou com 10 pontos ganhos. A Argentina ficou com segundo lugar com  9 pontos. O Uruguai em terceiro com 8. A Colômbia em quarto com 5 pontos, dois gols a favor e dois gols contra, saldo de zero. O Brasil ficou eom quinto com 5 pontos, ganhos 3 gols e favor e 5 contra, saldo negativo de dois gols. Em sexto a Venezuela, com 4 pontos ganhos.

EBC

Foto: EBC

Instituições financeiras reduziram pela quarta vez seguida a previsão para a inflação neste ano.

De acordo com pesquisa do Banco Central (BC), a estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou, desta vez, de 3,94% para 3,87%.

Para 2020, a previsão para o IPCA permanece em 4%. Para 2021 e 2022, também não houve alteração na estimativa, que é 3,75%.

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi mantida em 2,5%, em 2019 e nos próximos três anos.

Informações da Radioagência Nacional

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A comissão de juristas que trabalhou na modernização da Lei de Entorpecentes e do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (11.343/06) entregou na quinta-feira (7) ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, anteprojeto de lei que estabelece critérios objetivos para separar o usuário do traficante. O texto foca no combate ao tráfico internacional de entorpecentes e ao seu financiamento.

Criado em junho do ano passado por Maia, o colegiado percorreu o País para ouvir especialistas de visões diferentes, a fim de oferecer um texto que modernize a legislação antidrogas e auxilie a segurança pública.

Critérios objetivos

A fim de distinguir o usuário do traficante, o anteprojeto descriminaliza o uso de drogas para consumo próprio de até dez doses. Também pune de forma severa o tráfico internacional e o seu financiamento e abranda a pena para o pequeno traficante e os “mulas” – indivíduos que, conscientemente ou não, transportam drogas em seu corpo.

Uso pessoal

O relator da proposta, desembargador Ney de Barros Bello Filho, esclareceu que a medida não contempla a liberação, apenas descriminaliza o uso pessoal de uma quantidade de até dez doses, mas sem a legalização e legitimação da venda, do comércio e da produção. Ney Bello acrescentou que, dependendo da droga, cada dose tem um valor específico, e que isso será definido pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Agência Câmara Notícias

Matéria completa aqui: https://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SEGURANCA/572128-PROPOSTA-DE-JURISTAS-DESCRIMINALIZA-O-USO-DE-DROGAS-PARA-CONSUMO-PROPRIO.html

 

Com o resultado de 2018, indústria cresceu pelo segundo ano consecutivo, segundo IBGE – Foto: Arquivo EBC

A produção industrial encerrou o ano passado com crescimento disseminado nas regiões brasileiras. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 11 dos 15 locais pesquisados houve avanço, com uma média nacional de 1,1%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (8).

O resultado acompanha a trajetória de recuperação da indústria nacional, que cresceu pelo segundo ano consecutivo, após sofrer seguidas retrações durante os anos anteriores de recessão econômica.

Destaques

De acordo com o levantamento, os maiores crescimentos foram registrados no Pará (+9,6%), Rio Grande do Sul (+5,5%), Amazonas (+5,2%), Pernambuco (+4,1%), Santa Catarina (+4,0%), Paraná (+1,8%) e Rio de Janeiro (+1,8%). No ano, as únicas quedas foram registradas em Goiás (-4,5%), Minas Gerais (-1,0%), Espírito Santo (-0,9%) e Mato Grosso (-0,1%).

Resultado nacional

Com esse resultado, a média de crescimento nacional ficou em 1,1% em 2018, segundo ano seguido de crescimento industrial. Para 2019, a expectativa dos analistas ouvidos pelo Banco Central é que a indústria nacional avance 3,04%.

Portal Brasil

Condenado nesta semana pela segunda vez na Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso desde abril do ano passado, ainda terá de enfrentar uma série de julgamentos na Justiça brasileira.

Além dos casos do Tríplex em Guarujá (SP), no qual foi condenado na 1º e 2° instâncias e do Sítio de Atibaia (SP), sentenciado nesta semana, o ex-presidente é réu em outras cinco ações penais na Justiça Federal, além de recursos em tribunais superiores.

