BASTIDORES: Ano começa com briga pelo comando da CCJ da Câmara, prometido ao PL - Informativo Atitude

BASTIDORES: Ano começa com briga pelo comando da CCJ da Câmara, prometido ao PL

Entrou no radar do PL movimentação do PT para manter o comando da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, hoje presidida por Rui Falcão (PT-SP). Acordo datado do ano passado garante ao PL o comando da CCJ neste ano. “O PT não tem número de deputados para barrar. Se eles estão acostumados a não cumprir acordo, aí é outra história”, disse à coluna Alberto Fraga (PL-DF), titular da comissão, que cita o Regimento da Casa que garante a comissão ao maior partido.

Tamanho é documento

O PL é, com folga, o partido com maior bancada, 95 deputados. O PT é o segundo maior, mas aparece lá atrás na contagem: 68 parlamentares.

Direito é direito

Líder do PL, Altineu Côrtes (RJ) garante que não tem imbróglio. “O direito é do PL”, disse à coluna ao rechaçar manutenção do PT na presidência.

O nome

Ao fechar acordo de alternância do poder, os liberais até tinham destacado nome para presidir a sucessão: Carol de Toni (SC).

Veja bem

Chegando a hora da escolha do novo chefão da poderosa CCJ, Carol perdeu força, “ainda é preciso analisar o cenário”, afirma o líder do PL.

About The Author