Blog Arquivo

Uma das testemunhas na investigação sobre a morte do empresário Ademar Miranda Neto foi executada na madrugada desta sexta-feira (19) em casa, após sua mãe ser espancada pelos assassinos. Luan Anderson Olinto da Silva, 24 anos, estava jantando na residência da sua família, na Rua Barbados, bairro de Nova esperança, em Parnamirim, quando dois homens armados chegaram ao local.

Ao ver a dupla, ele correu e se trancou em um quarto na casa. Do lado de fora, os dois homens começaram a torturar a mãe dele e avisaram que, se a porta não fosse aberta, ela morreria ali. Era por volta das 20h30. Luan atendeu à exigência. Ao abrir a porta, foi executado com vários tiros dentro do quarto onde tentou se salvar, na frente de pelo menos oito pessoas

O amplo desgaste imposto ao Supremo pela censura aos sites Crusoé e O Antagonista deixou sequelas que não serão sanadas pelo fim do impasse. Mesmo com a revogação da proibição impingida aos dois veículos, nesta quinta (18), integrantes do STF e dirigentes de partidos de esquerda e de direita tratam o caso como “tristíssimo e marcante”.

Os questionamentos à corte e a divisão de seus membros agravam a sensação, dizem os políticos, de que há vácuo de liderança e risco de acefalia no país.

O presidente de um partido de centro-direita faz o seguinte diagnóstico: o ordenamento do Brasil confere simbolicamente ao presidente da República o papel de baliza da nação. Desde o início do segundo mandato de Dilma Rousseff, ele avalia, esse sistema está desbalanceado.

Para o dirigente, a divisão política do país e a ascensão de Jair Bolsonaro agravaram o cenário. O Supremo, empurrado para o meio do ringue, sofre agora as fortes consequências.

Coluna Painel/Folha de S.Paulo

SEM RECUO

O delegado Normando Feitosa já está em campanha. Segundo seus seguidores, o delegado vai até o fim com o seu projeto. “Dessa vez não haverá recuo! Vou até o fim com a minha candidatura.”, teria afirmado o delegado.

NOVA CANDIDATA

Com a saída de Netinho quem assumiria o lugar do mesmo seria sua mãe, Maria José. O nome da mãe de Netinho foi cogitado em 2016, mas por motivos de saúde e atendendo um pedido do próprio filho, Maria recuou e Netinho saiu candidato. Com a candidatura de Netinho ao executivo municipal, não resta dúvidas que Maria José sairá candidata e é uma das pessoas hoje que tem uma cadeira certa na câmara.

NÃO DÁ MAIS PARA NEGAR

Apesar de ter se esquivado várias vezes, o vereador Netinho França é candidatíssimo a prefeito de Macaíba. Netinho hoje é o mais organizado nas redes sociais e mantém o corpo a corpo diário com a população, além disso, o filho de Luizinho não estaria mais negando que é candidato ao executivo municipal, até porque a essa altura do campeonato não dá mais para negar o que está evidente para todos.

CHANTAGISTA

Depois de ter enrolado a própria avó, um blogueiro que gosta de bancar o paladino, teria feito uma oferta de 100 mil reais para ficar caladinho. Segundo informações, essa extorsão teria sido feita nas eleições de 2018. Só que ninguém cedeu à pressão criminosa.

AFLITO

Bob Filho está aflito com as eleições de 2020. Segundo fontes, existe hoje um distanciamento entre ele e o Iluminado, que agora também estaria disposto a disputar com Bob o cargo de candidato a prefeito de Macaíba pela oposição.

PÉ NA ESTRADA

O pré-candidato a prefeito Auri Simplício, tem intensificando suas visitas e reuniões nos interiores. O vice-prefeito, já declarou que é candidatíssimo e já iniciou uma série de visitas com objetivo de angariar apoios para seu projeto político.

O MAIS FORTE

Para muitos, o presidente da Câmara Gerson Lima é o mais forte. Gerson conta hoje com seis vereadores que já fecharam com o seu nome como pré-candidato a prefeito. Ele também trouxe o Cavaleiro Solitário Igor Targino, e segundo rumores, Zeca Cunha pode ser o próximo que vai integrar o leque de alianças.

