Messi diz que, se não tivesse ido à Copa, poderia ter sido seu fim na seleção

A Argentina venceu a Rússia por 1 a 0, neste sábado, na reabertura do estádio Luzhniki, com gol de Agüero. A seleção bicampeã do mundo, assim, já atuou no palco da final da próxima Copa do Mundo. Em entrevista, a estrela do time, Messi, lembrou a dificuldade para conquistar a classificação, que só veio com a vitória sobre o Equador, na última rodada das eliminatórias.

O craque do Barcelona afirmou que, se não tivesse classificado, a ausência da Copa poderia significar o fim de seu ciclo na seleção.

– Na verdade, eu ainda não tinha pensado nisso, mas acho que sim. Poderia ter sido o fim de tudo, já definitivo. Não para mim, mas para toda a equipe. Porque seria uma loucura não se classificar para a Copa. A verdade é que nem imagino o que poderia acontecer, porque seria um dia terrível para todos – disse o camisa 10.

Messi completará 31 anos durante a Copa do Mundo de 2018, mas afirmou que ainda não sabe se o Mundial da Rússia será o seu último.

– Não sei, realmente não sei. Não costumo olhar para o futuro. Tento viver o dia a dia, buscar os meus objetivos mais próximos. Não sei o que vai acontecer depois da Copa.

O camisa 10 já ameaçou deixar a seleção. Após a derrota para o Chile na final da Copa América Centenário, Messi afirmou que não jogaria mais pela Argentina. Mas acabou convencido a mudar de ideia pelo técnico Edgardo Bauza, que assumiu a equipe logo após aquela derrota e deixou o comando, substituído por Jorge Sampaoli.

SporTV

 

Administrador

Deixe uma resposta