Politica Arquivo

henriquealvess2

PMDB

Se, em 2013, alguém me dissesse que o PMDB estaria, dois anos depois, num processo de “apequenamento” tão grande quanto este, tendo que aderir ao governo de Carlos Eduardo e abrir mão da candidatura própria a Prefeitura de Natal, eu não acreditaria. O Diretório Estadual tinha o presidente da Câmara Federal, terceiro homem da República; o ministro da Previdência Social; cinco deputados estaduais; três vereadores em Natal; mais de uma centena de prefeitos no Rio Grande do Norte e havia saído, fortalecido, de uma disputa aparentemente fácil (para Carlos Eduardo) pela Prefeitura de Natal.

PMDB II

garibaldi11

Para 2015, tudo mudou. Derrotado na disputa pelo Governo do Estado, fora da gestão federal e sem a Federação dos Municípios (presidida há anos pelo braço direito dele, Benes Leocádio), Henrique Alves se viu sem espaço para acomodar os seus e passou ocupar os gabinetes de Walter Alves e Garibaldi Filho.

PMDB III

Garibaldi, por sua vez, aceitou abrir mão de disputar a Presidência do Senado na tentativa de ganhar apoio do PMDB na indicação de Henrique para o Ministério do Turismo, diminuindo a “sofrência” do ex-candidato a governador do Estado.

PMDB IV

E o pior é que o cenário que se desenha para o PMDB no RN não é dos melhores. Sem disputar a Prefeitura de Natal para apoiar o PDT, a sigla poderá chegar ainda mais fraca para a disputa pelo Governo do Estado em 2018. E talvez não dispute, sendo engolida, talvez, por um Carlos Eduardo forte pela reeleição em 2016, forçando um arranjo para colocar Henrique como deputado federal e Walter voltando a Assembleia ou na condição de vice do primo segundo. Se Carlos Eduardo perder em 2016, a situação fica ainda pior.

PMDB V

Diante disso, o clima do PMDB é de incerteza. O futuro é incerto. E, quem diria, a família Alves poderia ter hoje o governador do Estado, aliado ao prefeito de Natal, a presidência da Femurn, um deputado federal, cinco estaduais e um senador candidato a presidência do Senado.

naruto

uyo67o6

Ciro Marques

Repórter de Política do Jornal de Hoje

No aspecto financeiro, as saídas de Betinho Rosado (PP), João Maia (PR), Paulo Wagner (PV) e Sandra Rosado (PSB), não foram das melhores para a Câmara Federal, em Brasília. Isso porque o trio aumento em mais de R$ 80 mil os gastos da cota indenizatória no segundo semestre deste ano se comparado com o mesmo período do ano anterior. Detalhe que em 2014, o segundo semestre quase não teve sessões plenárias e trabalho legislativo, devido às eleições e o recesso parlamentar.

A cota indenizatória é um valor disponibilizado pela Câmara Federal para que os deputados não tirem dos seus bolsos os gastos inerentes a atividade parlamentar. Dessa forma, é somada à utilização da cota os gastos com aluguel de veículos, gasolina, passagem de avião, manutenção de escritórios, consultoria, alimentação e, até, divulgação da atividade parlamentar.

Geralmente, essas despesas somam, todo mês, cerca de R$ 30 mil. Por isso, chamou a atenção o mês de dezembro, quando o deputado João Maia gastou quase R$ 124 mil da cota indenizatória, tendo uma despesa com divulgação parlamentar que se aproximou dos R$ 80 mil. E não foi só. Durante todo o segundo semestre, o presidente estadual do PR gastou R$ 240 mil da cota indenizatória, mesmo tendo comparecido a poucas sessões plenárias (foi apenas uma em dezembro). No ano passado, apesar da atividade parlamentar ter sido bem mais “intensa”, João Maia gastou “apenas” R$ 218 mil. Ler mais…

tumblr_li5vnpzC841qeirb0_thumb[3]Do Blog Robson Pires: Dezesseis prefeituras do Rio Grande do Norte registraram, pela segunda vez em 2015, saldo zero nas respectivas contas bancárias destinadas à movimentação dos recursos oriundos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Na primeira parcela, depositada no dia 9 passado, um total de 38 prefeituras havia ficado com saldo zero. A primeira parcela do FPM deste mês janeiro ficou 31,5 por cento abaixo da primeira parcela de janeiro de 2014.