EMBATE NO PALÁCIO AUTA DE SOUZA

Gerson, Auri e Netinho são candidatos ligados diretamente ao Alto comando do Palácio Auta de Souza. Segundo o Alto comando, todas as candidaturas são legítimas, cabe agora aos candidatos mostrarem a viabilidade dos seus nomes ao executivo municipal.

RAINHA DA CONTRADIÇÃO

A ex-prefeita Marília Dias é realmente a rainha da contradição, diz que está aberta ao diálogo e as negociações, mas não aceita ser vice de ninguém. O que será que que a ela tem a ofertar além do seu título de ex-prefeita? Pois voto, ela já mostrou que não tem na campanha de 2018.

RAINHA DA CONTRADIÇÃO II

Ainda na entrevista, a ex-prefeita disse que não estava mais disposta a disputar as eleições para o executivo municipal em 2020, mas teria voltado atrás para atender um chamado popular.

NA BOCA DO POVO

Cada dia que passa, o nome dessa figura misteriosa vem ganhado força e respaldo popular quando questionamos se ele pode ser ou não candidato. Então, com uma voz serena e apaziguadora, ele respondeu: “Ainda é cedo para me manifestar, na verdade eu estou assustado com tudo isso, então vamos dar tempo ao tempo, afinal, o futuro a Deus pertence.”, finalizou essa figura que no momento prefere o anonimato.

PESQUISAS

Os candidatos da oposição e da situação tem que respeitar os números das pesquisas eleitorais. Como havíamos comunicado antes, uma série de pesquisas já foram encomendas e devem ser divulgadas ainda esse ano.

PESQUISAS II

As pesquisas vão trazer um grande impacto em várias candidaturas ao executivo municipal, mas cada um terá a oportunidade de fazer uma análise pessoal sobre suas reais chances de vitória.   

Greve de caminhoneiros provoca fila para abastecimento de combustível em posto de gasolina no Rio de Janeiro.

A ameaça de greve dos caminhoneiros jogou holofotes na alta do preço do diesel este ano, mas a gasolina já acumula uma variação ainda maior. Em 2019, o reajuste promovido pela Petrobras para a gasolina vendida nas refinarias chega a quase 30%, enquanto o do diesel soma 24%.

O consumidor, porém, ainda não sentiu o impacto total desses reajustes, pelo fato de as distribuidoras estarem absorvendo parte desse aumento. Além disso, a Petrobras não repassou integralmente os ajustes da cotação do petróleo no mercado internacional.

Pelas contas do diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Adriano Pires, para compensar integralmente a paridade internacional, só nos últimos 30 dias a estatal teria de ter elevado em R$ 0,18, e não em R$ 0,11, o preço do litro da gasolina. “Nesse período, a cotação internacional subiu 11% e a Petrobras reajustou a gasolina em 6%.”

A decisão das distribuidoras de absorver parte do reajuste praticado pela Petrobras também tem poupado um pouco os consumidores. No primeiro trimestre, o aumento nas bombas de gasolina nos postos foi de apenas 0,7%, ante uma alta de 20,2% nas refinarias no mesmo período, segundo dados da Associação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Lubrificantes, Logística e Conveniência (Plural).

“Revendedores e distribuidores estão abrindo mão de margem para garantir o volume de vendas e manter competitividade”, explicou o presidente executivo da Plural, Leonardo Gadotti. “É preciso estar atento ao fato de que o valor dos combustíveis nunca sobe na mesma magnitude do reajuste nas refinarias. O aumento do preço na refinaria é diluído ao longo da cadeia. Isso mostra que o mercado está funcionando”, disse.

Dados do IBGE mostram que a alta da gasolina começou a pesar mais no bolso do consumidor este ano a partir de março, quando foi responsável por 16% da inflação de 0,75% registrada pelo IPCA. O produto é o terceiro item que mais afeta o orçamento das famílias brasileiras, atrás apenas da refeição consumida fora de casa e do custo do empregado doméstico.

