Argentina nega ter informações sobre fugitivos do 8 de Janeiro - Informativo Atitude

Argentina nega ter informações sobre fugitivos do 8 de Janeiro

A ministra de Segurança da Argentina, Patrícia Bullrich, declarou que não possui informações sobre a presença de envolvidos nos atos extremistas de 8 de janeiro em território argentino. Ela afirmou que o Brasil não entrou em contato com o governo de Javier Milei para solicitar deportações, conforme alegado pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). As informações do Poder 360.

Em entrevista à Radio Mitre, Bullrich comentou após a Polícia Federal anunciar a intenção de solicitar a extradição de 65 condenados que teriam fugido para a Argentina. Ela destacou que, até que pedidos oficiais sejam feitos, as declarações do governo brasileiro devem ser consideradas propaganda.

Ainda não temos nenhuma informação desse tipo, não temos alertas vermelhos sobre essas pessoas. Uma coisa é o Brasil pedir e outra é já haver julgamento ou condenação, que é o momento em que se pode pedir a extradição”, explicou.

Bullrich também mencionou que não há confirmação sobre a presença de foragidos em território argentino e que o governo local não possui lista com nomes, número de pessoas ou acusações específicas. “Por enquanto, permanece como propaganda e não como um fato jurídico válido”, concluiu.

About The Author