Entre as ações que tramitam contra o petista, a primeira está sob a responsabilidade da juíza Gabriela Hardt, que proferiu a sentença desta semana condenando Lula a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

O caso, que ainda aguarda decisão, trata das suspeitas de corrupção por meio da compra de um terreno em São Paulo no valor de R$ 12 milhões. O local seria usado para a construção de uma nova sede para o Instituto Lula.

As tratativas, segundo o Ministério Público, foram realizadas entre o ex-presidente e a empreiteira Odebrecht. Além do terreno, a empresa também teria comprado um apartamento em São Bernardo do Campo (SP), no mesmo prédio onde Lula vivia antes de ser preso. De acordo com as investigações, o apartamento seria utilizado para abrigar os seguranças do ex-presidente. Este processo está concluído para sentença e a decisão pode sair a qualquer momento.

Outra ação que também envolve o ex-presidente é o caso onde ele é acusado de receber propina no valor de R$ 1 milhão para intermediar negócios entre empresários brasileiros e a Guiné Equatorial, país do continente africano. Os pagamentos foram realizados por meio de doações ao Instituto Lula. O ex-presidente admite ter recebido as doações, mas nega que tenha feito favores aos empresários em contrapartida.

Lula também é réu em um terceiro processo, que corre na 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília. A ação faz parte dos desdobramentos das investigações da Operação Zelotes. As investigações apuram se Lula e o filho, Luís Cláudio, adotaram práticas irregulares na compra de 36 jatos de caça do modelo Gripen NG, produzidos pela fabricante sueca Saab. As suspeitas, de acordo com o MPF, são de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa, uma vez que Lula teria conseguido benefícios para o filho por meio das negociações.

Em outro processo, Lula é suspeito de ter recebido vantagens para editar uma Medida Provisória em 2009, que beneficiou a indústria automotiva. A medida deu isenção de alguns impostos a montadoras de veículos instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país.

O quinto e último processo que envolve o nome do ex-presidente investiga se o petista teria cometido os crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e corrupção ao ter, supostamente, pressionado o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES, para liberar empréstimos que financiaram obras da empreiteira em Angola. Os fatos, segundo o MPF, ocorreram entre os anos de 2008 e 2015.

O ex-presidente nega o envolvimento em todos os casos. Os advogados de Lula alegam que o petista sofre de perseguição política, jurídica e midiática.

Agência do Rádio Brasileiro

Um decreto assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues, nomeou o professor José Daniel Diniz Melo no cargo de reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

O documento datado da sexta-feira, 8, confere ao professor, que foi eleito com 8.988 votos o mandato à frente da reitoria da UFRN pelos próximos quatro anos a partir de 28 de maio deste ano.

No mês passado, houve um certo temor que o presidente não seguisse o resultado para a escolha de reitores de universidades. Contudo, no RN, ele confirmou a escolha do candidato mais votado pela comunidade universitária.

Agora RN

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre. Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, marcou reunião de líderes partidários para a próxima terça-feira (12) às 14h. Além de determinarem a pauta de votações, o grupo vai tratar também da Reforma da Previdência, que deve ser analisada primeiro na Câmara dos Deputados. De acordo com Davi, o “sentimento grande” dele e dos senadores é o de que a prioridade da Casa é a Reforma da Previdência

— Existem alguns senadores que querem, paralelamente às discussões da Câmara, já irem se reunindo com os líderes que estão tratando no assunto na Câmara para tentar adiantar o debate no Senado. E isso é muito bom porque mostra que queremos aprovar as reformas e votar os projetos importantes — ressaltou.

Agência Senado

Foto: Reprodução/Facebook

Devido a quadro isolado de febre na noite da última quarta-feira (6), o presidente da República, Jair Bolsonaro, foi submetido à tomografia de tórax e abdome que evidenciou imagem compatível com pneumonia. Para conter o quadro, foi realizado ajuste no antibiótico e mantidos os demais tratamentos. A informação foi repassada na tarde desta quinta-feira (7) pelo porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rêgo Barros.

De acordo com último boletim médico, a reconstrução do trânsito intestinal vem apresentando boa evolução. O presidente continua sem dor, com sonda nasogástrica, dreno no abdome e recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral.