“Provavelmente os postos de combustíveis estão repassando a alta agora porque talvez tivessem estoque de combustível que compraram antes do aumento”, disse Fernando Gonçalves, gerente do Sistema Nacional de Índices de Preços do IBGE, acrescentando que não era possível dizer se o represamento do preço teria alguma relação com a demanda fraca por parte de consumidores.

Estadão Conteúdo

Vinte e sete motoristas foram autuados em uma blitz da Lei Seca montada entre a noite da quinta (18) e madrugada desta sexta-feira (19) na Av. Engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da Zona Sul de Natal. Destes, quatro foram presos.

Segundo a Polícia Militar, 661 veículos foram abordados durante a fiscalização, além de outros 11 autos de infração que foram lavrados durante a blitz, e mais três veículos que acabaram removidos ao pátio do Detran, sendo um carro e duas motos.

G1

O ator e palhaço potiguar João Maria Pinheiro,conhecido como zé da sorte, por estrelar os comerciais de tv da loteria NatalCap. morreu nesta quinta-feira. O ator estava internado no hospital da liga(Centro Avançado de Oncologia) para tratamento de um câncer . O velório será no morada da paz, mas os familiares ainda não divulgaram o horário.

Natural de Jucurutu, o ator tinha 60 anos e foi um dos fundadores do lendário grupo de teatro Alegria Alegria, que teve seu auge nos anos 80 e 90 como pioneiro do teatro de rua. Também integrava a charanga do riso, grupo musical e circense. João era casado com a artista plastica Katia Dantas, conhecida pelos bonecos gigantes do carnaval de Natal.

A partir da próxima semana a frota de aviões da Avianca Brasil, em recuperação judicial desde dezembro do ano passado, sofrerá um corte drástico.

De acordo com comunicado da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a quarta companhia aéra do país devolverá “amigavelmente” 18 aeronaves para as empresas de leasing. Com isso, a aérea terá apenas oito aviões para suas operações diárias.

A Anac explica que a devolução começará a ser feita a partir de segunda-feira para “minimizar” o impacto da medida sobre os passageiros.

Após receber denúncias, no início da tarde desta quinta-feira (18), dando conta de que suspeitos teriam abandonado um Corolla sobre o viaduto Trampolim da Vitória, na BR-101, em Parnamirim, uma equipe da PRF se deslocou até o local e efetuou a prisão de dois homens que estavam encostado no veículo, tentando abastecê-lo com um depósito plástico, contendo gasolina.

Motoristas que transitavam no sentido oposto, informaram aos policiais que outros três homens estariam embaixo do viaduto, em atitude suspeitas. Uma outra equipe fez diligências e conseguiu detê-los. Levados até ao veículo onde se encontravam os outros dois, foi confirmado que todos eram ocupantes do Corolla.

Durante a abordagem, foi confirmado que o carro tinha registro de roubo. O mesmo havia sido tomado de assalto na última terça-feira (16), na rua dos Pajeús, no bairro do Alecrim, em Natal, por quatro pessoas armadas.

No momento da prisão dois foram identificados e têm 18 e 31 anos. Os demais estavam sem identificação. Todos foram conduzidos à Central de Flagrantes de Natal, onde foram autuados por receptação e formação de quadrilha.

PRF forte é Brasil mais seguro.

Um assaltante morreu após trocar tiros com policiais militares na manhã desta quinta-feira (18) no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul de Natal.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, que estava armado com um revólver, chegou em uma moto a uma academia na Avenida Xavantes, quando o proprietário abria o estabelecimento.

Porém, ao perceber a situação, o dono da academia saiu correndo. A ação foi percebida por outras pessoas, que acionaram a PM.

Viaturas foram ao local e fizeram um cerco, pelas ruas do bairro. Havia a suspeita de que o assaltante tinha feito uma refém dentro de uma casa.

No entanto, segundo a polícia, o homem se deparou com os policiais no meio da rua e começou a atirar. Os policiais revidaram.

Ferido, o homem ainda foi encaminhado ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, na Zona Leste, mas não resistiu e morreu.