Os recursos referentes à segunda parcela do FPM de 2015 foram depositados pela Secretaria do Tesouro Nacional na noite de ontem, 19, nas contas das prefeituras. O saldo zero é registrado quando, deduzidas as contribuições para as áreas da Saúde, Educação e Pasep, os recursos são insuficientes para arcar com as contribuições previdenciárias.

Ficaram com saldo zero pela segunda vez em janeiro as prefeituras dos seguintes municípios: Alto do Rodrigues, Areia Branca, Baraúna, Canguaretama, Extremoz, Governador Dix-sept Rosado, João Câmara, Maxaranguape, Nísia Floresta, Parnamirim, Pedro Avelino, Pedro Velho, Pendências, Pureza, Santo Antônio e São José de Mipibu.

promo-frete-gratis-2014-loja

Foto: Sérgio Costa / Portal BO

Um presidiário foi preso, na noite de segunda-feira (19), na avenida Tomaz Landim, no bairro Igapó, após ser flagrado pela polícia de posse de uma arma de fogo municiada. Wedson Bruno Costa, de 23 anos, cumpre pena por assalto, mas recebeu o indulto natalino, tendo a Justiça permitido que ele passasse o Natal com a família, no entanto, Wedson não voltou para a cadeia.

De acordo com o sargento Eclésio Silva, da Força Tática do 4º Batalhão da Polícia Militar, o presidiário mentiu quando foi abordado, informando que tinha saído da cadeia por força de um alvará de soltura. “Ele pensou que poderia se livrar da prisão, do lugar de onde não deveria ter saído. Quando chegamos à delegacia foi feita uma averiguação e constatamos que ele era considerado preso e que deveria ter voltado no primeiro dia do mês de janeiro”, disse.

O homem preso relatou a reportagem que usava uma arma para se proteger de criminosos, principalmente de assaltantes. “Estamos vivendo com muita violência e por esse motivo eu ando armado para me proteger de ladrões. Não devo nada a justiça e por isso não poso mais ficar preso” explicou.

O delegado Natanion de Freitas disse que autuou Wedson por porte ilegal de arma e em seguida encaminhou o presidiário a cadeia pública de Natal, no bairro Potengi, zona Norte da capital do Estado.

Fonte: Portal BO

naruto

robinsonalecrim

Uma procissão realizada no Alecrim em Natal encerrou as comemorações em torno do padroeiro do bairro, São Sebastião. O tradicional cortejo realizado na tarde desta terça-feira (20) percorreu algumas das principais ruas e reuniu cerca de 30 mil fiéis. O Governador Robinson Faria prestigiou o evento e foi acompanhado pelo presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte, Ney Lopes Júnior, e do vereador Hugo Manso.

A edição de 2015 da festa comemorada há 60 anos teve como tema “A exemplo de São Sebastião testemunhamos a alegria do Evangelho” e foi encerrada oficialmente com a missa na igreja matriz de São Sebastião. O governador Robinson Faria falou sobre a procissão. “Venho todo ano e a festa está cada vez mais bonita, mais intensa e podemos ver que a cada ano aumenta a fé. O importante é que o povo está mais confiante nessa caminhada”.

Detran

20150120032057_cv_IMPOSTOimagesCA18032R_gdeEm sua estratégia de recuperar a confiança da política econômica, o governo Dilma anunciou ontem quatro medidas de elevação de tributos, que vão gerar neste ano R$ 20,6 bilhões para reequilibrar as contas públicas. A novidade foi o aumento de imposto sobre operações de crédito da pessoa física, que havia sido reduzido em 2012 para estimular o consumo e aquecer a economia.

Em reunião pela manhã no Planalto, Dilma atendeu ao pedido de seu ministro Joaquim Levy (Fazenda), que desejava chegar ao encontro do Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça), nesta semana, já com as medidas tributárias adotadas.

naruto

francisco-jose-robinson

VITÓRIA

A vitória de Francisco José Júnior na disputa pela Presidência da Femurn representa uma mudança significativa na política potiguar. Mais uma, ressalta-se. Afinal, após anos na direção da Federação, Benes Leocádio, um dos principais apadrinhados políticos de Henrique Eduardo Alves, deixa o cargo e enfraquece ainda mais a base do PMDB no RN.

VITÓRIA II

Enquanto isso, a vitória de Francisco José Júnior dá mais força para o novo governador Robinson Faria e, também, a senadora eleita Fátima Bezerra. Agora é aguardar que ele coloque em prática as promessas de campanha, como a consultoria para a elaboração de projetos no interior do Estado. Essa é a dificuldade que muitos municípios atravessam para conseguir recursos federais.

