Seminário apresenta dados e percepção da violência de gênero em Macaíba

11 de dezembro de 2017 0 Por Administrador

Evento faz parte da campanha “Mulheres diferentes, violências iguais”

A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS) de Macaíba realizou na tarde desta segunda-feira (11) um seminário sobre violência de gênero no Pax Club, onde apresentou dados importantes sobre a temática e sua percepção na ótica das mulheres do município que responderam aos questionários aplicados pelas equipes que coordenam a campanha “Mulheres diferentes, violências iguais”, que foca no enfrentamento à violência contra a mulher.

Esses questionários foram aplicados nas ruas, escolas e também disponibilizados online para mulheres de diferentes faixas etárias. Aproximadamente 500 questionários foram respondidos em menos de um mês. A campanha foi lançada em novembro passado pela SEMTAS, tendo ações conjuntas com o Núcleo de Averiguação e Monitoramento de Denúncia de Violência (coordenado pela UnP) e com o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS).

A titular da SEMTAS, Andrea Carla, esteve presente e destacou mais uma vez a importância de campanhas como esta, que, assim como outras já desenvolvidas pela sua pasta desde 2015, têm ajudado a prevenir e combater o preconceito e a violência contra a mulher em Macaíba, um dos exemplos mais notáveis é o projeto “Mais amor, por favor”, lançado naquele ano.

Entre os dados apresentados ao público na tarde de hoje, chama a atenção o fato de que 53% das mulheres que responderam aos questionários afirmaram já ter sofrido assédio sexual ou verbal, inclusive vindo da parte de “amigos”, colegas e familiares. Outra informação que merece destaque é que 81% das mulheres disseram conhecer os diversos tipos de manifestações que caracterizam a violência de gênero.

Recentemente, Macaíba inaugurou sua “Sala Lilás”, preparada especificamente para atender ocorrências de violência contra a mulher. Está situada na Rua Major Antônio Belmiro, nº 199 (Rua da Usina), na sede do CREAS. O horário de atendimento do local é de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Os telefones para denúncias são: 3271-1423 (CREAS), 3271-6835 (Delegacia Municipal) e o Disque 180 (Central de Atendimento à Mulher). Vale destacar, por fim, que a campanha “Mulheres diferentes, violências iguais” está em curso e prossegue sua luta por tempo indeterminado.

Assecom-PMM