Com ele, foi apreendido um revólver com quatro munições, sendo três deflagradas

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli durante sessão plenária.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, negou que a Suprema Corte brasileira tenha imposto censura à revista Crusoé, em entrevista concedida na manhã desta quinta-feira, 18, à Rádio Bandeirantes.

Na sua avaliação, a instituição apenas se defendeu de ataques e notícias que ele classifica de inverídicas. “Hoje sou presidente da Corte, querem atingir o STF, por isso temos de ter defesa, não podemos deixar o ódio entrar na nossa sociedade”, destacou na entrevista que foi retransmitida também em outros veículos do Grupo Bandeirantes.

Segundo Toffoli, a medida adotada pelo ministro Alexandre de Moraes, com relação à reportagem intitulada “O amigo do amigo de meu pai” foi respaldada pela Constituição, ao contrário dos que pregam os críticos, alegando uma afronta à Carta Magna.

A publicação toma por base um documento da Operação Lava Jato, no qual Marcelo Odebrecht revela que o codinome utilizado em mensagem a executivos de sua empreiteira se referia a Toffoli, que na ocasião era o Advogado-Geral da União. “Não se trata de censura. A Constituição fala em censura prévia e é clara quanto ao abuso no conteúdo divulgado”, argumentou. E disse ter a tranquilidade de que a decisão de Moraes não foi censura, mas uma “proibição”, em razão da “veiculação de matéria inverídica e não devidamente apurada”.

Indagado na entrevista ao Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, se ele era “o amigo do amigo do meu pai”, como disse Marcelo Odebrecht à Lava Jato, Toffoli riu e disse: “É curioso, dou até risada”. E argumentou que as pessoas acabam acusando as outras, muitas vezes, sem base alguma. Questionado se pretende processar Marcelo Odebrecht por ter dito que “o amigo do amigo do meu pai” era o codinome utilizado para se referir a Toffoli, o presidente do STF disse que “essas questões serão resolvidas posteriormente”. Ele admitiu, contudo, que na ocasião em que chefiou a Advocacia-Geral da União (AGU), tratou de questões relacionadas à empreiteira, mas que o pleito dela foi negado. “Como AGU, atendi todos que me procuravam, o que era demanda da Odebrecht, foi negado.”

Segunda instância

No início da entrevista, Toffoli disse que o documento com o email de Marcelo Odebrecht com citação ao seu nome “surgiu” um dia antes da Corte pautar a decisão sobre um tema polêmico, prisão em segunda instância. A matéria estava prevista para ser julgada no dia 10 de abril, mas segundo ele foi adiada em razão de um pedido da OAB. “O documento (da Lava Jato com o Email de Odebrecht) entrou no dia 9 de abril e no dia 10 seria julgado a prisão em segunda instância, tirem suas conclusões”, emendou.

Sobre a possibilidade de o Senado instaurar a CPI da Lava Toga, Toffoli disse que “nenhum ministro do STF tem qualquer razão para ser investigado.” Segundo ele, isso é ilegal porque afronta a divisão de poderes. “Os poderes são harmônicos, há coisas mais importantes no Brasil, como a reforma da Previdência. Há o desemprego a ser enfrentado e não devemos gastar energia com algo desnecessário. Temos de gerar emprego, temos de desenvolver o Brasil, temos de parar de jogar pedras e ódio.”

Ainda na entrevista, ele defendeu a Corte que preside, dizendo que não há Suprema Corte no mundo que julgue mais que a brasileira. “Não há Suprema Corte mais transparente no mundo do que a nossa – pois os julgamentos são transmitidos pela TV, rádio e internet.” E continuou: “Somos a favor de passar o País a limpo. Quem desvia dinheiro público deve ser investigado e cumprir a sua pena. O Supremo é protagonista no combate à corrupção.”

Questionado sobre ter participado do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, hoje preso em Curitiba no âmbito da Lava Jato, Toffoli voltou a falar que o preconceito leva ao ódio e quem o conhece sabe que mesmo no comando da AGU (no governo petista), sempre agiu baseado nas convicções que defendia. “Inclusive, fui muito criticado por ter defendido, naquela ocasião, a anistia para todos, inclusive para os militares.” E frisou: “Não sou influenciável.”

