Bandidos assaltam loja Insinuante em horário de pico na Roberto Freire

Loja-Insinuante-da-Roberto-Freire---assaltada--HD--(5)

Início da manhã e uma das vias mais movimentadas de Natal. O local e o horário não são os mais propícios para ações criminosas. Porém, para os bandidos que agem na capital potiguar, isso não parece ser problema. Nesta sexta-feira (16), na avenida Engenheiro Roberto Freire, em Capim Macio, cinco homens fortemente armados assaltaram uma conhecida loja de eletroeletrônicos da cidade.

O crime aconteceu por volta das 7h20, na loja Insinuante. Segundo informações passadas pela Polícia Militar, os suspeitos estavam vestidos com o uniforme de uma empresa de construção. “Quatro deles ficaram do lado de fora da loja, em um carrinho de lanche, apenas esperando o estabelecimento abrir. Como eles estavam vestidos com o uniforme de uma empresa de construção, ninguém suspeitou de nada. Porém, quando o gerente abriu a loja, eles se aproximaram e anunciaram o assalto”, contou o soldado Viana, do 5º Batalhão da Polícia Militar, que é o responsável pela zona Sul de Natal.

Depois de renderem o gerente e funcionários que estavam chegando para o trabalho, os bandidos fizeram um arrastão no estabelecimento. O alvo foram os celulares que estavam expostos no local. “Os criminosos não levaram nada dos funcionários, somente os celulares da loja mesmo, que estavam para vender. Eles encheram cinco caixas com celulares, mas conseguiram levar apenas duas”, disse o soldado.

Ainda de acordo com o PM, o armamento dos criminosos chamou atenção. “Eles estavam todos armados com pistolas. Pela maneira que agiram, sabiam bem o que estavam fazendo e também o horário de funcionamento do local. Felizmente eles não fizeram nada contra os funcionários, apenas os deixaram rendidos”. Depois do assalto os quatro entraram em um carro preto, onde outro integrante do bando estava esperando e fugiram. Diligências foram feitas na região para encontrar os criminosos, mas até o fechamento desta edição nenhum suspeito havia sido encontrado. A Polícia Civil assumiu o caso e vai utilizar imagens de câmeras de segurança da região para tentar encontrar os bandidos.

Em maio do ano passado uma ação parecida aconteceu nas Casas Bahia, que fica poucos metros depois da Insinuante. Na ocasião, três homens chegaram vestidos com camisas brancas e calças escuras, vestimenta parecida com a que os funcionários da loja usam. Depois anunciaram o assalto. Eles renderam os funcionários da loja e os trancaram na parte de trás do estabelecimento. Foram levados celulares, tablets e notebooks das Casas Bahia, além de aparelhos telefônicos dos funcionários. As vítimas ficaram trancadas em uma sala e estavam sem seus celulares por cerca de 30 minutos. Só depois de conseguirem abrir a porta é que a polícia foi chamada.

Administrador

Deixe uma resposta