VITÓRIA III

E quem diria que o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, hoje, seria prefeito da maior cidade do Estado, um dos principais aliados do governador eleito e presidente da Federação dos Municípios do RN? Afinal, para quem não lembra. Há pouco mais de um ano, Francisco José Jr era “só” presidente da Câmara Municipal de Mossoró.

promo-frete-gratis-2014-loja

IMG_0059.PNG

IMG_0060.PNG

O governador Robinson Faria participou, na noite deste domingo, da abertura do maior acampamento escoteiro do Brasil, o VI Jamboree Nacional, evento que acontece no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, e que reúne até sexta-feira, dia 16, 4.022 escoteiros do Brasil, Portugal, Chile e Estados Unidos.

“Recebi do presidente dos Escoteiros do Brasil, Marco Romeu, o título de Presidente de Honra dos Escoteiros do RN”, disse Robinson em suas redes sociais.
O governador e a primeira-dama, secretária de Assistência Social, Julianne Faria, receberem o lenço escoteiro, do presidente nacional da União dos Escoteiros do Brasil, Marco Romeu, e do presidente regional e do Rio Grande do Norte dos Escoteiros, Ivan Nascimento.
Eles fizeram o juramento e a oração dos escoteiro.

“Para mim, como governador, é uma alegria muito grande receber o lenço e falar para pessoas de todo o Brasil aqui no estado. Nosso governo está de portas abertas e dará todo o apoio nesse momento especial”, afirmou o governador.

Também participaram da abertura do encontro, o deputado federal Antônio Jácome, e os deputados estaduais Hermano Morais e Jacó Jácome.
Fotos Demis Roussos

Detran

http://blogs.portalnoar.com/alexmedeiros/wp-content/uploads/2015/01/charge1.jpgPor Alex Medeiros


A
histeria muçulmana é o avanço da cegueira sobre a razão. Já ocorreu em outros tempos quando o mundo era um arremedo de civilização. A inquisição apostólica e romana fez o mesmo. Todas as religiões nativas em solo americano foram dizimadas pelas hordas de padres e jesuítas. No Brasil, jogaram no baú do folclore o deus Tupã dos tupis. Reescrevo hoje um artigo publicado em junho de 2009.

Um representante do islamismo mentiu certa vez no Bom Dia Brasil – nas primeiras escaramuças contra chargistas europeus – dizendo que a reação teria sido a mesma se as charges fossem de Jesus, Moisés ou Abraão, todos considerados pelo livro sagrado muçulmano também profetas do deus uno, sendo Maomé o último a aportar entre os mortais. Mentiu. Jamais se ouviu qualquer indignação no Oriente por causa de chacotas com imagens dos cristãos.

Esse colunista não conteve as risadas quando viu a primeira vez o filmete escrachando a imagem de Cristo. Poderia muito bem ter sido feito com o Padre Pinto, o polêmico pároco da Lapinha que rebolou e sacolejou as lantejoulas tirando o sono dos bispos. O vídeo, bastante reproduzido, começa com um pôr do Sol de fundo, um ator na pele de Jesus meditando em primeiro plano e a abertura da famosa música “I Will Survive”, sucesso perpétuo da cantora Gloria Gaynor. Ler mais…

Foto: José Aldenir

Sobre as exonerações dos cargos comissionados, Claudio Santos disse que o foco é atender a determinação do CNJ no sentido de que o Tribunal de Justiça faça a adequação da ocupação desses cargos, os quais devem ser providos por, no mínimo, 50% de funcionários efetivos. “Isso é um prestígio para os funcionários de carreira”, lembrou. Ele explicou que foram exonerados apenas cargos de pessoas que não têm vínculo efetivo com o Poder Judiciário.

O presidente do TJRN ressaltou que os cortes do comissionados atingiram inicialmente apenas a estrutura administrativa do Tribunal de Justiça. Isso porque a adequação dos cargos comissionados na primeira instância pode desestruturar ainda mais o funcionamento dos serviços, uma vez que há uma carência de juízes e servidores nas comarcas do Estado – 35 das 65 comarcas existentes estão hoje sem juiz titular.