Fonte: Agencia Estado

O comércio de Natal terá mudanças nos horários de funcionamento no feriadão da Semana Santa. As alterações foram confirmadas pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal).

Apenas a sexta-feira (19) é considerada feriado para o comércio da cidade. Assim, alguns estabelecimentos vão funcionar com horários diferenciados enquanto outros não vão abrir.

No sábado (20), as atividades voltam ao horário normal de funcionamento. Já no domingo (21), os shoppings funcionam em horário especial como de costume, praças de alimentação a partir das 11 horas, e lojas e quiosques das 13h às 21h.

Confira os horários

Sexta-feira 19/04

Comércio de Rua Alecrim: Lojas fechadas.

Centro da Cidade: Lojas fechadas

Zona Norte: Lojas fechadas.

Shopping Midway Mall Alimentação e Lazer: 11h às 22h
Lojas de Departamento: de 13h às 21h
Demais lojas: 15h às 21h

Natal Shopping Alimentação e Lazer: 11h às 22h

Quiosques de Alimentação: 13h às 21h
Âncoras | Megalojas: 13h às 21h
Fórmula Academia: 09h às 15h
Demais Lojas/Quiosques: 15h às 21h

Praia Shopping

Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h.
Lojas e Quiosques: 15h às 21h

Shopping Cidade Jardim

Praça de Alimentação: A partir das 11h
Lojas e Quiosques: 15 às 21h

Shopping Via Direta: Totalmente fechado

Partage Norte Shopping Natal

Praça de Alimentação e Lazer: 12 às 21h.
Lojas e Quiosques: 12 às 21h
O Carrefour abrirá das 07h às 21h
Smart Fit funcionará das 09h às 15h.

Shopping 10: Totalmente fechado

Supermercados

07 às 21h

Bancos

Fechados.

O cantor Eduardo Costa foi condenado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. No ano passado, ele disparou uma série de ofensas contra a apresentadora Fernanda Lima nas redes sociais, após ela ter feito um discurso afiado contra o conservadorismo durante o programa “Amor & Sexo”.

Eduardo, que é a favor da família tradicional e dos bons costumes, ficou revoltado com a fala da estrela da TV Globo e a chamou de “imbecil”. Fernanda, por sua vez, não deixou barato e moveu um processo contra ele, que terá de cumprir 50 horas de trabalho em um mês.

A global havia pedido R$ 100 mil de indenização por danos morais. Porém, o Ministério Público definiu serviço comunitário como pena. As informações são do colunista Ancelmo Gois.

 

 

Foto: Divulgação / Petrobras

Nesta quarta-feira (17), a Petrobras anunciou, por meio de seu presidente, Roberto Castello Branco, um acréscimo de R$ 0,10 no preço do diesel, elevando o valor do combustível para R$ 2,24 por litro. O aumento é divulgado seis dias após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) interferir na empresa para tentar frear uma alta de 5,7% que faria o preço do litro chegar a R$ 2,26.

A medida da Petrobras deve colocar os caminhoneiros em estado de greve. Desde a manhã da última terça-feira (16), quando o governo federal anunciou um conjunto de medidas para acalmar a categoria e impedir uma paralisação nacional, os condutores, insatisfeitos com o pacote, ameaçam cruzar os braços no dia 21 de maio.

“Se o diesel aumentar um centavo que seja e não houver efetiva fiscalização da aplicação do piso, a gente para no dia 21, quando a greve do ano passado completará um ano”, afirmou o caminhoneiro Wanderlei Alves, o Dedéco, uma das lideranças da categoria em grupos de Whatsapp, em entrevista ao jornal Valor Econômico na véspera do aumento anunciado pela Petrobras. Após o anúncio desta quarta, Dedéco disse à revista Veja que a greve deve ser deflagrada nos próximos dez dias.

