Atitude: Prefeito de Natal, Álvaro Dias, sanciona lei que institui o “Outubro Rosa Pet”

 

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), sancionou a lei municipal número 6.823, que instituiu o “Outubro Rosa Pet” no calendário oficial de eventos do município de Natal. A matéria foi publicada na edição desta segunda-feira, 25, do Diário Oficial do Município (DOM) e tem o objetivo de comemorar “o Outubro Rosa Pet deverá ser realizada anualmente, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção e tratamento do câncer de mama em cadelas e gatas”.

Para isso, segundo o autor da lei aprovada na Câmara Municipal de Natal, o vereador Sandro Pimentel (PSOL), será necessário que o poder Executivo desenvolva atividades incluindo a “promoção de palestras, eventos, atividades educativas e orientações sobre autoexame; veiculação de campanhas de mídia, colocando-se à disposição da população informações em banners, folders e outros materiais ilustrativos e exemplificativos sobre a prevenção do câncer em animais, contemplando à generalidade do tema”.

Vale lembrar que o Outubro Rosa Pet não é um evento necessariamente novo. No passado, inclusive, Natal já recebeu um evento para discutir o tema, dentro do calendário do Outubro Rosa. “Nas cadelas, os tumores das glândulas mamárias representam 50 a 70% de todos os tumores. Quando castradas antes do primeiro cio, a cadela passa a ter 1% de risco de desenvolver tumores de mama. Nas gatas, os tumores das glândulas mamárias são o terceiro tipo mais comum de neoplasias, sendo que mais de 80% destes são malignos. A castração precoce reduz em 91% as chances das gatas desenvolver tumor de mama. Lembrar que não é indicada a utilização de anticoncepcionais em cadelas e gatas, esses aumentam o risco de desenvolvimento de lesões mamárias”, explicou, na época, a veterinária especialista em Oncologia, Leticia Abrahão, do Hospital Veterinário de Natal, uma das palestrantes do evento.

Administrador

Deixe uma resposta