Segundo o porta-voz, o presidente está disposto, caminhou pelos corredores do hospital duas vezes na parte da manhã e duas vezes na parte da tarde. “Ele estava muito bem e demonstrando aceitabilidade da ação das drogas. No que toca à questão abdominal, o avanço é natural”, ressaltou. Por orientação médica, as visitas seguem restritas.

Portal Planalto

MUDANÇA

Ex-prefeita Marília Dias já está de mudança para Macaíba. Segundo informações que chegam ao nosso site, a ex-prefeita já alugou uma casa nas proximidades do conjunto Auta de Souza. Com essa mudança, a ex-prefeita confirma seu nome como pré-candidata ao Executivo Municipal.

EM ORAÇÃO

Parece que o nosso Iluminado deu um verdadeiro mergulho. Segundo nossas fontes, Denílson estaria refletindo sobre algumas ações que envolveram o seu nome nos últimos meses. Para os mais íntimos, a receita do sucesso é orar e jejuar. Talvez o vereador esteja seguindo passo a passo essa receita.

AS AVENTURAS DE BOB FILHO

Não podemos negar que Bob é bem articulado e habilidoso com as palavras, como também que sua meta para 2020 é o Palácio Auta de Souza. Como podemos perceber, a oposição vem fechando apenas com um nome para 2020, e esse nome é o de Bob Filho. Mas, Bob ainda vai ter que brigar muito para assegurar esse espaço, pois algumas pessoas que ele atropelou no caminho podem ser um obstáculo em 2020.

PASSAGEM SECRETA

Essa semana fui abordado por Daniel, que de tão ansioso parecia estar chapado. Ele me abordou e perguntou:

– De quem foi a ideia de construir uma passagem secreta na Prefeitura?

Então, eu respondi calmamente: Bem amigo, se a passagem fosse secreta você não saberia a existência dela. Me dirigi ao meu carro mordendo a língua para não cair na risada.

A VOLTA DE MEU PRECIOSO

Após passar um tempo sendo ignorado pela oposição, “Meu Precioso” está de volta depois de alguns vereadores da oposição não estarem saindo bem na foto nos últimos dias.

NOVOS NOMES

Gerson Lima já é um nome de consenso da maioria dos vereadores habilidosos, o vereador sonha em terminar sua carreira política à frente do Palácio Auta de Souza.

NOVOS NOMES II

Empresario Fernando Alves ao lado da sua esposa Verruca

Outros nomes que vêm ganhando força são os do Vereador Netinho França e do empresário e médico Fernando Alves, embora ambos desconversem sobre uma possível disputa ao Executivo Municipal. Fernando Alves alega que ainda é cedo para fazer qualquer avaliação, mas deixou claro que a sucessão municipal passa pelo atual prefeito. Já Netinho sabe que seu nome está sendo cogitado, mas prefere dar tempo ao tempo, já que ele teria o possível acordo com Gerson.

METRALHADORA 

Na semana passada, um novo grupo oposicionista que está se formando deixou de fora qualquer possibilidade de apoiar a ex-prefeita Marília Dias. “Qualquer um, menos Marília. A mulher além de não falar coisa com coisa, parece uma metralhadora!”      

Foto: Facebook/Reprodução

Uma deputada recém-empossada no estado de Santa Catarina tem chamado a atenção dos internautas pela maneira como se vestiu durante a cerimônia de sua posse em 1º de fevereiro. Inclusive, a parlamentar foi alvo de diversos ataques machistas nas redes sociais, que por questões de ética não iremos publicar em nosso blog.

A deputada em questão se chama Ana Paula Silva e é filiada ao PDT. Mesmo com a polêmica, a deputada afirmou à imprensa que vai continuar usando esse tipo de vestimenta. A própria Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) emitiu uma nota em defesa de Ana Paula, que diz:

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina repudia os comentários misóginos feitos em relação à deputada Ana Paula da Silva, a Paulinha (PDT). Reforçamos que este tipo de visão não cabe mais em uma sociedade diversa, onde todo cidadão tem o direito de se expressar. E que o ataque a qualquer parlamentar é também um ataque ao Parlamento e, por consequência, à democracia”.