Apesar de pouco tempo para reação, em doze grupos formados por caminhoneiros no Whatsapp que são acompanhados pela reportagem do Brasil de Fato, a notícia do aumento gerou revolta. Na noite desta quarta-feira, os pedidos de paralisação se multiplicaram. “Os R$ 0,10 são os mesmos 5%. Já passou da hora de parar, meus amigos”, afirma um condutor no aplicativo de conversa. Outro, revoltado com o anúncio da Petrobras, sentencia: “A greve vai ter que acontecer dinovo (sic), não vai ter saída”.

Um dos áudios que circula nos grupos de caminhoneiros faz críticas diretas ao presidente Bolsonaro, sinalizando arrependimento em relação à escolha de parte da categoria nas eleições presidenciais de 2018: “Rapaz, nós elegemos um cara despreparado até o último para governar esse país. Ele está perdido, perdido. Não consegue fazer nem aquilo que ele se comprometeu com a fatia financeira do país, que é aprovar a tal da Previdência, para f… com o pobre. Nós estamos f…, essa é a realidade”.

Em maio de 2018, os caminhoneiros fizeram uma das maiores greves da história do país, reivindicando que a alíquota do PIS/Pasep e o Cofins fosse zerada e que houvesse a isenção do imposto que incide sobre combustíveis, o CIDE.

A paralisação ocorreu durante o governo Temer (MDB), em meio a uma mudança na política de preços do petróleo que levaria à queda do então presidente da Petrobras, Pedro Parente.

Brasil de Fato

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu hoje (18) arquivar sua decisão que impediu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de conceder entrevistas à imprensa.

Desde 7 de abril do ano passado, Lula está preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba para cumprir pena inicial de 12 anos e um mês de prisão, imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP).

Com a medida, o ex-presidente poderá conceder uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que teve pedido rejeitado pela Justiça Federal em Curitiba.

Após a decisão, Toffoli enviou o caso para Lewandowski, que deverá determinar a autorização para a entrevista.

“Determino o retorno dos autos ao gabinete do relator para as providências cabíveis, uma vez que não há impedimento no cumprimento da decisão proferida pelo eminente relator nesta ação e naquelas apensadas”, decidiu.

No ano passado, durante as eleições, Toffoli suspendeu uma decisão do ministro Ricardo Lewandowski que liberava a entrevista.

Nesta quinta-feira, ao analisar a questão novamente, o presidente informou que o processo principal do caso, relatado por Lewandowski chegou ao fim e a liminar de Toffoli perdeu o efeito.

Antes de o caso chegar ao STF, a juíza federal Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, negou o pedido de autorização solicitado por órgãos de imprensa para que o ex-presidente conceda entrevistas.

Ao decidir o caso, a magistrada entendeu que a legislação não prevê o direito absoluto de um preso à concessão de entrevistas. “O preso se submete a regime jurídico próprio, não sendo possível, por motivos inerentes ao encarceramento, assegurar-lhe direitos na amplitude daqueles exercidos pelo cidadão em pleno gozo de sua liberdade”, entendeu a juíza.

Agência Brasil

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promove a 5ª Jornada Internacional de Alfabetização, que acontece entre os dias 14 e 15 de maio no auditório da Reitoria, com o objetivo de contribuir para a discussão sobre os desafios à formação dos professores alfabetizadores. A programação tem como foco o debate sobre os conhecimentos e as metodologias que se devem fazer presentes na formação inicial e continuada, a partir de conferência internacional, mesas-redondas, minicursos, workshops, sessão de pôsteres e simpósios.

A conferência internacional abre o evento com o professor emérito da Universidade de Rennes (França), Jean Émile Gombert, que aborda o tema “L’apprentissage de la lecture: de la recherche à l’application”. Já as mesas-redondas contam com nomes nacionais e internacionais na discussão dos assuntos “A cultura letrada em Portugal, a alfabetização no Brasil e as políticas públicas”; “Aspectos teóricos e práticos da alfabetização” e “Alfabetização, formação de professores e propostas de interface”.

