Banco do Nordeste amplia limites de créditos para microempreendedores

Considerado o maior programa de microcrédito da América do Sul, o Crediamigo, oferecido pelo Banco do Nordeste, ampliou de  R$ 8 mil para 15 mil o limite de empréstimos para compra de equipamentos e outros investimentos, e de dois mil para quinze mil o de capital de giro, usado especialmente para compra de mercadorias e insumos.

O Crediamigo é voltado para empreendedores que atuam por conta própria, tanto individualmente como em grupos solidários, nos setores formal ou informal, e abrange as áreas do comércio, serviços e da indústria.

Segundo o presidente do banco, Romildo Rolim, a ampliação dos limites é uma resposta ao crescimento dos negócios que são apoiados pelo programa.

O prazo para pagamento do crédito é de, no máximo, 24 meses e não é exigida comprovação de renda. Além do crédito, o programa também oferece orientação para a aplicação dos recursos.

Neste ano, os valores emprestados pelo Banco do Nordeste somente no Crediamigo chegam a  mais de R$ 6 bilhões. Ao todo, o microcrédito atende atualmente 2 milhões de pessoas na área de atuação do banco, formada pelos 9 estados do Nordeste e pelos nortes de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Informações da Radioagência Nacional

Administrador

Deixe uma resposta