Pirangi : Homem é preso por torturar e manter mulher em cativeiro

torturador

Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu, na tarde desta terça-feira (26), Célio dos Santos Lima, 22 anos, suspeito de agredir a companheira, Danielle Gomes Fernandes, 33 anos, durante o período de quatro dias em um kitnet em Pirangi, onde a manteve em cárcere privado. A prisão foi realizada próximo da passarela do bairro de Neópolis, onde a polícia abordou o ônibus em que o suspeito estava.

Célio já respondia pelo crime de tráfico de drogas na Paraíba, onde tinha um mandado de prisão. De acordo com o delegado da DHPP, Ben-Hur de Medeiros, após a companheira de Célio descobrir que ele já tinha passagem pela polícia, ele mudou o comportamento, e deu início a uma série de coações e ameaças, que terminou em múltiplas agressões repentinas, perdurando de quinta-feira (21) até segunda-feira (25) em regime de cativeiro.

“No kitnet onde ela foi trancada desde o dia 21 de abril, ele chegou a torturá-la com socos, quebrando uma de suas costelas, além de tentar enforcá-la, aguardando que a mesma acordasse para repetir o ato. Após quatro dias, a vítima conseguiu fugir depois de uma saída de Célio do local, e denunciar o fato à polícia. Ele continuou perseguindo a companheira mesmo após ela ter fugido da tortura, até o momento em que foi preso pela polícia”, detalha o delegado da DHPP, Ben-Hur de Medeiros.

dna

Administrador

Deixe uma resposta