Os participantes também podem se inscrever para workshops e minicursos sobre diferentes aspectos voltados ao tema central do evento, “Da consciência metatextual à compreensão leitora na formação de professores da educação infantil e do ensino fundamental”. Do mesmo modo, está aberto o espaço para sessão de pôsteres e simpósios para apresentação oral de resumos de pesquisas, relatos, estudos e experiências de casos.

As inscrições para a 5ª Jornada Internacional de Alfabetização estão abertas até 1º de maio no site do evento, coordenado pela UFRN, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Universidade do Estado da Bahia (UESB), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC).

Informações da ASCOM/UFRN

Um ônibus de passageiros intermunicipal, que faz linha Grossos/ Mossoró, foi assaltado no início da noite desta quarta feira, 17 de abril, na RN 012 próximo a Comunidade rural de Caenga, zona rural de Grossos. De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, o ônibus trafegava pela rodovia quando foi interceptado por três bandidos que saíram do mato e já efetuando disparos de arma de fogo forçando o motorista a parar o veículo.

Durante os disparos, um taxista identificado como, Aldriano José, que vinha como passageiro, acabou sendo baleado no torax e socorrido para o hospital de Grossos e depois transaferido para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró RN. Percebendo que havia passageiro ferido, o motorista parou o ônibus na estrada.

Os criminosos entraram no veículo e promoveram um verdaeiro arrastão, levando pertences das vítimas. Após a ação criminosa, o bando fugiu e até o momento não foi localizado. Uma guarnição da Polícia Militar, foi ao local e orientou as vítimas que compareçam nesta quinta feira à Delegacia de Polícia Civil da Cidade para registrar boletim de ocorrência (BO). Ainda não há informações sobre o estado de saúde do passageiro baleado

Um cadeirante identificado como João Maria Pereira da Silva, de 33 anos, foi executado a tiros na noite desta quarta-feira (17), na Rua Padre Cícero em Felipe Camarão. O mesmo respondia na justiça por tráfico de drogas.

A (DHPP) divisão de homicídios e Proteção à Pessoa, juntamente com o ITEP estiveram no cenário do crime.

Atenção imagens fortes

Ler mais…

Investigações realizadas pela Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) resultaram na prisão em flagrante de Dário Rodrigues da Silva, suspeito pela prática do crime de tentativa de estelionato em concurso de pessoas. A prisão aconteceu, na manhã desta quarta-feira (17), em uma agência bancária no bairro de Lagoa Seca, na Zona Sul da capital potiguar, quando o homem tentava realizar um saque no valor de R$ 1,8 mil portando documentação falsa.

Com o Dário Rodrigues, estava o policial militar Cícero Manoel da Silva Júnior, de 49 anos, que também foi autuado por tentativa de estelionato. Em declarações à polícia, Dário Rodrigues confessou que estava com documentação adulterada em nome e CPF de Abel Adalto de Souza, e com número de RG de outra pessoa nascida no ano de 1928, motivo pelo qual o documento foi apreendido.

De acordo com a PM, o sargento vai ser encaminhado ao Quartel Geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Lá, será instaurada um conselho de disciplina. O militar corre o risco de ser expulso da corporação ou ainda ser preso disciplinarmente.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Jornalista viveu em pé de guerra com a família de Zezé, que não aceitava o relacionamento

Zezé Di Camargo finalmente decidiu oficializar o relacionamento com Graciele Lacerda. A prova disso é que o cantor sertanejo vai subir ao altar com a jornalista conforme manda a tradição.

O jornalista Leo Dias, do Portal Uoll, informou que os pombinhos marcaram a data do casamento e não pretendem economizar. A cerimônia foi marcada para 20 de fevereiro de 2020 e, após a troca de alianças, os noivos vão celebrar a união em uma festa grandiosa.

Ainda segundo Dias, a lista de convidados do casal será imensa. Será que Zilu vai? Vale lembrar que Graciele Lacerda era rejeitada pela família Camargo, que continuou apoiando Zilu após a separação do cantor sertanejo.

Eles viviam em pé de guerra e Graciele chegou a levar uma surra de Wanessa Camargo. Inclusive, há quem diga que na época do divórcio entre Zezé e Zilu, Graciele era amante do cantor.