Rosalba Diabolica

O Tribunal de Contas do Estado definiu que o conselheiro/ex-deputado estadual Poti Júnior será o relator das contas do último ano da governadora Rosalba Ciarlini, quando ela quase não teve dinheiro para pagar o funcionalismo, cortou os repasses do duodécimo e deixou uma dívida milionária para a gestão seguinte. Vale lembrar que Poti foi um dos únicos a acompanhar o voto do relator Carlos Thompson pela reprovação das contas de Rosalba com relação ao exercício 2013.

Detran

Robinson assembelia

ASSEMBLEIA 

O governador eleito Robinson Faria não vai participar de articulação direta para a eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa. Pelo menos esse ano. O pai de Fábio vai ter um mês na condição de governador de fato e de direito, antes da disputa pela sucessão de Ricardo Motta. Ou seja: Em janeiro, o marido de Julianne bota seu time em campo; pronto para ganhar.

ARTICULAÇÃO

Até lá, os pretensos candidatos que esperam o apoio do futuro governador, deverão viabilizar candidaturas o conquistar apoios. Esperar que a vitória venha de cima para baixo não funciona. Tem que buscar a viabilidade eleitoral e o respaldo político.

naruto

Gesane-Comissao

Como toda campanha tem um Judas, essa não poderia ter sido diferente. Para quem não sabe Gesane Marinho, poderia ter renovado seu mandato como José Dias fez ou até mesmo lançado seu nome como vice-governadora, e ainda, na pior das hipóteses ser secretaria do atual governo, ate porque como todos nós sabemos, Gesane é deputada pelo PSD de Robinson Faria, mas toda espécie de acordo, conversa e entendimento teria sido tentada com a mesma. Mas nada disso funcionou, desiludida com o lançamento da campanha de Robinson, Gesane apostou tudo na campanha de Henrique Alves, traindo Robinson e seu sonho de governar o estado. Gesane perdeu seu mandato de deputada, foi derrotada em sua terra Natal, e pode ter até perdido a chance de assumir qualquer secretaria do  novo Governo.

mad

A Caixa Preta da Rosa

Rosalba2
Mesmo com todo o empenho da equipe de transição comandada pelo vice-governador Fabio Dantas, a governadora Rosalba Ciarlini ainda esconde muito segredos e mistérios em  sua caixa preta, que só será realmente aberta quando o governador eleito assumir em 1° de Janeiro.

Aliados

robinson-voto
Parece que o governador eleito Robinson Faria já conta com uma base aliada sólida e unificada para uma governabilidade tranquila e participativa na assembleia, base essa que estaria fazendo parte dois deputados do PMDB.

Aliados II

Segundo nossas fontes, a nova base de Robinson Faria estaria esperando o posicionamento do mesmo para a eleição da Assembleia. O mistério permanece! Quais serão os candidatos de Robinson para os cargos mais cobiçados, como presidência e 1° Secretaria?

DNA CENTER

carlos-x-hermano

O cenário que se desdenha em Natal é que o PMDB de Henrique Alves teria rachado com seu primo, o atual prefeito de Natal Carlos Eduardo. Isso se confirmou depois da declaração polemica de Hermano, dizendo que o compromisso do partido com Carlos Eduardo terminou com o fim do pleito de 2014, e ainda com o silencio de Henrique Alves, que não desmentiu a nota feita por Hermano.

naruto

http://informativoatitude.com.br/wp-content/uploads/2014/11/36.jpg

A avaliação de assessores diretos de Dilma Rousseff é que a presidente deveria contra-atacar já, não pode ficar na defensiva no caso da Operação Lava-Jato.

E o que é partir para o ataque quando escândalos de corrupção surgidos no seu governo e no de Lula pipocam a todo o momento?

A reação se daria em duas frentes.

A primeira é Dilma partir para declarações públicas, na linha da entrevista dada no fim de semana passado na Austrália, quando que o país vai mudar para sempre depois que a Lava-Jato chegar ao fim. E repisar o velho discurso de campanha de que é o seu governo que está desbaratando a corrupção.

Mas não é só isso.

Estuda-se também no Planalto reações mais diretas e objetivas. Por exemplo, a demissão imediata de José Carlos Consenza, sucessor de Paulo Roberto Costa na diretoria de Abastecimento da Petrobras e, nas relações com empreiteiros. Consenza foi citado por executivos de empreiteiras como continuador do esquema de Paulo Roberto.

Política não se faz sem vítimas. Cozenza pode ser a primeira.

Por Lauro Jardim

Detran