Sesap não terá verba para temporários

O secretário estadual de Saúde Pública, George Antunes afirmou que a saúde pública do Rio Grande do Norteentrará em colapso caso não haja a contratação de 553 profissionais temporários em 2018. O processo seletivo para isso está em risco porque o orçamento previsto para a sua realização no ano que vem foi reduzido de R$ 13 milhões para R$ 3 milhões há cerca de 20 dias pela Secretaria de Planejamento (Seplan). A mudança inviabiliza a admissão destes temporários e agrava o déficit atual de 3 mil servidores da Saúde.

Administrador

Deixe uma resposta