Advogado de preso do 8 de janeiro que morreu na Papuda pede a prisão de Moraes por tortura, maus-tratos e abuso de autoridade - Informativo Atitude

Advogado de preso do 8 de janeiro que morreu na Papuda pede a prisão de Moraes por tortura, maus-tratos e abuso de autoridade

Foto: Isac Nóbrega/PR e Reprodução

Thiago Pavinatto, advogado da família de Cleriston Pereira da Cunha, morto no Complexo Penitenciário da Papuda, pediu a prisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes por tortura, maus-tratos e abuso de autoridade.

O pedido foi feito ao presidente do STF, ministro Roberto Barroso, nesta sexta-feira (2). O documento tem 65 páginas. Eis a íntegra.

Além da prisão por diversos crimes, Pavinatto pediu o afastamento de Moraes do cargo de ministro do STF e uma indenização por danos morais.

Em dezembro de 2023, Edjane Cunha, viúva de Cleriston, pediu o afastamento “imediato” de Moraes. Na petição, afirmou que mesmo comum parecer favorável da PGR pela soltura, “Moraes não concedeu liberdade”.

Com informações de Poder 360

About The Author