PT muda voto e vai concordar com STF sobre afastamento de Aécio

Partido havia se posicionado contra decisão do STF

O Partido dos Trabalhadores deve mudar de posição e votar a favor das medidas cautelares aplicadas pelo STF (Supremo Tribunal Federal) contra o senador Aécio Neves (PSDB), acusado de pedir R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, da JBS.

Em nota, anteriormente, o PT havia criticado a decisão do Supremo de afastar o tucano. Na próxima terça-feira (17), haverá uma reunião da bancada do partido para decidir sobre qual será a posição dos parlamentares sobre o tema.

Segundo o líder do partido no Senado, senador Humberto Costa (PT), a posição contra a decisão do Supremo era institucional, pela defesa da autonomia entre os poderes, mas a posição do partido em relação a Aécio deve ser a favor do afastamento do senador.

“O Senado vai ter que entrar no mérito da discussão. Agora nós vamos discutir se as coisas que têm contra o Aécio justificam, ou não, essa recomendação do Supremo. Eu vou defender que nós votemos para seguir a recomendação”, disse.

A senadora Fátima Bezerra (PT), também concorda com o líder. “Não dá pra fingir que a gente não ouviu a conversa indecorosa que ele teve com Joesley Batista. Não dá pra fingir que não houve mala de dinheiro entregue ao primo dele”, declarou.

Mídia Max

Administrador

Deixe uma resposta