“Alguns acham que estou mentindo. Vão cair do cavalo sobre o vídeo”, diz Jair Bolsonaro

Ao deixar o Palácio da Alvorada, nesta quarta-feira, Jair Bolsonaro também falou sobre o exame a que foi submetido para saber se foi infectado pelo novo coronavírus.

O exame foi encaminhado na noite de ontem ao ministro Ricardo Lewandowski, do STF. Bolsonaro voltou a negar que tenha contraído a Covid-19.

Ele aproveitou para citar novamente o episódio da reunião ministerial que comandou no dia 22 de abril — analisada no âmbito do inquérito que apura se o presidente interferiu na PF e cuja gravação ainda não foi divulgada publicamente.

“Alguns acham que estou mentindo. Vão cair do cavalo. Vão cair do cavalo sobre o vídeo.”

“Eu falo sobre a segurança da minha família e dos meus amigos”

Bolsonaro repetiu a tese de sua defesa de que ele teria se referido a questões de segurança de sua família — e não tentado interferir na PF para livrar os filhos — durante a reunião ministerial de 22 de abril.

“Eu falo sobre a segurança da minha família e dos meus amigos. Ou você acha que não há interesse em fazer uma maldade com um filho meu?”, questionou Bolsonaro aos repórteres.

“Eu não falo ‘Polícia Federal’. Não existe a palava ‘investigação’ no vídeo.”

O Antagonista