novembro 28, 2023

Ana Maria Braga, 78, fez um relato inédito sobre o câncer de pulmão diagnosticado em janeiro de 2020. Durante o Mais Você (Globo), nesta terça-feira (1º), a apresentadora contou que foi identificado um quadro de metástase — quando a doença aparece em outras partes do corpo. À época, segundo a famosa, as chances de cura estavam em aproximadamente 10%.

“Eu sou uma reminiscente de vários cânceres. Eu tive um câncer de pulmão […] O Dr. Buzaid identificou no passado dois tumores pequenos, e eu fui tratada com cirurgia e com radioterapia, mas em janeiro de 2020 a tomografia mostrou um quadro mais grave, pois o tumor já veio metastático, já estava em outros órgãos do corpo”, disse a apresentadora, em conversa com o Dr. Buzaid, oncologista responsável pelo tratamento da artista.

Na sequência, o médico falou da gravidade do diagnóstico de 2020. “Havia metástase em ambas as glândulas adrenais. Elas ficam em cima dos rins, comum em câncer de pulmão. Havia um pequeno pontinho no crânio […] Você é a paciente mais calma que eu tenho. Ela tem muita fé. Você sempre mantém a compostura. Era uma situação preocupante. Era grave.”

A apresentadora foi submetida a um tratamento de imunoterapia, que tem por objetivo combater o avanço da doença por meio da ativação do sistema imunológico do paciente. De acordo com o oncologista, exames recentes mostraram uma mudança significativa no quadro e aumentaram as chances de cura para mais de 90%.

Em 2020, durante o programa, a apresentadora anunciou a volta da doença. “Só recordando um pouquinho, eu tive dois pequenos cânceres de pulmão no ano passado e vocês me deram força. Um foi operado e o outro foi tratado com radiocirurgia. Agora, infelizmente eu fui diagnosticada com outro câncer de pulmão. É um adenocarcinoma, semelhante aos anteriores, mas que é mais agressivo e não é passível de cirurgia ou radioterapia”, explicou a contratada da Globo, à época.

Ana teve outros episódios de câncer. Em 2001, ela foi diagnosticada com câncer colorretal e foi tratada com quimioterapia. Os primeiros episódios de tumores no pulmão foram em 2015. Cerca de um ano depois, ela foi considerada curada.

Com informações de Splash, UOL

Fonte: Portal Grande Ponto

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *