fevereiro 25, 2024

Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (20/12), um “voto de regozijo e louvor” para o deputado federal Alexandre Leite (União-SP).

O parlamentar reagiu a um assalto e matou um dos suspeitos na Avenida Interlagos, zona sul de São Paulo, no último sábado (16/12). Alexandre é filho do presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (União).

O requerimento foi proposto pelo deputado André Fernandes (PL-CE). Apenas Tadeu Veneri (PT-PR) e Jorge Solla (PT-BA) votaram contra.

“Detentor do porte de arma, reagiu a um assalto e neutralizou um dos criminosos, protegendo a sua vida e da sua esposa que estavam em iminente risco”, destaca o texto aprovado.

No momento do assalto, o deputado estava com a esposa, a advogada Mirela Birnfeld Leite. Eles foram abordados por dois assaltantes em uma moto. Os bandidos também teriam atirado no carro do casal, mas ninguém se feriu. Um dos suspeitos fugiu.

Praticante de artes marciais e de tiro desportivo, Alexandre Leite é um defensor da facilitação de acesso para armas de fogo. O deputado é vice-líder do União Brasil no Congresso Nacional.

Metrópoles

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *